TNT @ 13:32

Qui, 11/02/10

A propósito desta cegada do Dia dos Namorados, o Cão Azul decidiu lançar uma colecção de T-shirts alusivas ao tema. A que mais me encanitou foi uma que diz “Amor é... ir às compras com ela e não ficar à porta das lojas”.

Não posso discordar mais desta máxima!

 

Se há coisa que me irrita solenemente é esbarrar constantemente com os namorados das meninas entre os charriots com ar de cachorrinhos abandonados sem saber o que fazer e sempre mal posicionados a empatar a circulação – sim, porque tudo isto tem uma técnica – e a carregar os sacos que elas já encheram nas outras lojas onde eles já fizeram figura idêntica.

Noutro dia, por causa de um presente específico, percorri algumas trezentas lojas de roupa interior. Andava em busca de uma coisa que nem eu sabia que existia e por isso tive de perscrutar várias lojas numa missão quase impossível. Como se não bastasse o meu desespero inicial, ainda tinha de esbarrar com os rapazinhos que tinham o ar mais constrangido deste mundo enquanto elas perguntavam “então o que achas deste?”. Eles, com ar de boi para palácio e berrando silenciosamente “TIREM-ME DAQUI!!!”, esboçavam um sorriso amarelo semelhante ao esgar que sempre antecede uma cólica renal ou uma valente diarreia.

O resto do mulherio olhava para eles num misto de “o que é que este tarado está aqui a fazer a babar para cima dos soutiens...?” ou “já saías daí para eu poder passar, ó boçal do caraças!”. E eles, “desculpe aqui, perdão acolá” a saber que estão a pagar alguns pecados cometidos e outros por cometer.

Meninas, os senhores dos centros comerciais já fazem umas áreas à porta das principais lojas com uns sofazitos e umas mesitas especialmente a pensar nos pobres dos moçoilos que são arrastados para estas lides das compras. Deixem-nos lá sentados.

A sério. Eles preferem… e o resto das mulheres também.
 



Allie @ 15:14

Qui, 11/02/10

 

Eu também detesto isso e, por isso, evito ao máximo entrar nas lojas com o meu namorado. Arranjei uma boa solução: como ele é fumador e eu não, sempre que quer fumar o seu cigarro, enquanto vai ao exterior ou à zona de fumadores, eu aproveito para espreitar as lojas.

Joaquim @ 16:49

Qui, 11/02/10

 

Viva!

Este post tinha que comentar pois não poderia estar totalmente em desacordo :)

Até porque a sua opinião não é a geral das mulheres. Adoro ir com a minha mulher as compras, ver o que ela veste e dar a opinião dentro do vestuário. Adoro ver como lhe fica a lingerie e opinar. Se esses gajos que refere parecem sentir isso quando estão a ver a sua respectiva em trajes menores, imagino que não devam gostar muito dela...em trajes menores :)

A minha mulher adora que eu vá.

Em relação aos senhores que ficam nos sofás à espera, ambos temos a mesma opinião, que são grandes "tonos"...Até se reparar, nota-se que são homens de classes bastante baixas, e que não têm muito a vontade com as suas respectivas.

Fica bem e é charmoso um homem ir com a sua mulher "vesti-la". E segurar nos seus sacos.

Continue a escrever.

Cumprimentos

PS: Posso estar enganado (ou estou), mas dá ideia que não tem namorado/esposo ;)

Pedro Timóteo @ 21:39

Qui, 11/02/10

 

O problema é que tu podes preferir, mas não acho que isso seja válido para a maioria das mulheres. Já tive -- e não foi só uma vez -- quem se chateasse a sério comigo por eu não achar que roupas eram a coisa mais fascinante do mundo, e que queriam realmente que fosse com elas, desse opiniões (que só podiam ser o que elas queriam ouvir, é claro), e assim por diante.

Curiosamente, quando eu ia à Fnac ver os videojogos, depois de 2 minutos já "tínhamos" de seguir em frente.

Enfim, a auto-estima de um homem aos vintes é diferente da auto-estima aos trintas. :) É claro que nunca mais me sujeitaria a coisas dessas. Mas a questão é que a maior parte das mulheres, segundo a minha experiência, não é como tu neste aspecto.

