TNT @ 13:53

Qua, 24/06/09

As mulheres tendem a procurar a história do Príncipe Encantado sem cessar. Foi o que nos ensinaram a vida toda. Desde pequenas que nos contam estas histórias. O pior é que ao longo da nossa vida só vamos encontrando sapos. E mais sapos. Pântanos deles. E de quem é a culpa? É desta nossa noção absurda de que eles devem ser mais do que conseguem ser. Queremos heróis, paladinos, quando, na verdade, essas coisas só existem nos filmes. E, mesmo no cinema, as coisas já não são o que eram.

Se tentarmos meter na cabeça de uma vez por todas que os homens são básicos - desta vez, nem sequer estou a utilizar o termo de forma pejorativa - seremos muito mais felizes. O pior é que estas nossas cabecinhas tentam sempre ler a mensagem que está para além das palavras e gestos masculinos. Deixem-se disso! Os homens são aquilo e nada mais do que aquilo! É pura perda de tempo e energia tentar decifrar o enigma... Simplesmente porque não há enigma nenhum!

Eles gostam de beber cervejolas com os amigos e falar de estranhezas e estatísticas durante horas a fio. Gostam de desportos (todos), papam desde o futsal ao curling, sempre de calções e pés descalços. Espalham pelo tapete aquelas casquinhas vermelhas de amendoins impossíveis de remover. Deixam os sapatos na sala, colam pêlos ao sabonete e raramente se lembram de passar água na banheira depois do duche. Raramente se lembram? Deixem-me cá refazer a ideia: não se lembram, porque nem sequer percebem para que serve e por que raio é que alguém há-de fazer isso...

Até podemos dizer: ah e tal, essas coisas educam-se... Sim, concordo. Mas a que custo de exaustão? Com certeza, não queremos que eles sejam os nossos filhos e para mães eles já têm uma. Que, por sinal, é uma santa e jamais poderemos sequer chegar aos calcanhares dessa divindade na terra.

Meninas, desenganem-se... não há príncipes. Há apenas alguns (poucos) tipos que nos respeitam e nos fazem rir. E depois, há o resto da maralha que não interessa a ninguém.
 

TNT



Capitão Microondas @ 15:07

Qua, 24/06/09

 

Até que enfim uma mulher clarividente.
Este post cruza-se na totalidade com um dos primeiros que publiquei no meu pardeeiro http://cuidadoaoabrir.blogspot.com/2009/02/mafia-de-walt-disney.html.

Penso que a grande vantagem competitiva dos homens sobre as mulheres é exactamente esta: nós sabemos que as princesas não existem, nunca fomos educados a procurá-las e ainda para mais é fácil perceber que, na esmagadora maioria das vezes, as princesas são o estereótipo do pão sem sal. Não estão no nosso mapa. Por outro lado como não as procuramos não ficamos frustados pelo facto de não existirem.

O problema não é de facto portanto os homens não serem príncipes. O problema, que não o é, é mesmo esse: os príncipes não existem logo o melhor é gostarem de homens ou então virarem-se para as mulheres, seja qual o caminho abandonando as quimeras.


TNT @ 00:39

Sab, 27/06/09

 

Pois, acho que é mesmo esse o problema... As histórias que alimentam o nosso imaginário infantil que rapidamente se desvanecem assim que partilhamos um espaço com os ditos príncipes.
Acho fundamental as mulheres perceberem que não há muito mais para além daquilo que se vê. Seríamos todos muito mais felizes!

Pedro Timóteo @ 17:15

Qua, 24/06/09

 

Concordo que a maioria dos homens não passa de trogloditas, como descreves. Mas acho que não estás a ver o outro lado do problema: a maioria das mulheres (acredito que sejas uma excepção) *gosta* de trogloditas, apesar de o negar e dizer que quer homens inteligentes, sensíveis, cultos, etc..

Se as raras mulheres com bom gosto estão muito mal servidas, os raros homens decentes também o estão...



TNT @ 00:40

Sab, 27/06/09

 

Não, não gosto de trogloditas.

Anónimo @ 14:33

Seg, 29/06/09

 

Os teus posts dizem o contrário.

Anónimo @ 17:37

Sab, 04/07/09

 

Parece que anda tudo trocado...

Nós as mulheres ficamos de cabeça virada c os tipos com ar de bad boy... e depois queremos transforma-los nos princepes encantados...

