TNT @ 22:23

Qua, 02/09/09

Num episódio da Oprah constata-se que a beleza está nos olhos de quem a vê. A beleza é, por isso, completamente subjectiva dependendo de questões culturais ou de género. Fico a saber que na Mauritânia as mulheres mais belas são as mais gordinhas tipo leitão da Bairrada e se tiverem estrias ainda melhor! Já os homens, devem ser magros que nem pauzinhos de virar tripas.

Na nossa cultura ocidental, o cânone de beleza feminino é ser-se magra, elegante, com pernas até ao pescoço e preferencialmente com uns ‘enoooormes seios’ como dizia o Markl. ‘Bora para a Mauritânia?

Após exaustiva pesquisa – como de resto é nosso apanágio e aproveito para agradecer mais uma vez aos nossos preciosos e indispensáveis consultores masculinos – fico a saber que os homens, de uma forma geral, estão-se literalmente nas tintas para aqueles 5 kg que temos a mais e que, pelos vistos, só nós é que damos por eles.

Aparentemente, os homens focam-se nuns quantos pormenores – que ignoramos por completo, e eu cá confesso-me uma anémona nestes assuntos – como a curvatura do pé quando estamos de saltos altos, na curva lateral desde a axila à cintura – vejam só ao que chega! – o cair das calças de seda ou cetim (já não me lembro bem) por cima do pé, a curva da nuca/pescoço – eles até vão à cervical, imagine-se! – e outros detalhes que tais que, honestamente, ignorava por completo. Isto já para não falar daqueles que são tarados pelo cheiro do cabelo, por pés e rabos-de-cavalo... E eu que pensava que eles só queriam rabos, mamas e pernas esguias!

Mas afinal o que é que se passa na cabeça dos homens, pá? Isto é mesmo assim?

Claro que para nos sentirmos bem gostamos de ter o peso ideal ou muito aproximado. E, já agora, se não for pedir muito, prezamos a ausência de celulite e de estrias. Gastamos pipas de massa em cremes adelgaçantes que são uma treta completa. Passamos fome até à imoralidade. Fazemos dietas de sopas, toranjas, queijo fresco e alface. Passamos tempos de infelicidade para sermos felizes quando nos vemos ao espelho ou quando conseguimos enfiar-nos naquelas calças fantásticas de cabedal dos anos 80.

Mas afinal o que é que se passa na cabeça das mulheres? Tem de ser mesmo assim?

Pois é... algumas de nós já não têm 20 anos. Não podemos passar a vida a suspirar pela firmeza e formas de outros tempos. Temos de nos sentir bem connosco próprias e tentar não cair em exageros que, muitas vezes, só se passam na nossa cabeça. Não digo com isto que nos deixemos engordar que nem umas lontrinhas – até porque põe em sérios riscos a nossa saúde -, mas apenas que temos de saber estabelecer os limites da boa convivência. Connosco e com os outros.

E, meninas, não passem a vida a encher os ouvidos do vosso mais-que-tudo com as tretas dos 5 kg e que as calças não vos servem. Eles não repararam, estão entretidos com as curvaturas de não sei o quê... mas vão passar a reparar se não se calarem com o raio da conversa!




Ricardo @ 01:18

Qui, 03/09/09

 

"E, meninas, não passem a vida a encher os ouvidos do vosso mais-que-tudo com as tretas dos 5 kg e que as calças não vos servem. Eles não repararam, estão entretidos com as curvaturas de não sei o quê... mas vão passar a reparar se não se calarem com o raio da conversa!"


Amén!


