tsetse @ 00:01

Qua, 01/08/07

É muito usual ouvir dizer que as mulheres têm um problema com a tecnologia, que têm graves dificuldades em aprender a usar os computadores e outras máquinas. Pois eu acho que este não é um problema genético, mas um problema sociológico.

Desde pequenas, as mulheres são incentivadas a brincar com bonecas, a aprender a bordar e a ajudar a mãe nas tarefas domésticas. No entanto, aos seus irmãos são dadas caixas de ferramentas do Bob o Construtor, pequenos computadores, objectos telecomandados e Legos. Embora hajam excepções, as expectativas que as crianças do sexo feminino sentem são muito diferentes das dos homens.

Depois, quando chegam à adolescência, aumenta a pressão do resto da sociedade: se são gordas ou feias, são hostilizadas pelos rapazes; se andam mal arranjadas, são hostilizadas pelas outras raparigas; se não são boas donas de casa, são hostilizadas pelas tias e avós. De repente, espera-se que elas se preocupem com dietas, cremes, moda, lides da casa, bronzeados e acessórios. Desde logo, ficam com parte do tempo e da capacidade de atenção ocupados. Enquanto isso, os rapazes já aprenderam BASIC para quitar o spectrum, HTML para fazer um site e como programar os seus novos Legos Mindstorms.

Por isso, é óbvio que encontramos mais homens com gosto pela tecnologia!
Queriam milagres?

Tsetse


Hailstorm @ 10:23

Qua, 01/08/07

 

Minhas caras, é obvio (e cientificamente provado) que existem diferenças genéticas entre homens e mulheres, e que essas diferenças vão muito mais alem que diferenças fisiobiologicas.
As senhoras são mestras na linguística , escrita e afins, e o pessoal da testosterona para cálculos e métodos de engrenagens, etc.
É também de conhecimento publico que a forma como somos condicionados em tenra idade, ir á fornecer os alicerces do raciocínio de amanhã, e até aqui tudo bem...

Mas as meninas têm algo que me fascina desde á muito. Creio ser algo como uma antítese ao "toque de Midas " que se traduz no seguinte cenário exemplificativo:
- Um tipo passou um serão inteiro a programar a televisão, com o guia de frequências da tvcabo ao lado, segundo uma rigorosa ordem de raciocínio e de preferência ...ora chega a menina numa bela noite, e enquanto espera o apessoado moço que escrupulosamente se aperalta, quando...com dois toques (máximo três ), consegue lançar por terra todo um trabalho de uma noite. E aquelas coisas que as meninas conseguem partir com um toque e que nós nem a martelo lá vamos...Incrivel.
Como é que conseguem? é algo que brota naturalmente de vocês ? ou é algo que é passado de mãe para filha?
Alguem me explica? é que algo deste calibre aplicado em sabotagens, colocava-vos no top 10 dos mais devastadores espiões da Historia...



brunomiguel @ 13:18

Qua, 01/08/07

 

Finalmente alguém que não vem com culpar a sociedade.


tsetse @ 13:44

Qua, 01/08/07

 

Todos as teorias de que falas (e sobre as quais não apresentas bibliografia que te apoie) foram provavelmente baseadas em testes efectuados em amostras já alteradas pela forma como a sociedade interagiu com elas. Se assim for, são amostras pouco significativas.

Eu não sei se há efectivamente diferenças fisiológicas, mas o que eu disse no meu post não deixa de ser verdade: a maioria dos homens tem desde a infância muitos mais estímulos a utilizar a tecnologia e muito mais tempo livre.

E, só o facto de confundires lógica com feminismo extremo e homossexualidade, mostra que não és a pessoa indicada para me esclarecer sobre este assunto.

Mike @ 21:38

Qua, 01/08/07

 

Isso é evidente. A educação que temos desde sempre leva-nos a desenvolver as nossas capacidades no sentido que essa mesma educação nos indica. Se és educado/a para o desporto, desenvolves mais capacidades físicas, o que não quer dizer que não tenhas as capacidades tecnológicas. Claro que se desde pequenino o Bruno Miguel brincou com a Barbie e o Ken, com a cozinha da Barbie e com o cabeleireiro da Barbie, provavelmente hoje tem umas aptidões diferentes...


brunomiguel @ 21:54

Qua, 01/08/07

 

Mike, e tu deves ser o barrasco cá do sítio, não?

De
  (moderado)
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Este Blog tem comentários moderados

(moderado)
Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



O dono deste Blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D


subscrever feeds