TNT @ 16:29

Seg, 20/04/09

Muitas vezes me perguntam como é que se saca um gajo. Ou uma gaja. Embora não seja detentora de grandes técnicas de sedução ou engate, consigo quase sempre sacar os gajos a que me proponho. Houve um que me falhou. É uma mácula na minha carreira, mas qualquer dia volto à carga!

Mas vamos ao que interessa: como sacar?

Primeiro que tudo, tem de se escolher atentamente. Fazer um reconhecimento do terreno. Conhecer o alvo. E não importa que a coisa seja presencial! Pode ser através de registos. Se o alvo tem um blog, a coisa é-nos facilitada. Percebemos exactamente qual o estilo da presa e se nos agrada realmente. Se agradar, podemos pôr-nos em campo.

A minha técnica é muito simples. Apresento-me de forma quase irresistível, com um teaser para lhes suscitar a curiosidade, dou-lhes alguma conversa durante uns tempinhos e depois passo ao movimento seguinte. Que é o que me interessa desde o princípio. Mas há que fazer algum investimento porque não se pode espantar a caça! De qualquer maneira, de uma forma geral, sou muito directa. Explico-me. Faço saber o que pretendo exactamente. Não perco tempo com tretas. Esta é uma técnica que desarma a maioria dos alvos. Deixam de se movimentar no seu território – dos jogos e tretas – e têm de passar para o meu. E aí eu fico, claramente, em vantagem. Estou no meu campo onde domino sem quaisquer limitações.

Como sou uma pessoa impaciente por natureza, não tenho pachorra para esperar pelas iniciativas dos outros. Trato eu do assunto, se possível. E, nas minhas investidas, nunca perco muito tempo. Se a coisa me começar a dar seca, desisto. Era porque, afinal, me enganei no alvo. Não era bem aquilo que me apetecia na altura.

Claro que para aplicar estas “técnicas” é preciso ter uma dose mínima de vergonha, e de pudores ainda menor! Uma coisa é certa: a nossa entrada triunfal deve ser sempre diferente, inesperada, bem-humorada e curiosa.

Como naqueles livros em que nos apetece sempre ler a página seguinte, estão a ver?
 

TNT



Carlos Martins @ 17:30

Seg, 20/04/09

 

Vê lá se usam as tuas tácticas contra ti...
(Ou será que o próximo post será sobre as técnicas de defesa contra este tipo de coisas? :)


TNT @ 17:35

Seg, 20/04/09

 

Por norma sou eu que engato. Não devo correr esse risco, mas obrigada pelo aviso!

Marta @ 17:42

Seg, 20/04/09

 

Que senhor post! =D
Eu tambem ''trabalho'' do mesmo modo. acho que ja nao estamos em tempo de esperar que o outro lado tente o que quer que seja, ha que ir a luta se é que nos interessa=)

e resulta sempre=D


TNT @ 17:55

Seg, 20/04/09

 

Quase sempre!!
Já falhei uma vez há uns 10 anos ou assim. Mas o assunto não está esquecido. Não quero cá falhanços no meu curriculum vitae!

mike @ 18:46

Seg, 20/04/09

 

desculpem a minha ignorancia mas acho que a vossa tecnica não é pra sacar HOMENS .....mas gambuzinos


TNT @ 01:18

Ter, 21/04/09

 

Ok, tu lá saberás...

AnónimA @ 22:39

Seg, 20/04/09

 

O que me parece é que o teu falhanço é o "tal". Eu sabia que ele existia :)

Hoje em dia não é preciso esperar que eles dêem o passo até porque eles estão a dar um passo atrás enquanto nós já estamos a dar um para a frente. Tem de ser...


TNT @ 01:16

Ter, 21/04/09

 

Não, não é nada o tal. É apenas mais um...


antiego @ 22:45

Seg, 20/04/09

 

Falas de engate aonde?


TNT @ 01:17

Ter, 21/04/09

 

Seja onde for... mas não engato em bares ou discotecas. Tenho de conversar com eles e esses não são os ambientes mais propícios.


antiego @ 01:38

Ter, 21/04/09

 

No emprego, jardim, café, festa de amigos?

Não eram as discotecas os lugares de eleiçao para o engate? Onde e agora?


TNT @ 10:13

Ter, 21/04/09

 

Sim, no emprego, jardim, festa de amigos, cinema, cursos. Se calhar, as discotecas continuam a ser lugares de eleição para o engate.... para mim, é que não são.

