TNT @ 12:07

Sex, 20/05/11

Num jantar, com amigos de longa data e outros mais recentes, fala-se de amor e paixão.

Já disse aqui algures que considero a paixão um estado de demência temporária. Aconteceu-me uma vez e não gostei. Não gostei da falta de controlo, da ansiedade permanente, do olhar frequente para o telemóvel. Detestei todos os minutos da coisa. Felizmente durou apenas uns meses, senão acho que teria ido parar a uma daquelas salinhas almofadadas com uma camisa com umas mangas muito, muito compridas.
 
Todos concordámos que a paixão não dura muito tempo. Boa, digo eu.

O meu amigo de longa data - que é doido, eu sei – dizia que a paixão é que era e que se conseguisse prolongar a coisa durante anos seria feliz e coiso e tal. O outro homem – que conheço há pouco tempo – dizia que para se estar apaixonado é preciso estar-se desequilibrado. Tendo a concordar com esta teoria.

E de repente uma amiga que estava na mesa sai-se com esta: ‘o que eu gosto mesmo é de sorrir. É de estar naquele estado em que me apanho a sorrir durante o dia.’

Silêncio à mesa. Sorrisos estampados. Todos a lembrarmos outros sorrisos.
E com isto disse tudo. Não sei o que chamar a este estado, mas que é bom à brava lá isso é!



Rui Luna @ 13:25

Sex, 20/05/11

 

"Não gostei da falta de controlo, da ansiedade permanente, do olhar frequente para o telemóvel. Detestei todos os minutos da coisa." 
É sem dúvida o "estado" mais detestável quando se inicia uma relação!
Mas para compensar, concordo plenamente que o estado "sorrir o dia todo" é bom à brava!!
Parabéns pelo blog!!


TNT @ 22:09

Sex, 27/05/11

 

É o tal desatino a que Camões se referia!


Sónia Maria Da Fonseca Pereira @ 17:27

Sex, 20/05/11

 

e que saudades de o sentir aquele sorriso parvo de apaixonada:)
só te esqueces-te de falar das borboletas que isso provoca no estomago
lol
gostei de ter gostado do teu blof...fica bj

O_Alminhas @ 14:16

Seg, 23/05/11

 


She's got the Jack...


Pedro @ 11:46

Sex, 27/05/11

 

O Interno Feminino está novamente em destaque nos Blogs do SAPO, em http://blogs.sapo.pt

Boa continuação!

Pedro


TNT @ 22:10

Sex, 27/05/11

 

Tcharam! Obrigada, Pedro!

Mary Jane @ 14:33

Sex, 27/05/11

 


Bom, bom é quando a paixao se transforma em amor, ou nao :P
Mas sim, os sorrisos são marcantes (nem me quero lembrar das figurinhas)

Beijinhos


TNT @ 22:11

Sex, 27/05/11

 

Podes crer... as figurinhas!


PaperLife @ 20:34

Sex, 27/05/11

 

Parabéns pelo destaque :)


Menina ImPerfeita @ 22:37

Sex, 27/05/11

 

Olá, desde já parabéns pelo blog :)
Concordo contigo, em relação à paixão. Não gosto dela, é insegura, incerta e de curta duração, contudo deixa marcas para a vida. Gostei da definição da tua amiga, gosto é de sorrir o dia todo. Acho que esse estado é amor, pelo menos, é assim que eu penso. Não sou romântica, nem de grandes lamechices, mas para mim, o amor é um sentimento simples, as pessoas complicam-no demais. Teres alguém que te faz sorrir o dia todo, mesmo quando tudo à tua volta está a desmoronar-se , e faz-te rir quando só te apetece chorar, se isso não é amor, é o quê?
[Error: Irreparable invalid markup ('<p [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

Olá, desde já parabéns pelo blog :) <br />Concordo contigo, em relação à paixão. Não gosto dela, é insegura, incerta e de curta duração, contudo deixa marcas para a vida. Gostei da definição da tua amiga, gosto é de sorrir o dia todo. Acho que esse estado é amor, pelo menos, é assim que eu penso. Não sou romântica, nem de grandes lamechices, mas para mim, o amor é um sentimento simples, as pessoas complicam-no demais. Teres alguém que te faz sorrir o dia todo, mesmo quando tudo à tua volta está a desmoronar-se , e faz-te rir quando só te apetece chorar, se isso não é amor, é o quê?<br /> <p class="incorrect" name="incorrect" <a="">Beijinhos* *</p>

ellen @ 04:16

Sab, 28/05/11

 

bom em primeiro lugar adorei seu brog muito criativo. apaixão so é bom mesmo qujndo se transforma em amor e esse amor também é conrespondido se não vira uma firida enorme e acaba doendo muito. bjs ellen


sentaqui @ 02:30

Seg, 30/05/11

 

Um amigo já me tinha falado do teu blog...bem claro, Hoje tive oportunidade de ler e da tua forma de escrever, tão lúcida, objectiva, relatando factos do quotidiano de uma maneira tão aberta e espontânea que me fascinaram de verdade.

Quanto á paixão...livrai-nos senhor de tanta demência!!!
Dos sorrisos...que nunca se apaguem.

Parabéns!

Casper @ 21:40

Seg, 30/05/11

 


Gosto de paixões e acho que grandes amores nascem de paixões. E essa falta de controlo e ansiedade permanente é que mexe com os intervenientes e torna os momentos únicos e memoráveis.


Porém, acho que o que a tua amiga queria dizer era  "o que eu gosto mesmo é de F*$&#. É de estar naquele estado em que me apanho a F*$&# durante o dia.’ :-)





Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D