Saltar para: Post [1], Comentar [2], Pesquisa e Arquivos [3]

O Interno Feminino

Divagações e reflexões do mundo no feminino. Não recomendado a menores de idade ou a pessoas susceptíveis.

Sexo sem Fronteiras

Avatar do autor tsetse, 23.10.06

O aparecimento de casais de nacionalidades diferentes é um fenómeno em crescimento na nossa sociedade. Dentro do meu grupo de conhecidos, já conheci vários casais que seguem o seguinte padrão:
  • homem português + mulher sul americana ou do leste europeu;
  • mulher portuguesa + homem da Europa central ou arredores (Alemanha, Áustria, França, etc).
A questão que eu coloco hoje é: porque é que, tipicamente, as mulheres e os homens portugueses escolhem nacionalidades diferentes?

Será por causa de conceitos estéticos?
Sem dúvida que há várias mulheres brasileiras e de leste com corpos interessantes... As primeiras, principalmente devido aos seus belos traseiros (parte do corpo muito apreciada pelos portugueses), as últimas, provavelmente pelas suas longas pernas (outra característica muito apreciada). E, como já foi constatado noutro post deste blog, a maioria dos homens valoriza muito o aspecto físico.
Em relação às mulheres, parece-me que este factor pesa menos. Ou talvez não e elas prefiram um visual mais requintado ou mais típico europeu, não sei.

Será uma questão social e/ou cultural?
Uma vez, uma brasileira contou-me que, no seu país, era mais usual uma mulher "paquerar" o homem, pelo que ela estranhou em Portugal não acontecer o mesmo. Será que é por isso que os portugueses vão ao Brasil à procura de mulheres?  Por serem tímidos, com pouco jeito para iniciativas? Ou por terem pouca paciência para grandes conquistas? Ou, ainda, por terem pouco sucesso entre nós e se deslumbrem quando vêem alguém interessado neles?
Outra coisa que outra brasileira me explicou, é que há várias mulheres por lá que pretendem andar com estrangeiros e que estão dispostas a aceitar qualquer um para ter uma vida melhor. E, para isso, mostram-se submissas, bem dispostas e prontas para tudo.
Outra vez, numa conversa com um ilustre cônsul de um país de leste, foi-me explicado porque tantas mulheres do seu país vinham para a Península Ibérica casar: porque elas procuravam estabilidade financeira e, muitas vezes, estavam dispostas a aceitar quase tudo para garantir a estadia, não ligando a pormenores como a paixão e o amor.
Por outro lado, a maioria dos europeus que as portuguesas escolhem são pessoas cultas, que foram ensinadas a ajudar em casa, que valorizam as mulheres que trabalham, etc.

Estarão, então, estes homens portugueses a tentar voltar ao tempo dos seus avós, em que as mulheres eram submissas e procuravam a estabilidade financeira? E estas portuguesas à procura de homens mais sofisticados e desenvolvidos, por terem dificuldade em encontrá-los por cá?

Tsetse

Comentar:

Se preenchido, o e-mail é usado apenas para notificação de respostas.

Este blog tem comentários moderados.

Este blog optou por gravar os IPs de quem comenta os seus posts.