TNT @ 18:58

Qua, 03/08/11

Bem sei que a crise é mais que muita e que muitas vezes temos de fazer sacrifícios que não faríamos noutros tempos mais abastados. Ainda assim, confesso que me baralha um bocado a ideia de um casal se separar e manter-se na mesma casa. E, claro que, não são propriamente palacetes com várias alas. São, na maioria, T1 ou T2 com arrecadação.

Conheço uma série de ex-casais – sem filhos - a viverem juntos em ex-casas, com ex-memórias, ex-chatices e ex-aventuras. Tudo muito civilizado – dizem eles – com novas relações a despontar e a presença dos ex no sofá da sala a alambazarem-se em Doritos frente à tv.

A meu ver, quando as pessoas se separam, deviam mesmo separar-se. Nem que fossem viver para um quartinho com serventia de cozinha e banho com águas correntes. Antes isso, do que chegar a casa e encontrar o imprestável de quem nos decidimos separar porque já não lhe podíamos olhar para as trombas.

Talvez seja antiquada, talvez não esteja bem a ver a crise em que nos encontramos, mas não bastará já a crise financeira? Temos de arranjar crises acrescidas para os tempos difíceis que se vivem?

Uma separação, embora sempre penosa, tem de ser literal. Separarmo-nos e mantermo-nos é como ir até à porta da gruta do Ali Babá e não entrar. Nunca se fica a conhecer os tesouros que estão para além daquilo que já conhecemos e que são provavelmente mais valiosos que as paredes do T2…

 

* ilustração de Roxy Lady





M.V. @ 15:34

Sex, 05/08/11

 

Também conheço alguns casos e faz-me muita confusão. Acho que só pode ser justificado quando há filhos e mesmo assim duvido que seja o mais acertado.

Delphine @ 13:09

Seg, 08/08/11

 

Concordo. Se é para separar é mesmo para não por a vista em cima da criatura durante um bom tempo (senão mesmo para sempre...).

Voltar a casa depois de um dia longo de trabalho e ver o cromo sentado no sofa não é de todo desejavel a meu ver; é até bastante estranho e pode ainda causar mais problemas francamente dispensáveis, tendo em conta o cenário de separação...

Mas cada um sabe de si...

Béli @ 00:46

Ter, 09/08/11

 

Não serão apenas aqueles casais que não saem da casa porque o que sair perde os direitos (financeiros) da casa?

É que se não é por esta questão, não sei como se aguentam a morar no mesmo sítio, partilhar as mesmas paredes... ai que coisa esquisita!

Simplício @ 05:29

Qui, 11/08/11

 

Já não entrava no Interno Feminino há bastante tempo e andava eu por aqui de roupão como quem não quer a coisa e eis senão, para meu espanto, que constato que se mantem com a mesma vivacidade de sempre e com a autora a bater-se em grande contra os problemas que a afligem a ela e á nossa sociedade em geral. 
Sobre o tema e na minha opinião a malta nova de agora não tem estilo nem dignidade com crise ou sem ela.
Os machos são uns efiminados e as fêmeas com forte tendência lésbica daí que se misturem compromissos de honra com a lascívia do momento e quem sofre são as crinças. O miúdo pequenino angustiado pergunta à mãe: - oh mãe, tu não tens um namorado, pois não?

barbado @ 13:23

Sex, 26/08/11

 

Separação ou Divorcio, ex a questão !!
Como diz o ditado, casamento apartamento, assim sendo também no divorcio cada um deve seguir o seu rumo. Mas temos que analisar o que esta por detras do divorcio, normalmente é saturação da relação ou traição. Penso que a traição hoje em dia é mais toleravel, pois ambas as partes o fazem derivado a saturação da relação. Em tempo de crise a separação tem muito
mais numeros elevados, derivado a falta de dinheiro, outros com o excesso de trabalho e a falta de presença em casa leva tambem a situação menos boa, e sabemos que muitas vezes as soluçoes é mesmo ficar entre as mesmas paredes, e se existem filhos muitas das vezes ate repartem a mesma cama para que os filhos não se aprecebam do assunto, aguardam melhores dias.

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D