As coisas são o que são...

Mas se é o sonho que comanda a vida...

Também nos podemos permitir a sonhar c um homem decente e com sal...

Miss Kin @ 17:25

Qua, 24/06/09

 

É por isso que eu digo, mamãs, é favor educar os miúdos para todos estes pormenores! Pode ser que a geração deles já tenha mais sorte...


TNT @ 00:43

Sab, 27/06/09

 

Eu não vou ter filhos, mas apelo às mães deste país para que eduquem as meninas a não acreditar em príncipes e os meninos a serem mais cordatos numa vida futura a ser partilhada com alguém.

Joao @ 17:31

Qua, 24/06/09

 

Sou homem. Mas não sou totalmente básico.
Gosto de beber uma ou duas cervejolas com amigos, máximo. Não tenho pachorra para desporto, excepção feita ao Volley e algum Atletismo, mas dificilmente paro o que estou a fazer para ver isso na TV. Acho que curling tem muita piada. Por sorte, a minha mulher também.
Não deixo cascas de amendoim em lado nenhum. Quem come mais isso é a minha mulher, mas usa um tabuleiro por baixo. Deixo os sapatos em qualquer lado sim, mas em contrapartida não deixo pêlos em sabonete nenhum, limpo o lavatório quando faço a barba e passo água fria com pressão na banheira quando saio, em pelo menos 50% das ocasiões em casa, e 100% das vezes fora de casa, porque penso em quem vem a seguir. Mas em casa, se a minha mulher contacta com outras coisas minhas, não vejo porque se incomode com algum pêlo que fique, eventualmente, na banheira.


TNT @ 00:44

Sab, 27/06/09

 

Este post fala - como todos neste blog - das maiorias e não das excepções.

Heimdall @ 18:43

Qua, 24/06/09

 

Estás completamente enganada mas não vou tentar contrariar a tua opinião. Quero apenas acreditar que o que escreves são apenas desabafos e que na realidade sabes que há excepções. Eu ainda acredito na "Princesa Encantada" e no "...foram felizes para sempre.". Agora, nem todas as histórias têm finais felizes.


TNT @ 00:45

Sab, 27/06/09

 

Também não vou contrariar essa ilusão. E espero fervorosamente que haja excepções.

natty @ 19:50

Qua, 24/06/09

 

Eh mesmo verdade... tou sempre a dizer isso.... Porque eh que as mulheres nao compreendem a simplicidade da existencia masculina. Querem manter o vosso homem feliz meninas entao
1. feed him
2. f@#% him
3. turn into a sick pack ( beer)
4. Nao falem durante o jogo da bola ( ehehhehe)

Eles ficam tao felizes e ai finalmente o feitico do sapo quebre...... claro que para os pelos no sabonete nao ha remedio :)


TNT @ 00:46

Sab, 27/06/09

 

Não é só para os pêlos...
A questão centra-se no tipo de educação que eles tiveram... e nós também!

Pedrinho Toolzinho @ 22:04

Qua, 24/06/09

 

LOL... é claro que sei que este artigo é a brincar, mas se realmente só tiveres convivido com gajos destes tenho um bocado de pena de ti :) Os príncipes existem e existirão sempre, mas tal como nos contos de fadas, só para as princesas. Antes de começar a generalizar tens de encontrar um gajo diferente, quando o fizeres acredito piamente que até mudes a cor deste blog para azul loool... Um principe em condições não é o George Clooney ou o Di Caprio ou outro qualquer menino bonito de hollywood porque às escuras supostamente somos todos iguais. Um principe em condições é um gajo que vos trate de forma quase superior e vos faça as vontades todas (ainda que às vezes tenha de dar luta para não parecer fácil e cair na monotonia), não é um gajo que passa 10 horas por dia no ginásio. Se um gajo o fizer se calhar está a tentar agradar a mais alguém do que a vocês mesmas. O grande problema deste dilema todo, é que se uma gaja tiver à escolha um gajo em condições (o tal principe... que talvez mais pareca um sapo :P) é certo e sabido que escolhem o gajo bom... e depois tem problemas e os gajos são todos iguais etc... e o ciclo contínua. Eu considero-me um gajo em condições e quando tento levantar a fasquia do meu género parece que o vosso lado nunca deixa, por isso o problema não pode ser só nosso... :) Mas achei piada à vossa forma de se tentarem todas unir e nos esteriotipar lool


TNT @ 00:48

Sab, 27/06/09

 

Não estou a brincar, lamento.
Tenho um blog azul: http://tnt.blogs.sapo.pt/
Creio que deve ter feito alguma confusão quanto à questão dos príncipes. Nem uma vez falo das questões de aparência física, nem tal coisa me passaria pela cabeça. Parece-me que essa é uma preocupação sua...

