TNT @ 15:14

Seg, 06/07/09

Todos nós já ouvimos os conselhos “dá tempo ao tempo” ou “o tempo tudo cura” quando nos encontramos no meio de uma crise amorosa capaz de pôr os problemas do Médio Oriente a um cantinho. Claro que no meio dos bombardeamentos de emoções e lança-granadas de choros achamos que nunca nada se há-de resolver e que o Apocalipse e seus Cavaleiros amestrados se aproximam a galope e sem hesitações.

Creio que já toda a gente já passou por isto. E se não passou é porque tem 4 ou 5 anos ou viveu sempre no meio dos lobos nas estepes e nunca contactou com mais nenhum ser humano.

 

A verdade é que o tempo tudo cura no que respeita a estas coisas dos amores e desamores. O pior e mais difícil é ter de esperar pelo tempo.

O tempo é o nosso maior aliado nestas hecatombes. Mas como fazê-lo nosso aliado, quando ele nos parece o nosso pior inimigo? Quando os segundos parecem horas, os minutos anos e as horas uma eternidade?

Para alcançarmos o tempo que precisamos temos de ocupar o tempo que nos atormenta. Temos de distraí-lo e comprá-lo até ele ficar do nosso lado. Amigos, cigarros, prozac. Televisão, cinema – esse meu grande aliado – livros e computador. Bem sei que não apetece fazer nada em momento algum, apenas sofrer. E nem sequer temos força para contrariar essa astenia. Mas com o tempo acabamos por conseguir. E conseguimos de tal maneira que, ao fim de uns tempos, olhamos para trás e nem sequer nos lembramos bem das trombas do objecto do nosso sofrimento, nem da sua data de aniversário, nem de porra nenhuma que lhe diga respeito. Nadinha. Delete forever? Delete!

A quem está a passar por isto neste momento só lhes posso dizer que passa. Passa mesmo! Custa horrores, dói como o caraças, mas passa. E quando passa... nem damos por isso. Só mais tarde percebemos que realmente passou. O que é estranhíssimo e fantástico.

Este é um triunfo que só os sofredores experimentam. A sensação de vitória é algo de extenuante e haverá poucas sensações que lhe possam igualar.
 

TNT




tsetse @ 15:29

Seg, 06/07/09

 

Um dos textos mais bonitos que já escreveste.
Image

(E continuo a achar que devíamos receber um subsídio estatal! Aposto que este texto vai animar muitas pessoas e aumentar a produtividade do país.)


TNT @ 17:29

Seg, 06/07/09

 

Ai o raio do subsídio que nunca mais vem!

Allie @ 16:12

Seg, 06/07/09

 

Por acaso sempre fui aquilo que se pode chamar de "boa sofredora". Choro baba e ranho, sim senhor, mas em privado. No entanto, aproveito os ombros dos amigos para desabafar, mas tentando não saturá-los. E sempre com a noção de que um dia passará e outro virá. É o que me consola, quando tenho de passar por isso.


TNT @ 17:31

Seg, 06/07/09

 

O pior é que quando estamos na fase da "baba e ranho" não parece haver saída. Não parece haver fim para tanto sofrimento.
O que quero deixar como mensagem é que passa. Com o tempo, passa...

BIDI:) @ 16:18

Seg, 06/07/09

 

Que grande verdade que aqui escreveste!!! E nunca esquecer que depois da tempestade vem sempre a bonança...é só esperar por ela!!!:)


TNT @ 17:33

Seg, 06/07/09

 

E esperar com esperança... e outras ferramentas que ajudem a atenuar a dor.

Anónimo @ 16:36

Seg, 06/07/09

 


"A sensação de vitória é algo de extenuante e haverá poucas sensações que lhe possam igualar."

Hell yeah! E verdade não só para o assunto em questão como para todos os outros.

Há muita gente a escrever sobre os males do coração mas muito pouca sobre a recuperação deles. Parabéns por um belo texto!


TNT @ 17:34

Seg, 06/07/09

 

Muito obrigada.
Para a frente é que é o caminho e as pessoas precisam de saber que há saída para estas coisas. Basta saber esperar.

M.V. @ 17:00

Seg, 06/07/09

 

Concordo contigo. Não há melhor sensação do que ultrapassar um desgosto de forma natural e elegante. Que pena que eu tenho dos pobres de espírito que passam anos a tentar vingar-se de quem os deixou e não deixam a natureza correr o seu rumo. Ficam presos no passado e amargos.


TNT @ 17:37

Seg, 06/07/09

 

Acho que essas coisas das vinganças nos passam pela cabeça nos primeiros 15 dias. Depois, começa-se a relativizar. Também acho muito triste e deve ser extremamente doloroso ficar-se preso a essas amarguras... Mas que já me passou pela cabeça, em determinados momentos, umas rótulazinhas partidas, lá isso, é verdade!

YR6 @ 22:49

Seg, 06/07/09

 

ILHA DOS AMORES, SHOOT TO THE MIDLE & STRIKE.... JUST SCORDED.... GREAT AS U R....


TNT @ 23:21

Seg, 06/07/09

 

Não percebi bem, mas agradeço o elogio! Se é que era um elogio!

YR6 @ 23:56

Seg, 06/07/09

 

NO DOUBT, ABOUT IT, U SCORED, WONDERFULL WOMAN, U GOT IT, GREAT POST... ;) 


cigana @ 01:04

Ter, 07/07/09

 

"O amor faz passar o tempo, o tempo faz passar o amor". Li isto num livro há uns 20 anos e nunca mais me esqueci, por ser tão verdadeiro.


TNT @ 12:04

Qua, 08/07/09

 

Ora nem mais! Que bela verdade!

Margarida @ 08:39

Ter, 07/07/09

 

Não podia deixar de comentar... been there myself... e é mesmo assim... e sim, que sensação, quando chega, finalmente, o doce sabor da vitória...


TNT @ 12:05

Qua, 08/07/09

 

Acho que já toda a gente esteve numa situação parecida... e quem esteve, sabe que é assim.

M @ 12:30

Ter, 07/07/09

 

Obrigada. hoje estava mm a precisar de "ouvir" (ler) isto.
:)

 


TNT @ 12:05

Qua, 08/07/09

 

Ainda bem! Image

M @ 12:58

Qua, 08/07/09

 

o giro é que hoje continuava a precisar ;)
ai tempo, tempo... passa lá depressa!!!
é verdade todos passámos já por isso, até mais do que uma vez, mas o chato é que doi sempre!!!


TNT @ 15:09

Qua, 08/07/09

 

Como se fosse a primeira vez... Image

Fénix @ 22:48

Ter, 07/07/09

 

Ora nem mais!
Abaixo assino...subscrevo...tudo e tudo e tudo...

Digo isto, um mês e tal depois da catástrofe...Não totalmente recomposta, mas em fase de...
É horrivel, doí para caramba, mas depois torna-se num subtil alivio...

Add*

Fénix*


TNT @ 12:06

Qua, 08/07/09

 

Ainda é cedo, mas vai ficar tudo melhor...

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D