TNT @ 23:18

Qui, 21/04/11

Noutro dia, numa conversa ao jantar, um dos convivas perguntava por um tipo que já não via há uma data de tempo.

- Então o Francisco, o que é feito dele? Ainda está casado com a Isabel?
- Bom, desde que ele não passe cinco horas por dia na net. Já sabes que ela desatina… quase lhe pôs as malas à porta.

As relações têm destes desencontros. Principalmente, quando não se espera certos comportamentos por parte do outro.

Há uns largos anos, lembro-me que tinha saído uma nova expansão do meu jogo de eleição. E toda a gente sabe que enquanto não se acaba uma campanha, não se descansa. Vai daí, sou menina para ter ficado agarrada àquilo umas boas 16 horas diárias durante uns três, quatro dias.

Acontece! A verdade é que nem todos os dias saem novas expansões do nosso jogo preferido. E a coisa tem de ser saboreada até ao tutano, não vá o mundo acabar entretanto. Bem sei que, para certas pessoas, estas coisas dos jogos são incompreensíveis. Mas, porra! O gajo até me tinha conhecido por causa dos jogos. Ele próprio jogava imenso. Sabia que eu jogava. O moço não foi ao engano.

Lamúria para aqui, lamúria para ali e ‘não me ligas nenhuma’ e ‘anda lá’ e eu ‘já vou’. Mas não ia. Quando estamos no auge do jogo, não se dá pelo tempo. Ele passa, eu sei. Quem está de fora sente o tempo vagaroso e pesado. Mas eu só queria era ganhar mais xp para conseguir fazer aquele feitiço e conquistar o último reduto do inimigo. Cenas!

O que me irritava solenemente eram aqueles amuos impossíveis de mastigar, quanto mais de engolir, durante uma semana ou mais. O menino sabia ao que ia. Não foi como os eleitores do Nobre.

Lá por as pessoas estarem juntas não quer dizer que estejam sempre juntas. Que diabo, não somos nenhuns testículos. Esses é que têm de andar sempre juntos, quer queiram, quer não!



Mário @ 11:05

Sex, 22/04/11

 

Só quem não joga/jogou, não entende estas "febres". Mais duradouras ou mais curtas, elas surgem quando se apela ao nosso lado competitivo. Basta ver os FarmVille, Cityville, etc. Ao fim de algum tempo aquilo enjoa e deixamos de lado.
Tem de haver tolerância dos dois lados, pois é difícil para os dois.
Um deixa de ter atenção e é normal que se queixe...e o outro concentra toda a atenção nesse jogo ou noutra coisa.

Já não apareciam posts vossos há algum tempo, meninas. :)


TNT @ 22:51

Sab, 23/04/11

 

É verdade, Mário.
Mas vamos tentar retomar o ritmo!

Luis Miguel Silva @ 16:34

Sex, 22/04/11

 

Curiosamente, as mulheres e que geralmente tem essa necessidade de andar sempre juntos e nao os homens :o).
Mas ja estou a ver que es diferente.

Raiden @ 13:36

Sab, 23/04/11

 

Eu também gosto muito de jogar, PS3 e PC e apesar de não ser nenhum viciado (consigo estar semanas sem jogar e quando jogo é raríssimo ultrapassar as 3 horas num dia só), queria encontrar uma companheira que jogasse, de preferência tanto ou mais que eu, ou pelo menos uma que percebesse o meu gosto por jogos e não stressasse quando chegam as alturas em que me apetece jogar mais. Sei que parece estúpido, mas conheço relacionamentos que já acabaram por causa de jogos de PC/Consolas!


TNT @ 22:53

Sab, 23/04/11

 

Também conheço dois ou três relacionamentos que terminaram com malas à porta por causa do wow...


andreia @ 22:58

Seg, 25/04/11

 

Concordo com o Mário sem dúvida... e realmente vocês não têm postado muito. Espero que voltem ao ritmo pois eu adoro o vosso blog e penso que  abordam assuntos muito interessantes que devem ser mesmo falados e discutidos....

Beijos e ate ao proximo post...

                                      ...De uma leitora assídua.. :)


TNT @ 02:29

Qui, 05/05/11

 

Obrigada Andreia.
Isto com a crise e o FMI e o raio que os parta a todos não tem dado para descobrimos novos temas para falarmos. Agradecem-se sugestões sobre o universo das relações!
De qualquer modo, eu e a Tsetse já nos demos sermões mútuos para escrevermos mais e, quem sabe, alargar um pouco a diversidade dos temas.

diario @ 18:41

Seg, 02/05/11

 

Quer dizer, mas ser trocado por um jogo não deverá ser muito agradável... comigo levava logo guia de marcha!!! Siga......


www.diariodeumgajo.wordpress.com



TNT @ 02:31

Qui, 05/05/11

 

Oh Diário. Quando realmente trocamos alguém por um jogo é porque o probelma não está no jogo. MAs temos de convir que as pessoas numa relação também são indivíduos com gostos e preferências que muitas vezes não são partilhados pelo outro lado.
Na minha opinião há que saber dosear as coisas... um joguinho aqui, uma beijoca ali.
Mas quando sai uma nova expansão, saiam da frente por favor!

brisa @ 14:21

Ter, 03/05/11

 


No princípio, chateava-me um bocadinho que o meu homem se trancasse no escritório tantas horas. Mas depois ele arranjou-me uns joguinhos à maneira e entendi-lhe o gosto. Agora, mesmo quando não me apetece jogar, sabe tão bem ter o serão só para mim, enquanto ele se diverte nos jogos. Leio, tenho full control do comando da tv... Tão bom! As pessoas que não sabem viver senão coladas são umas tristes, não sabem o que perdem.


TNT @ 02:32

Qui, 05/05/11

 

Ora aí está Brisa!
Nada como aproveitar esses momentos de sossego para fazermos o que nos bem apetece :)

Raiden @ 13:09

Sex, 06/05/11

 

Concordo perfeitamente com a Brisa e a TNT. Há momentos para um casal estar junto, mas também tem de haver momentos privados. Casa coisa com peso e medida!

Casper @ 18:16

Sab, 14/05/11

 

Oh diabo mas tu és gaja, TNT? É que este post parece que foi escrito por um gajo :-)
A minha alma está parva... Uma gaja que fica 16 horas a jogar um jogo... Eu começo a acreditar que o mundo vai acabar... 


E depois admiram-se quando a sua cara-metade lhes põe os cornos. Não se agarrem ao comando do homem que não é preciso :-)

kim @ 20:17

Dom, 30/10/11

 

Ai que melgassssssssssssssssssssssssssssss...........gostei

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D