Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Interno Feminino

Divagações e reflexões do mundo no feminino. Não recomendado a menores de idade ou a pessoas susceptíveis.

Amigos, amigos... trolaró à parte?

Avatar do autor TNT, 04.02.09

Em conversa com um amigo fico a saber que ele não acredita em relações de amizade entre homens e mulheres, a não ser que um deles seja gay. Principalmente - e como agravante - se a mulher for bonita e interessante.

Como eu e a minha sócia temos vários amigos homens – preciosos consultores dos nossos posts – achei a declaração algo falsa. Ou estarei enganada? Será que, em circunstâncias específicas as pessoas acabam por se enrolar se houver oportunidade para isso?

Julgo que há situações em que o meu amigo está coberto de razão. Desgostos e fragilidades: é limpinho! Se há um amigo do sexo oposto que se dispõe a consolar-nos, muito dificilmente resistimos. A vida apresenta-se difícil e, de repente, vemos ali alguém disposto a consolar-nos e em plena solidariedade com a nossa dor. Claro que isto é válido para pessoas normais, com desejos normais e vidas normais. Não falo de beatas, mãezinhas profissionais, nem de gente chata de uma forma geral.

Tenho vários amigos homens com quem nunca pensei enrolar-me... Mas, e eles? Será que, alguma vez, lhes passou pela cabeça?

Não me considero a pessoa mais ingénua do mundo, mas confesso que já fui apanhada na curva umas quantas vezes na vida. E, realmente, como reza o ditado, fui a última a saber. Lembro-me de ter ficado incrédula, de boca aberta tipo peixinho dourado. Passei depois para o modo ofendida e defraudada. E depois... nada! Fiz de conta que nada se tinha passado e amigos como dantes.

Porém, fica sempre aquela pulguinha incomodativa atrás da orelha. Será que...?
Por isso, elucidem-me: será realmente possível uma relação de amizade entre homens e mulheres sem intenções de meter os garfos, assim que a situação o permitir?

 

TNT

3 comentários

  • Imagem de perfil

    TNT 04.02.2009

    Eu também tenho vários amigos homens. E nunca me passou pela cabeça embrulhar-me com eles. Mas sei que a alguns isso já aconteceu. Até porque me disseram! E eram completamente insuspeitos... o que pensar disto?
  • Imagem de perfil

    Jorge Soares 04.02.2009

    Não há muito a pensar, a forma como vemos a amizade varia de pessoa para pessoa e até de dia para dia. O facto de a amizade ser mais colorida ou mais a preto branco (Anakin dixit!) depende das pessoas, das alturas da vida... de muitas coisas...

    Ontem quando vi este post fiquei a pensar que já tinha respondido a esta pergunta algures... hoje lembrei-me onde, foi aqui:
    http://curtas_metragens.blogs.sapo.pt/17970.html

    e a resposta que dei lá foi esta:

    Fizeste-me recordar uma amiga...(que será da vida da Elsa?), um dia estavamos numa das nossas conversas sobre a vida, ela virou-se para mim e perguntou:

    "E quantas dessas tuas amizades viraram casos?",

    Sempre tive muitas mais amizades femeninas que masculinas, nunca percebi bem porquê, mas as mulheres confiam em mim e termino por ser o amigo e confidente. É claro que agora acontece menos, mas de vez em quando....acontece.

    Dito isto, a minha resposta é: Sim, um homem e uma mulher podem ser amigos sem que isso implique algo mais....caso contrario a Elsa teria feito a pergunta de outra forma...afinal, a Elsa foi uma amiga muito querida.... das que nunca viraram caso!

    Jorge
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.