TNT @ 15:05

Seg, 15/12/08

Noutro dia, a jantar com um amigo que vive nos States há mais de 20 anos, sai-se com a seguinte pergunta: “As mulheres também têm de contar os gajos com quem já foram para a cama?”

Hello???

“Bom... – respondi eu – se for uma chinesa que trabalha num restaurante chinês, provavelmente, saberá o número de cor. Mas o resto do mundo, julgo que sim, que tem de contar... aliás, como os homens, suponho eu!”

Pelo vistos, ele tinha deixado de contar às 236! A realidade americana é um bocadinho diferente da nossa... Tinha uma folha de Excel quando era mais novo e ia actualizando com nomes, datas e outros dados que agora já não me ocorrem. Eu disse-lhe que a maioria das mulheres (portuguesas) ainda conseguia contar com os dedos, mesmo que se repetisse os dedos. Sem precisarmos de ábacos, calculadoras ou outras ferramentas informáticas. E lembram-se dos nomes de todos? – perguntava ele incrédulo. Oh querido, às vezes nem nos lembramos de todos, mas quando vêm à memória, andam normalmente acompanhados do nome.

Às vezes não se lembram de todos?? Como assim?
Sim... pode falhar um ou outro que depois nos lembraremos talvez passado um quarto de hora ou, se ficarmos a pensar no assunto, dois ou três dias depois, quem sabe...?

Pois... imaginando que fomos para a cama com 10% da quantidade dele quando desistiu da contagem, é possível lembrarmo-nos dos nomes. Talvez não saibamos o que andam a fazer hoje em dia ou por onde andam, mas em relação aos nomes, ainda lá vamos.

10%? Mas isso dá mais que 20 homens!

Oh meu amigo! Então não é chocante um homem ir para a cama com mais de 200 mulheres, mas uma mulher ir para a cama com mais de 20 homens já é? Óbvio que se a mulher (ou homem) tiver 15 ou 16 anos, convenhamos que é chocante. Mas estando a falar de mulheres entre os 35 e os 45 anos, qual é o choque?

Creio que a maioria das mulheres tem uma costela de Samantha Jones, com um piquinho de coleccionismo à mistura e uma pitada de sensação de usar se apetecer.

Não tem de haver amor. Nem sempre há amor. Às vezes é só por que apetece, porque a crise é uma maçada e temos de nos entreter, por que andamos perdidas em relações infelizes e vamos dar umas voltas por fora e, outras vezes, é só por que somos mulheres e apetece-nos caçar.

E o número, esse, vai sempre crescendo. Não temos por onde fugir. Tal como os anos se vão acumulando sem que o possamos evitar, o número de homens na nossa vida – leia-se cama – também vai aumentando. Mas aqui, ao contrário da idade, não é uma questão de não podermos evitar... é de não querermos!

 

TNT
 



Júlio @ 17:40

Seg, 15/12/08

 

Realmente, a realidade em Portugal não é como a dos Estados Unidos. Não conheço nenhum heterossexual com números desses... De qualquer forma, também não me lembro de todos os nomes.

Se tivesse que fazer uma lista de todas as mulheres com que dormi, para salvar o mundo, estava tramado!



TNT @ 18:52

Seg, 15/12/08

 

Ai estes rapazes...
Se calhar é melhor iniciares uma folha de excel também!


tsetse @ 20:15

Seg, 15/12/08

 

Há uma coisa que me faz espécie: quando se fala sobre este assunto, parece que o número de parceiras dos homens é quase sempre maior do que o número de parceiros do sexo oposto. Uma vez que em Portugal não há mais mulheres do que homens, a média não deveria ser a mesma?

Há algo de errado nestas contas... Será que há mais homens que nunca tiveram relações sexuais com mulheres do que o contrário? Será que há homens que contam as prostitutas como parceiras e que estas têm milhares de parceiros para compensar as estatísticas? Será uma questão de imigração? O que se passa?


TNT @ 16:48

Ter, 16/12/08

 

Oh Tsetse, a engenheira aqui és tu!
Eu até chumbei a Estatística na faculdade...
Só acho que nós espaçamos mais as nossas aventuras por termos de estar sempre envolvidas emocionalmente. E isso demora o seu tempo. Tanto antes do acto, como depois até esquecermos a criatura.
Eles, no dia seguinte (ou no próprio), já estão prontos para outra.
Nós ficamos ali feitas parvas a suspirar, a pensar como foi bom, à espera de um sms... enfim... tempo que eles não perdem!


