Saltar para: Post [1], Comentários [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Interno Feminino

Divagações e reflexões do mundo no feminino. Não recomendado a menores de idade ou a pessoas susceptíveis.

As Férias e as Relações

Avatar do autor TNT, 26.08.09

O Verão é tramado para as relações. É muito calor, muita pele exposta, muita música que se dá e que se recebe. E, por vezes, é mais difícil resistir às tentações.

Os mais precavidos tendem a terminar as relações de longa data antes da Silly Season, não vá o diabo tecê-las. Mas ainda há os crédulos que se arrastam pelos areais da nossa costa julgando que vão conseguir esgueirar-se e talvez a onda de calor não os apanhe. E pimba! Em pleno Agosto lá vem ela lançada e apanha-os quando pensavam que já estavam livres da hecatombe.

Há pouco tempo soube de uma relação que foi crescendo no trabalho em directa proporção da roupa que se vai sumindo. Decresce o tamanho da roupa, crescem outras coisas. O rapazote, que por acaso até tinha uma relação oficial e duradoura não resistiu. Também a marcação era cerrada. Acreditem… eu estava lá e vi!

Como fugir a este flagelo? Não se foge! Emigra-se para a Suécia? Nah… mesmo com frio há muita gaja boa!

Há também a outra face da moeda. Aqueles que passam o resto do ano a prevaricar e no Verão passam a respeitáveis chefes de família… sejam ou não do Glorioso! Têm de o ser, quer queiram quer não, e depois também acabam por se habituar. Assim como assim, é apenas um mês por ano e mais uns diazitos ali pelo Natal. Nada que um gajo não aguente!

O que quero dizer é que as pessoas tendem a transformar-se no Verão. São outros e outras que aparecem por ali. Elas desinibem-se, eles entram em frenzy. Anda tudo doido, é muita caipirinha, muita sangria e muita festa no Sasha. Muito bronze, muita camisa estrategicamente aberta, muito top e sandalucha.

Se já é difícil acreditar em relações, imaginem uma que começa no Verão?
Como é que é aquele ditado popular?
“Amores de Verão enterram-se na areia” ou algo assim…

Se perderam a vossa relação em época estival esperem por Setembro para retomar a vida amorosa. Se arranjaram uma relação no Verão esperem pelo Outono e depois venham cá explicar-se. Se a vossa relação ganhou um novo fulgor durante as férias, não se macem nem se entusiasmem. Isso acaba depressa e o urso que costumam ter lá em casa, vai voltar ao seu melhor. Hibernar para a vida…
 

20 comentários

Comentar post

Pág. 2/2