Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Interno Feminino

Divagações e reflexões do mundo no feminino. Não recomendado a menores de idade ou a pessoas susceptíveis.

Doutor, tenho aqui uma dor!

Avatar do autor TNT, 26.11.07

Não sei se já falei nisto, mas se não falei já devia ter falado.

Não é à toa que cabe às mulheres o ingrato papel de parir. Julgo ser apenas por exclusão de partes, pura e simplesmente porque os homens não aguentariam as dores, e a humanidade tal como a conhecemos desapareceria, restando apenas as baratas e familiares. 

Enquanto que as mulheres têm uma dor de garganta, os homens têm faringite. Uma coisa muito pior e que normalmente requer cuidados médicos e antibiótico. As mulheres chupam uma pastilha de mentol e está feito... As mulheres vão fazer análises ao sangue, os homens quase que fazem hemodiálise. As agulhas são as mesmas, as experiências vividas é que são completamente diferentes. Têm sempre veias camufladas, a enfermeira era sempre uma bruta sanguinária, em suma, acontece sempre algo que só acontece aos homens e nunca às mulheres... Uma mulher vai à fisioterapia, um homem vai a um carniceiro impiedoso, cujo único objectico na vida é infligir dor com requintes de malvadez. Uma mulher com febre fica meia tonta, um homem com febre torna-se subitamente religioso e encomenda a alma ao criador... As mulheres vão ao dentista, os homens pura e simplesmente não vão! Preferem ter colónias e ecossistemas na boca a serem torturados por um membro da inquisição disfarçado de estomatologista... As mulheres com gripe tomam paracetamol e vitamina C, os homens tomam soluções analgésicas, anti-inflamatórias, anti-piréticas, anti-mariquícicas, xaropes vários porque nunca se sabe se a pneumonia não anda à espreita, e daí à tuberculose já se sabe que é um passinho...

O que me parece é que o sofrimento dos homens face à doença é incomparavelmente superior ao das mulheres. Eles TÊM mesmo de sofrer mais. Não é possível sofrerem o mesmo que nós, se atendermos às queixas...

É imperativo que assim seja, senão, de outra forma, seríamos todos obrigados a achar que os homens são mais fracos e menos resistentes que as mulheres e resumindo, uns grandes mariconços. E aqui ninguém quer pensar assim, pois não?

TNT

3 comentários

  • Imagem de perfil

    TNT 27.11.2007

    Sim, esse aproveitamento é brilhante!
    E nós, na grande maioria, caímos que nem umas patinhas!
  • Sem imagem de perfil

    eusoutiagorolo 27.11.2007

    Sim, esse aproveitamento é brilhante!

    Ainda bem que caiem que nem umas patinhas.....é um papel que a vós mulheres só fica bem.
    É a forma de expressar-mos, de querer-mos atenção, muitas barras de dinamite, não conseguem ter esta percepção, no fundo tirando a barba e o emprego seremos sempre uns miudos em busca de alguma atenção. Embora por aspectos educacionais, culturais, sociais, geneticos e afins não termos "jeito" para expressar esses desarranjos emocionais, como tao bem fazem as mulheres, dai estas nos considerarem imaturos, arrogantes, frios.....
    Somos brilhantes no que fazemos...ao contrario do que vós mulheres pensam.....somos aqueles que escrevem certo por linhas tortas.

    P.S - é uma das unicas situações na parte masculina em que nos desarma-mos por completo, tanto é mais verdade, quando prolongamos a doença depois de estarmos curados, tentando assim ficar naquele doce encanto do centro das atençoes. Mas acaba, e lá voltamos nós para o papel macho vs femea.
    A vida é F.......

    P.S. a) - ohh barra de dinamite quando estiver doente posso ligar te??????
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.