Tijó @ 22:36

Qua, 24/06/09

 

Poderia fazer a versão masculina do post em que o titulo seria qq coisa como "A Princesa Complicada"ou semelhante....estão a ver a cena,né?
Básicos?...certo,mas eu entendo como sinónimo de prático,coisa q não abunda lá muito no reino feminino q são bem mais perfeccionistas e idealistas,somos apenas o q somos e não há nada a fazer....e não é fraqueza nenhuma a procura do tal Principe encantado.

A cena do sabonete tem,para os preguisosos e mais peludos,uma solução:comprem gel de banho(sabem o q é,não?)prái 4 embalagens e resolvem esse problema....a mulher agadece.
Falar de futebol?...de carrões?....de ver tv com a cerveja na mão?...porra,não gosto destas cenas e não me sinto menos macho.Quanto à lixeira e desarrumação,tem a ver com educação e ai a culpa são dos pais.

Cumps,
Tijó




TNT @ 00:50

Sab, 27/06/09

 

E porque não fazer um post sobre as princesas complicadas?
Eu não sofro do problema das princesas complicadas, logo não vou falar desse assunto.
A culpa é claramente dos pais, com especial incidência nas mãezinhas...


antiego @ 02:03

Qui, 25/06/09

 

Uma questão devo colocar: Serei eu um princepe encantado? Serás tu uma princesa encantada? Quem me dera ser um principe encantado. Senão o fôr (o que é o mais provável), como posso eu reinvindicar uma princesa encantada? Quê, é como sair o euromilhões? Meto um boletim, não gasto quase nada e fico multimilionário.
Se vos ensinam para sonhar com o princepe, deviam-vos ensinar a ser princesas ou pelo menos a se enxergarem melhor, a vós próprias.

Há 1 princepe encantado por cada 10 000 gajos, e há 2 princesas encantadas por cada 10 mil gajas. Mas é muito provável que, durante a nossa vida, alguma dessas pessoas nos calhe na turma da escola, no emprego ou na internet (ainda mais dificel).

Podem até nem haver princeses encantados. O que há, de certeza, é almas gémeas. Um dia vais encontrar a tua.


TNT @ 00:51

Sab, 27/06/09

 

Talvez, quem sabe...
Depois resta saber se saberei lidar com esse novo paradigma!

pinkcode @ 09:07

Qui, 25/06/09

 

Concordo plenamente...
Eu não tenho tempo nem paciencia para educar o meu sapinho... se a 'deusa' que o carregou na barriga nove meses não conseguiu, não vou ser eu...

Lembrem-se sempre... isto é tudo uma questão de arquitectura! A casa para os dois tem que ter alguns requisitos, e aí é que temos o direito de exigir! Quer viver comigo, é com as minhas regras arquitectonicas!
Quartos de banho separados amigas! A empregada que entre na dele e coloque tudo em ordem... mesmo para as actividades ligadas ao prazer, é sempre utilizado o nosso quarto de banho.

Outra divisão imprescendivel é uma sala de lazer, diferente da NOSSA sala de estar... onde eles podem esticar-se e comer e beber e manifestarem-se no volume que quiserem...
Uma sala onde lhes seja possivel realizar todas as matcho things...

Principe ou sapo... quem manda tem que ser sempre a mesma pessoa...



PM


TNT @ 00:53

Sab, 27/06/09

 

Essas sugestões são fantásticas, mas nem sempre as pessoas têm dinheiro para as poder realizar.
O ramo imobiliário está pela hora da morte!

Fit @ 18:57

Sex, 16/10/09

 


Não sei qual o intuito de viver junto então... é uam questão de se estabelecerem "regras" e as coisas funcional muito bem... não é o meu espaço e o teu espaço, é o nosso espaço, portanto há que respeitar... simples, não?

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D