Jorge Soares @ 22:23

Sab, 20/12/08

 

Já pensaste que os portugueses podem ser um bocadinho mentirosos?... eles e elas, obviamente


Jorge

anonima @ 22:11

Seg, 15/12/08

 

é...realmente a matemática não é muito complexa....
mas acreditem numa coisa...as vezes bem dá vontade de contribuir para as estatísticas e bora lá para a frente! Usar os homens sem dó nem piedade... Afinal tentamo-nos guardar para o homem certo e no fundo eles são todos iguais...trocam-nos pela primeira que lhes aparecer... podem até demorar uns anos a fazerem-se de bons meninos, mas mais tarde ou mais cedo... ai vão eles á procura de novos horizontes...


TNT @ 16:45

Ter, 16/12/08

 

O pior é que nós mulheres, bem ou mal, temos sempre de estar envolvidas emocionalmente (nem que seja um bocadinho).
O que nos faz espaçar mais as coisas em termos de frequência!
A eles, basta-lhes uma brisa ou uns copos a mais...

Rita @ 23:38

Ter, 16/12/08

 

Concordo que temos que estar emocionalmente envolvidas. Tal como acho que os homens também estão emocionalmente envolvidos. Mas pode ser só durante um par de horas, não é? E há níveis de envolvimento... Não sei até que ponto não vale mais a pena aceitar o que alguém tem de bom para dar por um curto período de tempo, do que iniciar logo uma relação (mesmo o one-night stand é 1 relação...curta, mas é) com expectativas de nos sair o príncipe encantado.
Se calhar estás a generalizar um bocadinho em relação quer a mulheres, quer a homens...

Luís Silva @ 01:30

Ter, 16/12/08

 

Se calhar alguns vêem pornografia, masturbam-se e contabilizam cada vez que ejaculam como uma foda dada :oP

Hugz,
Luís


TNT @ 16:41

Ter, 16/12/08

 

Talvez...


antiego @ 11:11

Ter, 16/12/08

 

Realmente, como a tsetse disse, matematicamente a coisa parece não bater certo.

Devem-se lembrar de uma regra de "O sexo e a Cidade". Era qq coisa a regra dos 4: os homens multiplicam por 4 as mulheres com que realmente foram para a cama, as mulheres dividem por quatro.

Será que as mulheres trintonas e quarentonas ainda não aprenderam que os homens mentem que se fartam quanto à sua experiência sexual? Mesmo americano, 236? É possivel. Mas é mais provavel que seja um gabarolas.


TNT @ 16:39

Ter, 16/12/08

 

De matemática percebo pouco.
De homens galdérios tenho licenciatura (antes de Bolonha), mestrado e doutoramento. Sou expert na matéria!
E conheço alguns galdérios que não são gabarolas...
Uma vez, em férias em Ibiza com uns amigos, quem fez a contabilidade deles fui eu! Nem queria acreditar! Um deles, levou um display de preservativos, daqueles grandes que há nas farmácias. E garanto-vos que é possível 236 e muitas mais!


antiego @ 18:42

Ter, 16/12/08

 

Eu disse que era possivel.

Com essas contas, se comeu 236 em cinco anos, quer dizer que, em média, foi uma diferente a cada semana, durante 5 anos. Realmente, é obra.

Para dar folga na média, em alguns dias, devem ter sido 3, de seguida.

Miguel @ 13:31

Ter, 16/12/08

 

Uma vez uma amigo meu, na altura com 24/25 anos, estava-me a dizer que já tinha "dado uma cambalhota" com trinta e tal mulheres. Imediatamente arregacei as pernas das calças. Fez-se vermelhão e nunca mais usou números disparatados/inventados nas suas contas.

Os homens tendem a multiplicar os números, e as mulheres a dividir. Uns e outros mentem.

Nunca acredito em quem se gaba de ter estado com n pessoas a fazer "vocês sabem o quê". Porque quem se gaba não é sério!


TNT @ 16:41

Ter, 16/12/08

 

A conversa não era de gabarolice.
Estávamos a falar de comportamentos masculinos e femininos.
Claro que o número me ficou na memória.
A verdade é que passei uns tempos com ele nos States e assistia às "filas" à porta.
Incompreensível, porém verdadeiro.


diabisses @ 16:41

Qua, 31/12/08

 

Para quê contabilizar????
Cada qual deve saber quando, como e porque esteve com um parceiro/a. Comparar realidades sejam elas quias forem nem faz sentido.
Tenham prazer e sejam muito felizes.


TNT @ 16:42

Ter, 16/12/08

 

Alminhas,
A palavra em questão foi autorizada por estar inserida num determinado contexto!
Mas obrigada pelo reparo...