Paulo @ 00:49

Sex, 12/02/10

 

Olá IF

Uma pergunta: TNT, tens a certeza que não deste a tua password de acesso do IF a nínguem? É que às vezes fico a pensar se é mesmo a TNT que escreveu ou foi um homem que se expressou, usurpando o nome ... de tão certeiro pensamento ... por nós!

Tudo para afirmar que concordo em 95% do texto deste post, é mesmo uma alegria ler o que escrevestes. Quanto às lojas de roupa interior, se a "Nina", "Quida", "Miga", "Fofinha", "Doçura" quiser fazer uma surpresa logo mais ou pensar na ocasião especial de conveniência, que o faça, haverá gosto melhor do que ser surpreendido ou surpreender se ELE pela calada da sua sensualidade decidir compra na mesma medida?

(a excepção: quando o casal decide muito antes que vão à loja X experimentar os modelos Y porque ambos se excitam dessa forma, imaginando as meiguices do momento íntimo logo mais)

Os 5% de não concordância dizem respeito ao último parágrafo, pois "gajo que tem brio de o ser" não fica à espera da "Lady que está nas compras" sentadinho num sofá proximo da loja como um "pet shop boy" adestrado, que mantenha a sua essência masculina independente e vá visitar uma loja de desporto, de jogos, de livros, ver as mais bem vestidas ou despidas da área ou seja lá o que for, etc..

meh ... alonguei-me ... resta-me ir e desejar boas compras em consciência LOL

Fiquem bem

ZiLOG @ 13:30

Sex, 12/02/10

 

Normalmente eu também entro e no meio daquela confusão toda, aproveito para ir dando umas apalpadelas às meninas boazonas que por lá circulam. Dar uma espretadela para os decotes, quandas elas se baixam até se vê quase o rego do cú. Os totós é que ficam à porta. Aproveitem essa dádiva de deus.

Pirralha @ 15:15

Sex, 12/02/10

 

Não gosto muito destas generalizações. Acho que onde o menino fica deve ser decisão dele próprio.
Se gosta de entrar, entra, se não gosta, não entra, simples!
Há muitos tipos de homem, os que se interessam, os que não se interessam, os que acham que elas se despacham mais rapido com eles lá, os que acham o contrario!


Estes posts de gaja chateiam-me! Não generalizem!

Fénix @ 21:36

Sex, 12/02/10

 

E é por essas e por outras que sabe tão bem ir aos centros comerciais com as amigas... =D

Kisses*
Fénix*

Ibn branco @ 12:46

Sab, 13/02/10

 


Com efeito a espécie feminina, por vezes, tem essa particularidade, a de deixar, o representante do (suposto) sexo forte, com um ar perfeitamente estúpido, permitam-me o momento bucólico, como um robusto Boi, “estacionado”, bem no meio de um lindo prado, num quente e luminoso dia de Verão, a sacudir a sua cabeça cheia de coisa nenhuma, a afastar as moscas que rodopiam em torno dele e, quando estas lhe dão um momento de sossego, os seus grandes olhos, se fixam no nada. Assim era, também, o ar de um jovem, quando as duas adolescentes, que o acompanhavam (ou ele é que ia a reboque delas), se lembraram, de repente, de começar a falar sobre a primeira vez em que lhes tinha surgido a menstruação (um assunto, deveras, profundo para o rapazola).


Anónimo @ 17:07

Ter, 16/02/10

 

Depois de tanta coisa boa que já li neste blog, tenho de confessar que não concordo nada com este post ...

Não concordo com esta forma de ver o relacionamento. Quantas mulheres não se queixam que os homens não as acompanham?
Há que reconhecer que alguns homens no que toca a compras com a mulheres se esforçam por acompanhá-las....E se eles não se sabem posicionar dentro das lojas cabe-nos a nós ensinar-lhes o "jeitinho"...

E essa de chamar tarado a um homem por estar numa loja de lingerie surpreendeu-me! Afinal de contas é um facto que compramos a lingeir para nós, mas também para nos exibirmos ao nosso companheiro e gerar segundas intenções, ou estou enganada? Ou é para ser do tipo "Querido que  tal? Achas que estou sexy para ir dormir?"
Só sou contra o homem ir se for para ser surpresa!

Vá lá meninas sejam mais pacientes com os vossos homens e com os homens que são de alguém!


Criatura da Noite @ 22:29

Ter, 16/02/10

 

Ora confessem lá que eles não ficam tão lindinhos a carregar os saquinhos das namoradinhas!

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D