TNT @ 21:24

Sex, 04/09/09

 

É assim, não é?

ruben @ 01:47

Qui, 03/09/09

 

os quilitos a mais só pecam por causa da saúde. eu falo por mim, há dois anos atrás sentia-me terrivelmente mal com os meus 103 quilos e 1,70m de altura. não conseguia respirar e sentia-me pesado e adoentado. consultei uma nutricionista que é a responsável pelos meus actuais 79 quilos e tenciono chegar aos 73. não senti qualquer tipo de melhoramentos na minha imagem, com 46 anos o emagrecimento tornou as minhas feições mais envelhecidas. envelhecer é uma arte dificílima de dominar e as prioridades têm de ser apontadas para a saúde e qualidade de vida. a alimentação e um acto que deve ser considerado como religião e deverá ser ensinado ás crianças como parte integrante da educação. é de saúde que falo, não de beleza. porque de beleza nem eu sei explicar porque acho que uma miúda mais cheiinha é terrivelmente sexy e outra que tem as medidas perfeitas e cara de boneca parece ser feita de plástico?!?!?! a cabeça também é importante, miúdas burras cortam o clima totalmente. a sensualidade, a ternura, a simpatia são mais importantes do que vocês imaginam. num leque de disponibilidades, nunca escolho a miúda mais gira, escolho sempre a mais sensual, mas isso sou eu. tal como vocês, nós também não temos livro de instruções mas somos mais previsíveis que vocês o que favorece muito a vossa posição. 


TNT @ 21:26

Sex, 04/09/09

 

Bem que eu tento explicar isso por aqui, mas...
Andamos sempre em busca de segundos sentidos por parte dos homens, quando isso raramente acontece!

O_Alminhas @ 10:27

Qui, 03/09/09

 

E as ancas, esqueceste-te de falar nas ancas! A anca tem de estar bem definida! E, já agora, aquele meio dedo travesso de barriguinha tipicamente feminina é igualnente pormenor a não descurar!


TNT @ 21:28

Sex, 04/09/09

 

Quê? "...aquele meio dedo travesso de barriguinha..."
As coisas que eu aprendo por aqui! Meninas, abram os olhos!

O_Alminhas @ 16:03

Sab, 05/09/09

 

Olarilolela (ou, como dizia o Markl, Laboratoriolarilolela)!
Há pouco, de manhã, fazia zapping pelos canais televisivos, e passo pelo programa "DeLux", na TVI, apresentado pela Rita Seguro. A Rita Seguro tem umas pernas muito magras (e ultra mal feitas, acrescente-se...) uns ombros muito largos e umas maminhazinhas que mais parecem umas borbulhas...! E vinha de vestido curto, o que em nada a beneficiava...
Ponham ali os olhos, mulherame: querem fazer aquela figura? Os ossos são comida para cães...!

Miguel @ 13:50

Qui, 03/09/09

 

Cruzes canhoto. Há homens que olhem assim para as mulheres?
O conjunto. Do ponto de vista estético, de aparência, há que apreciar o conjunto.
As curvas, nos devidos sítios e mais ou menos proporcionais, são sempre bonitas com 60 ou com 80 cm de cintura.
Mamocas grandes num corpo magríssimo ou pequenas num corpão, destoam um bocado, mas uns gostam das primeiras para por lá a cara (e não só - eh eh), outros gostam das segundas porque cabem na mão.
As estrias numa mulher que foi mãe, e a inerente alteração física, em regra é muito apreciada pelo pai desses filhos, já que se trata da mulher que lhes deu "fruto".
Eu, por mim, gosto delas pequenas, morenas, com algum peso a mais (com xixa para agarrar), e com maminhas que caibam dentro da mão. Estrias que não pareçam rigueiras e celulite que não pareça sacos pendurados, não afecta a visão nem prejudica o conjunto (digo eu).


TNT @ 21:31

Sex, 04/09/09

 

E dizes bem! Image

Allie @ 18:02

Qui, 03/09/09

 

Pois eu sou das que se queixa. Ando para aqui chateada com os quilos ganhos à conta dos jantares e lanchinhos com o namorado, que são uma perdição. E nestas férias, então, foi o descalabro total! E enquanto eu olho para o espelho e vejo um pneu, um rabo grande e as t-shirts mais justas, sou surpreendida com comentários do género: "Agora é que estás bem, gosto de ti assim, com carninha." E uma pessoa a pensar "Afinal o que eles querem?"


