tsetse @ 00:01

Qua, 01/08/07

É muito usual ouvir dizer que as mulheres têm um problema com a tecnologia, que têm graves dificuldades em aprender a usar os computadores e outras máquinas. Pois eu acho que este não é um problema genético, mas um problema sociológico.

Desde pequenas, as mulheres são incentivadas a brincar com bonecas, a aprender a bordar e a ajudar a mãe nas tarefas domésticas. No entanto, aos seus irmãos são dadas caixas de ferramentas do Bob o Construtor, pequenos computadores, objectos telecomandados e Legos. Embora hajam excepções, as expectativas que as crianças do sexo feminino sentem são muito diferentes das dos homens.

Depois, quando chegam à adolescência, aumenta a pressão do resto da sociedade: se são gordas ou feias, são hostilizadas pelos rapazes; se andam mal arranjadas, são hostilizadas pelas outras raparigas; se não são boas donas de casa, são hostilizadas pelas tias e avós. De repente, espera-se que elas se preocupem com dietas, cremes, moda, lides da casa, bronzeados e acessórios. Desde logo, ficam com parte do tempo e da capacidade de atenção ocupados. Enquanto isso, os rapazes já aprenderam BASIC para quitar o spectrum, HTML para fazer um site e como programar os seus novos Legos Mindstorms.

Por isso, é óbvio que encontramos mais homens com gosto pela tecnologia!
Queriam milagres?

Tsetse



tsetse @ 13:44

Qua, 01/08/07

 

Todos as teorias de que falas (e sobre as quais não apresentas bibliografia que te apoie) foram provavelmente baseadas em testes efectuados em amostras já alteradas pela forma como a sociedade interagiu com elas. Se assim for, são amostras pouco significativas.

Eu não sei se há efectivamente diferenças fisiológicas, mas o que eu disse no meu post não deixa de ser verdade: a maioria dos homens tem desde a infância muitos mais estímulos a utilizar a tecnologia e muito mais tempo livre.

E, só o facto de confundires lógica com feminismo extremo e homossexualidade, mostra que não és a pessoa indicada para me esclarecer sobre este assunto.


brunomiguel @ 13:50

Qua, 01/08/07

 

Já sei a razão do teu nick. Causas "sono", aka deturpação.
Mas quem é que confundiu feminismo com homossexualidade? A confusão é tua, não minha.

Se quiseres bibliografia, pesquisa em revistas tipo Science Magazine.

Já pensaste porque é que o sexo masculino, na maior parte dos casos, tem uma educação diferente do sexo feminino? Podes encontrar a resposta em qualquer programa sobre a vida animal.


tsetse @ 14:05

Qua, 01/08/07

 

Ah! Então falaste aqui na defesa dos casamentos homossuexais só por acaso? Estou mesmo a ver: "Ai e tal, vou falar sobre o quê agora? Bom, bom, era arranjar um tema bem polémico! Incesto? Aborto? Casamentos Homossexuais? É isso mesmo! Vou falar sobre casamentos homossexuais"

És um rapaz muito engraçado...



brunomiguel @ 14:13

Qua, 01/08/07

 

Tu que falaste nos direitos das mulheres. Eu, para ver se conseguias perceber que sou a favor das igualdades, dei como exemplo a minha opinião sobre os casamentos entre os homossexuais. Mas, ou não percebeste ou estás a tentar deturpar tudo o que digo, por alguma razão que (faz de conta que) me ultrapassa.


tsetse @ 14:27

Qua, 01/08/07

 

Neste post, eu não falei sobre os direitos das mulheres. Falei sobre causas para a menor apetência para a tecnologia. Se calhar, eu não te entendi porque tu não te explicaste correctamente ou não apresentaste o contexto. É que não te conheço de lado nenhum, nem me lembro de seres um comentador habitual... Não tenho nenhum interesse em deturpar nada do que dizes. Espero até que continues a comentar... Sempre me vou rindo.



brunomiguel @ 14:34

Qua, 01/08/07

 

Foi num comentário.
"É terem a ousadia de supor que, com a mesma educação e oportunidades, poderiam ter as mesmas capacidades do que tu?"
Se não era essa a tua intenção, devias ter-te explicado um pouco melhor.

Não sou comentador habitual, nem o vou ser porque este blog só me desperta interesse quando quero uma "conversa" que dê "pica".
Quanto ao riso.. hum... Defensiva?! Mas também sei que devo ter escrito uma ou duas coisas sem nexo, por isso até acredito que te rias.

Apesar de terem razão em várias coisas que escrevem, vocês costumam exagerar muito. Quase que parecem o family guy. Bem, mas se calhar é mesmo essa a intenção, exagerar. Boa sorte para o blog!

