Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Interno Feminino

Divagações e reflexões do mundo no feminino. Não recomendado a menores de idade ou a pessoas susceptíveis.

O efeito do factor filhos no romance

Avatar do autor tsetse, 07.11.07

Sempre achei que, quando se tem filhos, perde-se o direito a uma série de coisas. Para o bem e para o mal, as crianças repetem o que vêem e o seu futuro depende dos exemplos que têm. Por isso, sempre tive curiosidade em saber como é que uma mãe sozinha consegue conciliar o seu papel de mãe com o papel de mulher disponível para o romance.

Se, por um lado, ouço falar de mulheres que jamais apresentariam um namorado aos filhos, por outro, ouço histórias de mulheres que não se importam de expor os filhos a tudo: levam homens casados para casa, aparecem com desconhecidos a meio da noite, são apanhadas pelos filhos em flagrante, etc.

Entre a escrava dos filhos do primeiro exemplo e a doidivanas do segundo, deve haver um meio caminho que permita manter algum romance, sem dar um mau exemplo às crianças.

Reflectindo sobre o assunto, penso que a solução deve passar por aproveitar a 100% o tempo em que os filhos ficam com o outro progenitor ou arranjar uma relação saudável e estável. O mais importante é nunca perder o respeito dos filhos e dar um exemplo de decência equilibrada, sem se deixar de ter uma vida privada estimulante.

Tsetse

2 comentários

  • Sem imagem de perfil

    Kore 08.11.2007

    Mimi,

    Isso da disposição tem que se lhe diga...
    Há que aproveitar, chega de preguiças e telenovelas!!

    Have fun,
    Kore
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.