TNT @ 21:35

Sex, 04/09/09

 

É óbvio que o que nós queremos é que é importante. E se não nos sentimos bem com a roupa apertada é mais do que evidente que temos de perder aqueles quilos a mais, senão temos de comprar roupa nova todos os meses.
A questão é não dramatizar nem vivermos obcecadas com esta conversa!
Contra mim falo, claro... Image

AnónimA @ 23:11

Qui, 03/09/09

 

Nós complicamos muito mais que eles, é por isso! E, às vezes temos noção ao apertar as calças, que estamos um bocadinho mais cheiinhas, mas são kg k só sao reparados por nós!

Mas, por acaso, não tinha a noção de os homens serem assim tão observadores! Muito menos das curvaturas :) achava que era so mesmo frente e verso e mais nada... Mas eles surpreendem-nos :)


TNT @ 21:35

Sex, 04/09/09

 

Eu também fico surpreendida com estas observações. Mas fica tudo registado...

Miss Kin @ 00:00

Sex, 04/09/09

 

Há uns anos também aprendi essas coisas que lhes fazem borboletas no estômago. Há malucos para tudo!
Como nós, também somos malucas quando pensamos demais na imagem do espelho.


TNT @ 21:36

Sex, 04/09/09

 

Tudo o que é de mais...

Carlos @ 14:36

Sex, 04/09/09

 

Perante o vosso espanto quanto aos gostos dos homens gostava de colocar uma questão:
alguma de vocês (mulheres) já se lembrou de lhes perguntar (e ouvir, a sério!) a resposta?
Nós somos muito lineares e se dissermos que gostamos de curvinhas é porque gostamos mesmo, sem nenhum propósito obscuro de conspiração para vos manter obesas e pouco atraentes. Até porque somos a parte mais interessada no assunto e a que mais tem a ganhar com o vosso bem estar.

Ana Elvas @ 13:42

Sab, 05/09/09

 

É verdade que a sociedade imprime um conceito muito rígido de beleza e cujas proporções são dificeis de atingir.
Mas vamos pensar a bem da verdade: nós, mulheres do dia-a-dia (e não da tela), não lhes ficamos a dever em nada. Há sempre um quilito que queremos perder, mas é olhar-nos na rua, em casa, no trabalho e apreciamos o bem que nos fica aquela roupa.
Penso que este cultivo de nós próprios, a vaidade, se não obcessão, é saudável. Sentimo-nos bem, confiantes e o ego em cima deixa-nos felizes. A vida corre-nos melhor! É o sentir-mo-nos bem connosco próprias!
E talvez fique mal ser um bocadinho narcisista, mas não escondo que dá gozo ver que ao passar na rua alguém também nos está a admirar.
Isto tudo para dizer que é bom cuidar de nós, ter vaidade e os quilinhos tal como alguma celulite (que me/(talves)nos assombra), são questões com que temos de lidar mas não nos impedem de ser bonitas... e quando produzidas...fantasticas mesmo! Promenores como o cabelo bonito, as unhas bem tratadas e mãos suaves, tal como a curvatura do pé nos saltos e tantas outras, favorecem mais o conjunto do que os 4 quilos a menos e só.


Criatura da Noite @ 17:03

Dom, 06/09/09

 

Realmente, este pseudo-estudo surpreendeu-me. O que vamos descobrir a seguir? Que os homens, afinal, nem ligam assim tanto à beleza exterior de uma mulher?

Sei o que digo @ 15:57

Seg, 07/09/09

 

Claro que os homens ligam imenso à beleza exterior das mulheres, ou não fossem eles homens! O que me parece é que se um homem gostar mesmo, verdadeiramente, de uma mulher (pelo seu todo e não por ser só uma giraça), não é por mais 1 ou 2 quilinhos que deixa de gostar.

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D