AnónimA @ 22:45

Seg, 20/04/09

 

Queria só lançar aqui um tópico para um post, a ver se esmiuçamos o tema, que me está a causar algumas dúvidas. Quando se namora, automaticamente as amizades são um bocado postas de parte, mesmo que não se queira, mesmo que se ache que não. E então aquelas que eram até amizades bem cimentadas, mas que agora são separadas por km, ainda mais complicado se torna e nem com a net a coisa vai lá. E a minha pergunta é: serão utópicas as amizades que se vêm, por exemplo, no sexo e a cidade?! É que fazem-nos ver um mundo que eu não estou a conseguir conciliar na minha realidade...
Espero ter-me exprimido bem :)
Obrigada


TNT @ 01:17

Ter, 21/04/09

 

Obrigada pela ideia. Iremos tratar disso em breve!


antiego @ 01:42

Ter, 21/04/09

 

Minha amiga, tudo no sexo e a cdade não é utópico, é apenas extremamente irreal.


Cláudia Oliveira @ 09:37

Ter, 21/04/09

 

e nunca cometeste o erro de te apaixonares e nao ser assim tao fácil?


TNT @ 10:17

Ter, 21/04/09

 

Apaixonar-me antes de engatar? Claro que não!
O depois, logo se vê...
Mas sim, já me apaixonei por quem não devia e as coisas nunca são fáceis. Aliás, detesto estar apaixonada! Pela falta de controlo que isso me traz.
Não sei se respondi à tua questão.


Cláudia Oliveira @ 12:24

Ter, 21/04/09

 

eu tmb era assim, até que cometi o erro de me apaixonar por mais um engate. e eu achava que era so mais um. pois...


TNT @ 12:42

Ter, 21/04/09

 

Pois... não há seguros para estas coisas.
Mas as paixões loucas desaparecem num instante. Já o amor... aquele construído e consolidado é uma chatice para acabar. É só uma questão de adquirir alguma disponibilidade para conhecer outra pessoa ou ainda, ir buscar alguém do nosso passado para nos entreter.

Ms @ 15:34

Ter, 21/04/09

 

Vou marcar esta página, p vir aqui ler isto nos momentos de maior desespero!!! com este pragmatismo ["É só uma questão de adquirir alguma disponibilidade para conhecer outra pessoa ou ainda, ir buscar alguém do nosso passado para nos entreter"] até parece fácil! bj e obrigada por partilharem o vosso eterno feminino :)

Anónimo @ 15:43

Ter, 21/04/09

 

desculpem o erro, não reli o comentário!!! interno. q é sempre muito melhor q eterno :)


TNT @ 16:59

Ter, 21/04/09

 

Temos de ser práticos, não é?
E é fácil! Haja disponibilidade mental para tal...

Anónimo @ 11:16

Ter, 21/04/09

 

Presunção e água benta........
É óbvio que aquele era o TAL, até porque isso explica muita coisa do que lemos por aqui.
Bj


TNT @ 11:39

Ter, 21/04/09

 

Ahahahah!
Lamento contrariar essa psicologia de algibeira, mas não, não era o tal.
O "tal" é, infelizmente para mim, inacessível. Estará casado, morto, emigrado? Esse é um assunto que só a mim me dirá respeito... nem a ele diz.

Pipoca @ 11:27

Ter, 21/04/09

 

Técnicas de engate??? Sacar???Não será que a verdadeira essência feminina, o tal interno feminino, o simplesmente ser... não é isso que prende, que atrai, que nos diferencia de animais seguidores de instintos básicos? Ou afinal estas técnicas são só para a satisfação de prazeres pontuais e desprovidos de sentimento? Ser mulher é muito mais do que isto!!!


TNT @ 11:41

Ter, 21/04/09

 

Eu gosto de flirtar e de engatar... desculpem lá qualquer coisinha, mas não me parece que essa seja a minha única característica.
Este post não pretende ser profundo. É básico, sim. Mas, às vezes, sabe bem voltar à base, não?

pinkcode @ 13:11

Ter, 21/04/09

 


Mas agora faz-se o Screening através de registos e blogs... Eu ainda só conhecia o reconhecimento presencial, quando é que eu cresço...

Ahahah
Mas eu estou sempre a aprender...
Nunca me deu muito para o engate mas não sei se qualquer dia não parta à aventura.
Ahahahah

Bigada TNT

PM



TNT @ 13:16

Ter, 21/04/09

 

Claro!
É uma forma simples de sabermos algo sobre o terreno que vamos pisar...

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D