Mike @ 21:41

Qua, 01/08/07

 

Claro Bruno Miguel. Quanto à homossexualidade não tens qualquer confusão! Estás esclarecidíssimo!

monge @ 03:00

Sex, 03/08/07

 

It's a Family Gay!
(...não deturpem...)


brunomiguel @ 21:12

Qua, 01/08/07

 

Uma última nota: http://jotacapa.blogs.sapo.pt/8523.html
Se calhar até tinha alguma razão... :)

Mike @ 21:38

Qua, 01/08/07

 

Isso é evidente. A educação que temos desde sempre leva-nos a desenvolver as nossas capacidades no sentido que essa mesma educação nos indica. Se és educado/a para o desporto, desenvolves mais capacidades físicas, o que não quer dizer que não tenhas as capacidades tecnológicas. Claro que se desde pequenino o Bruno Miguel brincou com a Barbie e o Ken, com a cozinha da Barbie e com o cabeleireiro da Barbie, provavelmente hoje tem umas aptidões diferentes...


brunomiguel @ 21:54

Qua, 01/08/07

 

Mike, e tu deves ser o barrasco cá do sítio, não?

Mike @ 00:07

Qui, 02/08/07

 

Caro Bruno Miguel,
Vamos lá ver se nos entendemos.
Eu sou apenas alguém que está de bem com a vida, que não vive agarrado a pseudo-teorias comportamentais estudadas em laboratórios, que, ao contrário do que dizes, não falo «tanto mal dos gays», brinco com a situação, apenas isso. E até te posso dizer que gosto das camisolas cor-de-rosinha do glorioso SLB!! Obviamente que no teu lugar também não gostaria de ser o alvo das minhas parvoices, porque não baixo o nivel, não insulto, apenas insinuo e isso, já percebi, chateia-te (essa era claramente a minha intenção em relação a ti).
Quanto a extremar a coisa, esse, de facto, foi o teu papel. Porque perante um texto que não é uma carta/convenção mundial mas a opinião de uma das autoras do blog, entendeste por bem mandar a farpa de que o blog é ponto de enconto feminista-extremista. Foste atacando todos/as que apareceram com opinião diferente de ti. No entanto, tiro-te o chapéu, pois este post tornou-se para mim, assiduo visitante deste blog, e algumas vezes comentador dos textos, um post muito mais interessante do que à primeira vista poderia supor. Estás de parabéns!
Deixa-me ainda acrescentar que não tenho nem tive qualquer intenção de ferir a tua susceptibilidade, mas tu, com a tua opinião, deste-me vontade de comentar por cima da maioria dos teus comentários, porque te puseste a jeito e porque me diverti a fazê-lo e, acima de tudo, como os comentários são moderados, porque as autoras me concederam esse "privilégio"! :-))
Por fim, quanto ao macho do cromossoma alpha, se gostar de gajas, gostar de mamas, ser a favor da abolição do soutien, fazer uns elogios e brincar com tudo isso é ser macho do cromossoma alpha (pendular, porque atinge mais velocidade!) então sou, mas continuo a gostar mesmo é do estudo cientifico do estacionamento e dos cromossomas de melhor qualidade das mulheres. A próxima vez que conhecer uma mulher não lhe vou dizer que a acho gira, vou-lhe dizer: adoro os teus cromossomas! Achas que me safo melhor assim?


tsetse @ 01:27

Qui, 02/08/07

 

Tens razão, Mike. Os comentários tornaram este post muito mais interessante e divertido. É disto que o meu povo gosta!

Obrigada pela tua contribuição!



brunomiguel @ 01:40

Qui, 02/08/07

 

Essas pseudo-teorias comportamentais, investigação científica, etc, são apenas hobbies. A minha área não é essa. E não vivo agarrado a elas; vivo e vejo que elas estão correctas, mas a maioria das pessoas nem se apercebe disso. Não sei se é esse o teu caso.

Não me chateou. Até poderias ter esperneado, que eu não tinha ligado. Nem liguei ao facto de me teres chamado (digas o que disseres, não foi insinuado) gay. Não sou, nem tenho nada contra eles. Picaste-me e eu piquei-te. Aconteceu o mesmo com as autoras do blog. Se não fosse assim, a "discussão" não teria a mesma piada.

Eu não ataquei ninguém. Pelo menos não foi essa a minha intenção. Eu apenas defendo a minha opinião; sou teimoso como o raio. Venha quem vier, se eu achar que tenho razão, insisto até a outra pessoa desistir ou até eu perder a paciência.

Eu só falei de coisas que estão mais que provadas, mas infelizmente não tinha links para artigos "à mão" e nem sequer me quis dar ao trabalho de as voltar a procurar no meio de tanta informação. Tinha muita coisa para filtrar, até chegar ao que queria...

Sabes porque é que estacionamos melhor que as mulheres?! Por causa da nossa visão. É tão simples quanto isso. E sabias que reagimos mais depressa que as mulheres?! O cérebro foi feito assim. Culpa o teu deus se fores religioso, ou então, se fores pragmático, culpa a natureza.

Da próxima vez que conheceres uma mulher, diz-lhe antes algo deste género: "Oh boa, queres leite?". Funciona melhor que o BMW do papá.

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D