Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Interno Feminino

Divagações e reflexões do mundo no feminino. Não recomendado a menores de idade ou a pessoas susceptíveis.

Ode ao Sexo Fraco... by TNT

Avatar do autor TNT, 29.04.07

Quando aceitei este desafio de escrever sobre as virtudes dos homens, sabia que iria ser provavelmente o tema mais díficil a que jamais me propus. Porque ponho-me a pensar e confesso que só há duas ou três razões para eu pôr os homens nos píncaros. Mas o que interessa, é a qualidade e não a quantidade, por isso vamos a isto.

Para que é que os homens me dão jeito?

SEXO. Importantíssimo ponto. Primordialíssimo ponto.
Não me venham com tangas de substitutos e a Victoria “Posh” Beckham que se lixe mais o seu dildo de não sei quantos diamantes. Não há nada que se compare a um homem. Isto claro, se se for hetero! (é o meu caso)
Creio que todas as mulheres concordarão que quando um tipo é bom na cama, tudo fica mais fácil, se calhar até dá para esquecer aqueles defeitozecos que tão bem os caracterizam. A pele, o calor, a forma como nos agarram... bom, vocês sabem do que estou a falar, escuso de entrar em grafismos desnecessários.

Antes de chegarmos à cama há um factor fundamental para mim.
HUMOR. Indispensável. Arrebatador. Sexy, muito sexy.
Eu tenho que dar o braço a torcer. Salvo raras excepções, os homens têm muito mais piada que as mulheres. Adoro o sentido de humor deles. Adoro a rapidez, a oportunidade, o risco. Os números que inventam para nos fazer rir são fabulosos e só tenho é de homenagear e fazer uma vénia aos que me levam às lágrimas de tanto rir. E esta coisa de me levar às lágrimas a rir, rapidamente me leva ao ponto imediatamente acima...
Mas continuemos, que já falta pouco!

Há mais uma coisita para a qual os homens me dão jeito. E mais uma vez se prende com um factor físico: a FORÇA. Não, não estou a falar d’ “A Força”.  Estou a ser mais básica e a falar da força física que têm, e o jeito que dá ter um homem por perto quando as coisas apertam. Para abrir frascos, montar mesas e cadeiras com instruções impossíveis do Ikea, arredar sofás, mudar a televisão, carregar as malas numa viagem, carregar os sacos das compras na mesma viagem. Enfim... um handy man para todo o serviço! E neste caso, tenho mais uma vez de reconhecer que os homens são os maiores.

Estes são os pontos em que reconheço superioridade absoluta nos homens. Três pontos. Três inteirinhos. O que não é nada mau!

Agora se formos falar de homens ideais, aí já entramos no mundo da fantasia e essa fase já lá vai, para a maioria de nós. De qualquer modo, vou deixar aqui o perfil do meu ideal. Sei lá... pode ser que alguém se chegue à frente...!

TNT quer para amizade colorida ou sabe-se lá o que mais, um rapazinho novinho, surfista, pele bronzeada, macia, quentinha, que me faça rir, que possa ser apresentado às minhas amigas sem que elas se desmanchem a rir, que possa ser apresentado aos meus amigos sem ficar com umas trombas até ao chão, que se saiba comportar à mesa, que se saiba comportar na horizontal, que saiba mais do que eu de um qualquer assunto mundano, que me faça estremecer de orgulho, que me ponha dormente de desejo, que me perceba e respeite os meus tempos e os meus espaços, que me oiça, que se dedique...

Custou mas foi! Pronto, calma, já passou...

TNT

8 comentários

  • Imagem de perfil

    TNT 03.05.2007

    Os meus amigos são parte integrante da minha vida. Eu sou o que sou também devido a eles e nunca os poderia excluir da minha felicidade...
  • Sem imagem de perfil

    Miguel 03.05.2007

    Embora concorde com a necessidade de agradar aos amigos da(o) namorada(o), penso que não se deve desprezar a necessidade de os amigos agradarem à pessoa amada.
    Nem sempre a maioria tem razão.
    Mandarias embora um homem que, preenchendo todos os outros requisitos, não agrade às tuas amigas? Pffff.
  • Sem imagem de perfil

    Kore 03.05.2007

    Miguel, estou contigo neste tema - mas a relação é com ela ou com os amigos?

    Lá estou eu com os meus simplismos, mas se se derem bem, óptimo, se não se derem bem, óptimo na mesma - é a mim que me tem que fazer feliz, não aos outros

    Enfim... a mente de um bruto ...

    Cheers,
    Kore
  • Imagem de perfil

    TNT 03.05.2007

    Só sou feliz se tiver os meus amigos também na minha vida. As meninas de sempre, os meninos dos jogos, os amigos das noites.
    E uma das razões que me faz estremecer de orgulho pela pessoa que estiver comigo é precisamente a capacidade de ser encantadora para os importantes da minha vida.
    Só aconteceu uma vez não correr bem. Não durou muito...
  • Sem imagem de perfil

    Kore 03.05.2007

    Compreendo, mas volto a sublinhar - mesmo importante é o casal dar-se bem. O resto, se ambos têm vontade e estão preparados para investirem um no outro, vai-se construindo em conjunto.

    Acredito pouco naquela coisa da princesa encantada, na alma gémea, e por aí em diante - as pessoas ou têm a sorte de quererem o mesmo naquele momento, tornando-se compatíveis, ou não têm essa sorte e, com expectativas diferentes para a vida, vêm níveis de investimento diferente - cria-se desiquilíbrio, baixa o nível da tolerância e qualquer falha ou mal-entendido de treta ganha proporções dignas de catástrofe ao bom velho estilo Nostradamus, depois vem o ódio, as pazes feitas com suor e gemidos (o que causa ainda mais tensão porque potencialmente continuam os dois inseguros), as inseguranças, os ciúmes, a confiança quebra ... bummm, adeus

    NEXT!

    A receita quanto a mim está na qualidade, ou no estar preparado para, saber dar e saber receber. Aqueles que só estão numa relação para receber, têm muitas exigências, mas contributo de parco valor para a relação - e o ciclo reinicia-se!

    A vida é simples, as pessoas é que a complicam

    Cheers,
    Kore
  • Sem imagem de perfil

    Kore 03.05.2007

    TNT, deusa literada, podias-me ter poupado à gafe do «desequilibrio»

    Cheers,
    Kore
  • Imagem de perfil

    TNT 03.05.2007

    Ooops! No problem...
  • Comentar:

    Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

    Este blog tem comentários moderados.

    Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.