Luis Miguel Silva @ 16:52

Ter, 16/12/08

 

Realmente e como alguem disse aqui, quem se gaba nao e serio! Qual e o point de andar a contar o numero de aventuras sexuais que teve? hmm...deve ser uma pessoa muito solitaria e com pouco tema de conversa :o)

O que e realmente estranho ja que para alguem comer 237 mulheres tem de ter realmente muita conversa heheheh...

Hugz,
Luis


TNT @ 17:09

Ter, 16/12/08

 

Ele tem muita conversa... lá isso tem! Conheço-o há mais de 30 anos e paleio não lhe falta.
Mas também temos de convir que as coisas nos EUA são um bocado diferentes. As pessoas têm menos tempo, é tudo muito mais rápido. E se um homem for culto, educado, tiver piada, etc. (que é o caso) as americanas ou residentes nem hesitam. Até porque estão habituadas a ser tratadas como lixo.
Lá, o jogo da sedução é completamente. É um bocado do género: Olá, sou a X. Queres vir até minha casa beber um copo?
E pronto!

Luis Miguel Silva @ 17:26

Ter, 16/12/08

 

Voltei a semana passada de 1 mês e 1 semana lá. Desse tempo, só passei uma semana em Nova York e o resto do tempo no UTAH.

O UTAH é um estado extremamente religioso (e de bons costumes) pelo que, embora não tenha andado em engates (fui com a minha esposa e também não é meu estilo :o)), não foi com essa ideia que fiquei!

Ou seja, acho que estamos de acordo e achamos que o teu amigo é um tangas! he he he ;oP


TNT @ 17:51

Ter, 16/12/08

 

Eh pá... mas tinha de ser logo no Utah??
Sinceramente, acho que o meu amigo nem deve poder lá entrar! Aliás, eu própria teria de meter uma cunha para lá ir. Por que se eles lessem este blog, passaria imediatamente a persona non grata!


gomesh @ 09:36

Qua, 31/12/08

 

Utah é um Estado maioritariamente religioso - numa das religioes que as pessoas levam tudo à letra... não serve de exemplo para o resto do pais...

Os States, pelo que me apercebi quando lá fui funciona um bocado como o Reino Unido... umas bebidas e opa... vais para casa da rapariga... tudo muito rápido, sem grandes romances por trás, tudo muito prático


oamante @ 18:49

Ter, 16/12/08

 

Lol... muitos lols!
Fogo... para que raios querem vocês as estatísticas?! Eu só me metia nisso se quisesse aldrabar o outro, porque não vejo necessidade nenhuma de andar agora a devassar a minha intimidade só para me fazer macho. Tenho respondido a essa pergunta de forma evasiva, porque acho que nunca deve ser posta.
E quando ouço homens a trocar opiniões sobre esta ou aqueloutra, ou mulheres sobre eles... mando umas bocas que eles acabam logo com a conversa! Acho que a devassa pública tem limites. Se ainda fosse para dizer bem. Mas esta gente come e cospe tudo! Nada lhe agrada! Como se homens e mulheres fossem uns perfeitos.
Penso que só a mim interessa saber quem comi, lol. É uma estatística pessoal e intransmissível. Nem sei como ele teve pachorra de ir pró excel!

Mas... já agora... repete lá onde mora esse gajo! É que eu ainda consigo perguntar se ela quer um copo... Lol


TNT @ 19:00

Ter, 16/12/08

 

Também me parece que a estatística aqui não é a questão central. Preocupa-me que as pessoas achem que se ele papou mais de 200 ou é um gabarolas ou um garanhão. Mas uma mulher que tenha papado mais de vinte é uma...?


oamante @ 09:49

Qua, 17/12/08

 

Eu sei que para os católicos, puras são apenas as virgens. Por isso é que nós homens, que somos somos homens, queremos as outras... as boas... as que sabem! Além disso, eu não aceito nenhum comentário moralista de gente que diz ser católica e depois come marisco! Lol.

Eu já disse várias vezes que prefiro mulheres com experiência, pois já estou farto das outras!
Irrita-me a hipocrisia dos homens que quer andar com as mulheres todas, mas depois só aceita para casar uma virgem! É demais!
E as mulheres que saiam da casca e comecem a mandar bocas de volta, não se acanhem! Façam-no por mim, Lol.

Eu não me interessa nada se uma mulher rodada (não é pejorativo para mim) me usar e deitar fora a seguir. Não choro, sentir-me-ei grato pela experiência, Lol.

