Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Interno Feminino

Divagações e reflexões do mundo no feminino. Não recomendado a menores de idade ou a pessoas susceptíveis.

Ai, os homens...

Avatar do autor TNT, 02.10.08

Ao passear pela blogosfera, leio um post do "inimigo" onde se justificava a procura dos homens por prostitutas, devido ao facto de as mulheres deixarem de "fazer pressão para o sexo" depois do casamento, uma vez que, segundo aquelas mentes brilhantes, já não precisavam de o fazer.
 
Como não sou dona da verdade e da razão, tento sempre informar-me junto de outras pessoas e saber se sou caso único ou não. Depois de lhes deixar lá um comentário em conformidade e após alguma reflexão e conversas com elementos do sexo feminino, confirmo o que já sabia. Como sempre, não vou falar de excepções, mas sim da maioria!
E a maioria das mulheres diz que não está satisfeita com a sua vida sexual com os maridos/viventes etc., por eles terem perdido o interesse. Todas dizem que a frequência se vai espaçando cada vez mais e algumas até deixaram de tomar a pílula por acharem que não vale a pena, dada a raridade do evento. Que gostam muito deles, mas que se começam a interrogar se existe outra pessoa ou se, de repente, eles as deixaram de achar atraentes.
 
Quando o homem que nós gostamos se recusa a fazer sexo connosco ou foge a sete pés da coisa, a mulher acha sempre que a culpa é dela própria! Quando o inverso se verifica, o resultado é o mesmo. O homem também acha que a culpa é dela! Parece que estamos de acordo numa coisa: a culpa de não haver sexo em casa é da mulher... Ironias à parte, creio que os homens andam perdidos com o seu novo papel na vida. Se dantes, eram o principal sustento da casa, há muito que esse domínio se foi atenuando. Se dantes, só as mulheres se embonecavam, hoje em dia, basta ir jantar fora para se perceber que os papéis quase se inverteram.
 
Não será que os homens estão inseguros quanto ao seu papel e já não sabem o que fazer?
 
Na semana passada, numa revista de actualidade, o tema de capa era sobre as infidelidades femininas, como se processam e por que acontecem. Aconselho vivamente a leitura do artigo. Quanto mais não seja para reflectir. Porque justificar a busca de prostitutas com a ausência de interesse por parte da mulher, cheira-me a cobardia e de que maneira! Não será, antes, por as prostitutas fingirem que estão a gostar – por serem pagas para isso – e as mulheres com quem eles vivem já não precisarem de o fazer?
 
Na maioria das vezes, são as mulheres que se lembram de ir para o motel x, são elas que compram a lingerie sexy, são elas que procuram nas sex-shops algo que apimente a relação. Os homens vão às sex-shops para mais uma sarapitola com as revistas e filmes que compraram. Nós vamos à sex-shop para comprar afrodisíacos, óleos e objectos de prazer. (Isto são factos estatísticos dos proprietários das ditas lojas).
 
Por isso, meus caros, pensem bem no que andam a fazer. E, principalmente, pensem no que não andam a fazer. Porque há sempre, mais tarde ou mais cedo, quem o faça por vocês...

 

TNT
 

3 comentários

  • Imagem de perfil

    Puss 02.10.2008

    Caro miguel deixe-me dizer o seguinte:

    ...Ja conheci homens que nao tomam iniciativa absolutamente nenhuma.....vou sublinhas que ja conheci dos dois tipos para n pensarem q sou eu q tenho qqer problema:P......mas eles tb existem....alias...houve alturas em q me senti uma autentica "p...." a pedinchar por sexo como se precisasse dakilo pa pagar as contas da luz........e o pior e que da a sensaçao q qto mais pedinchamos mais o respectivo se esconde na carapaça.......so para teres ideia....ate fiz o teste de ver qto tempo levava ate ele tomar a iniciativa, sem lhe sugerir nada.....e ca para mim acho q ia esperar o resto da minha vida......ou entao so em noites de lua cheia.
  • Sem imagem de perfil

    Miguel 03.10.2008

    A TNT no posto e a PUSS no comentário defendem o ponto de vista feminino, e, em qualquer caso, com base na experiência que têm ou em casos que conhecem.
    Eu comento numa base semelhante, só que, se não levarem a mal, defendo o meu próprio potno de vista, mais do que o masculino em geral.
    E tenho a certeza absoluta de que:
    - a maioria das mulheres não procura o marido para sexo mais vezes do que eles as procuram,
    - as mulheres das sondagens queixam-se da falta de sexo pelas exactas razões que eu apontei (e aqui apenas me refiro á quantidade), ou seja, como não o procuram e eles desistem de pedinchar, elas deixam de ter sexo,
    - a esmagadora maioria dos homens não recusa sexo que lhe é oferecido pela dita cuja respectiva, salvo em raríssimas ocasiões e sempre com poderosas razões, e
    - há mulheres que podem dizer de alguns homens aquilo que eu delas agora disse.

    Sempre sem perder de vista a margem de erro da generalização.
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.