Os amuos moralistas provêm quase sempre de gente de moral duvidosa. Lembrem-se sempre da pedra e de Maria Madalena!

Sejam mulheres, dêem-se... sem medo!

anónimA @ 19:05

Ter, 16/12/08

 

Quem quer um homem que já lá esteve dentro de sitios diferentes umas 236 vezes? Eu confesso que pensaria muito antes de tal... São este tipo de pessoas que acabam por ficar sozinhas e perder o mehor da vida, digo.

Nós é diferente. Pode apetecer-nos e pronto, lá vamos. Mas não acredito que. no dia seguinte, não esperem uma mensagenzita, mesmo tendo acordado mutuamente que teria sido uma "coisa" momentânea e sem repetição.

Podemos ter menos lista no Excel mas, em termos de qualidade, aposto que ganhamos :)


TNT @ 19:10

Ter, 16/12/08

 

Pois... e é com os sms que nos lixamos. Porque para nós tem sempre de haver qualquer tipo de envolvimentozinho...
Eles? Não perdem tempo com isso!

Luís Silva @ 22:04

Ter, 16/12/08

 

Eles como quem diz! :oP

Há homens que não se dão com vidas boémias (e até têm medo de se envolver com uma desconhecida por causa de possíveis doenças)!

E não me venham com a do "usas preservativo"...

A mim não me apanham com nenhuma desconhecida...

Hugz,
Luís

Luís Silva @ 22:07

Ter, 16/12/08

 

Ah, e já agora..tens razão! Está tudo a afastar-se do teu "point" no post...lol

Na verdade ficamos todos mais pasmados com a afirmação do gajo do que propriamente com o facto de se uma mulher disser que fez o mesmo ser considerada uma puta :oP

Quer se queira, quer não, a verdade é que está muito no nosso sangue de que o homem pode fazer o que quer e a mulher não!

Do meu ponto de vista (pura e simplesmente..o ponto de vista de um homem que foi educado como todos os outros), é verdade que me custa mais a entrar na cabeça que uma mulher se envolva com vários homens do que o homem com várias mulheres.

Talvez seja por estar a falar do meu próprio sexo? OU, simplesmente, porque a mulher para mim é algo puro e bonito (pelo menos as pelas quais me interessaria) e alguém com essa rodagem só faria com que eu perdesse o interesse. Por estas razões, compreendo perfeitamente que cause a mesma sensação no sexo oposto :o)

Hugz,
Luís


TNT @ 22:15

Ter, 16/12/08

 

Já nem digo fazer o mesmo!!
Só 10%... Já não é mau!


arteeee @ 13:21

Qui, 18/12/08

 

deixa-me desde já felicitar-te...se é que pensas mesmo assim e não se trata apenas da cantiga do bandido...
Tenho muitas dúvidas que ainda exista algum homem assim, pois vivi 7 anos com um que tinha precisamente esse discurso e que de um momento para o outro mostrou que tudo isso era uma grande tanga! daí o meu enorme descrédito...mas se és um desses espécimes raros, então conserva-te! chegará o momento em que terás uma mulher á tua altura com toda a certeza!

Luís Miguel Silva @ 16:51

Qui, 18/12/08

 

Hmm, o comentário era para mim? Não disse nada de mais?

De qualquer forma, porque estaria eu com a cantiga do bandido? Não consigo imaginar que segundas intenções teria eu em escrever algo diferente do que me vai na cabeça :o)

E já agora, já tenho uma mulher à minha altura! ;o) É mais baixinha que eu...mas eu gosto delas baixinhas :oP

Temos as nossas turras mas amamos-nos muito e não consigo imaginar que estaria melhor com outra pessoa qualquer.

Para concluir: por um lado gostaria que ambos fossemos virgens quando "consumamos o nosso amor pela primeira vez" mas, por outro lado, acho que foi importante termos tido outras experiências para termos "ponto de comparação" (no que toca a não haver necessidade de experimentar mais tarde... ;o)).


arteeee @ 23:03

Sex, 19/12/08

 

Parabéns Luis... por seres assim... e feliz da tua mulher por ter um homem que aind pensa assim... e concordo ctg...tinha o mesmo pensamento em relação ao meu namorado... também gostava que fossemos virgens, mas por outros lado achava que era positivo para ambos existirem outras experiências... pois quando elas pertencem realmente ao passado não ha problema nenhum.... fazem parte do nosso crescimento!
continua assim... ama a tua mulher sempre como se fosse a última vez... nunca deixes nada por fazer...pois a vida da muitas voltas e nunca sabemos o dia de amanha...e depois arrependemo-nos de não o ter mos feito... continua...

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D