TNT @ 13:51

Qui, 02/10/08

Ao passear pela blogosfera, leio um post do "inimigo" onde se justificava a procura dos homens por prostitutas, devido ao facto de as mulheres deixarem de "fazer pressão para o sexo" depois do casamento, uma vez que, segundo aquelas mentes brilhantes, já não precisavam de o fazer.
 
Como não sou dona da verdade e da razão, tento sempre informar-me junto de outras pessoas e saber se sou caso único ou não. Depois de lhes deixar lá um comentário em conformidade e após alguma reflexão e conversas com elementos do sexo feminino, confirmo o que já sabia. Como sempre, não vou falar de excepções, mas sim da maioria!
E a maioria das mulheres diz que não está satisfeita com a sua vida sexual com os maridos/viventes etc., por eles terem perdido o interesse. Todas dizem que a frequência se vai espaçando cada vez mais e algumas até deixaram de tomar a pílula por acharem que não vale a pena, dada a raridade do evento. Que gostam muito deles, mas que se começam a interrogar se existe outra pessoa ou se, de repente, eles as deixaram de achar atraentes.
 
Quando o homem que nós gostamos se recusa a fazer sexo connosco ou foge a sete pés da coisa, a mulher acha sempre que a culpa é dela própria! Quando o inverso se verifica, o resultado é o mesmo. O homem também acha que a culpa é dela! Parece que estamos de acordo numa coisa: a culpa de não haver sexo em casa é da mulher... Ironias à parte, creio que os homens andam perdidos com o seu novo papel na vida. Se dantes, eram o principal sustento da casa, há muito que esse domínio se foi atenuando. Se dantes, só as mulheres se embonecavam, hoje em dia, basta ir jantar fora para se perceber que os papéis quase se inverteram.
 
Não será que os homens estão inseguros quanto ao seu papel e já não sabem o que fazer?
 
Na semana passada, numa revista de actualidade, o tema de capa era sobre as infidelidades femininas, como se processam e por que acontecem. Aconselho vivamente a leitura do artigo. Quanto mais não seja para reflectir. Porque justificar a busca de prostitutas com a ausência de interesse por parte da mulher, cheira-me a cobardia e de que maneira! Não será, antes, por as prostitutas fingirem que estão a gostar – por serem pagas para isso – e as mulheres com quem eles vivem já não precisarem de o fazer?
 
Na maioria das vezes, são as mulheres que se lembram de ir para o motel x, são elas que compram a lingerie sexy, são elas que procuram nas sex-shops algo que apimente a relação. Os homens vão às sex-shops para mais uma sarapitola com as revistas e filmes que compraram. Nós vamos à sex-shop para comprar afrodisíacos, óleos e objectos de prazer. (Isto são factos estatísticos dos proprietários das ditas lojas).
 
Por isso, meus caros, pensem bem no que andam a fazer. E, principalmente, pensem no que não andam a fazer. Porque há sempre, mais tarde ou mais cedo, quem o faça por vocês...

 

TNT
 



Miguel @ 14:40

Qui, 02/10/08

 

Depois do casamento, a mulher já não provoca o homem como por vezes fazia durante o namoro; parece que a partir do juntar dos trapinhos, a iniciativa passa a ser um dever masculino. Nada pior para um gajo do que precisar sempre de ser ele a iniciar o que deveria ser um prazer mútuo. Convenhamos que, se a mulher deixa de provocar, é porque deixa de querer. A não ser... (mas não vamos por aí).
Mas a verdade é que nos cansamos de tomar sempre a iniciativa, de estar como que a pedir, a implorar, o que, a acontecer, provoca no mínimo uma "transa" insatisfatória.
Mais, as mulheres vingam-se nos homens, não lhes dando sexo porque... (e isto sem pretender tirar-lhes valor ao motivo, é apenas um constatar de facto).
E já não saem tanto, eles e elas já não se divertem como antes, andam mais cansados, irritadiços, menos agradáveis, etc. etc. etc.
Nem sequer é o caso de recusar ou fugir da queca. Nem com o actual papel do homem no lar. É que já não sabe tão bem como sabia, já não existe a mesma magia, o mesmo encanto, e, principalmente, já não há espontaneidade. Para eles como para elas.
Os homens então vão às p.t.s. Calor que vão, e nem sequer o fazem para uma qualquer fantasia estranha. Vão apenas para dar uma queca - ponto final. Sem stresses, sem palmadinhas nas mãos irrequietas, sem pedinchar... É um verdadeiro vini, vidi, vici.
Já as mulheres, vão "comer fora" porque precisam de comer, mas não o fazem em casa nem que seja porque o agora corno não ajuda nas lides domésticas. Pergunto eu: e esses gajos, ajudam? Seja qual for a desculpa, o "eventual" substitui o "certo" naquilo que este não faz? ou é melhor?
Quanto às sex-shops, bom, parece que cada um(a) procura o que lhe dá gozo ou ajuda a atingi-lo, não?


Puss @ 16:05

Qui, 02/10/08

 

Caro miguel deixe-me dizer o seguinte:

...Ja conheci homens que nao tomam iniciativa absolutamente nenhuma.....vou sublinhas que ja conheci dos dois tipos para n pensarem q sou eu q tenho qqer problema:P......mas eles tb existem....alias...houve alturas em q me senti uma autentica "p...." a pedinchar por sexo como se precisasse dakilo pa pagar as contas da luz........e o pior e que da a sensaçao q qto mais pedinchamos mais o respectivo se esconde na carapaça.......so para teres ideia....ate fiz o teste de ver qto tempo levava ate ele tomar a iniciativa, sem lhe sugerir nada.....e ca para mim acho q ia esperar o resto da minha vida......ou entao so em noites de lua cheia.

Miguel @ 17:35

Sex, 03/10/08

 

A TNT no posto e a PUSS no comentário defendem o ponto de vista feminino, e, em qualquer caso, com base na experiência que têm ou em casos que conhecem.
Eu comento numa base semelhante, só que, se não levarem a mal, defendo o meu próprio potno de vista, mais do que o masculino em geral.
E tenho a certeza absoluta de que:
- a maioria das mulheres não procura o marido para sexo mais vezes do que eles as procuram,
- as mulheres das sondagens queixam-se da falta de sexo pelas exactas razões que eu apontei (e aqui apenas me refiro á quantidade), ou seja, como não o procuram e eles desistem de pedinchar, elas deixam de ter sexo,
- a esmagadora maioria dos homens não recusa sexo que lhe é oferecido pela dita cuja respectiva, salvo em raríssimas ocasiões e sempre com poderosas razões, e
- há mulheres que podem dizer de alguns homens aquilo que eu delas agora disse.

Sempre sem perder de vista a margem de erro da generalização.

tás a gozar @ 08:29

Qui, 27/11/08

 

´SO PODES TAR A GOZAR NÃO....TÃO GOSTAS DE MERDA PAH,,,,,

Kika @ 10:58

Sex, 10/10/08

 

AHAHAH - meu caro, fale por si e com a mulher q tem em casa. Essa d a mulher "castigar" o homem c falta d sexo nunca percebi. Afinal tb não s castiga a ela mesmo...? E s anda a mendigar sexo, desconfie...

Miguel @ 13:59

Sex, 10/10/08

 

Perdoa-lhe, Deus, porque ela não sabe do que fala.
Kika, quando a li veio-me um ligeiro odor a cueiros.
Só assim se explicad que ainda haja uma mulher neste mundo que ignore que a abstinência sexual como forma d'a mulher castigar o homem é uma prática corrente. Nunca me ouvirão dizer que é racional, mas que a praticam, praticam.
E sim, os homens pedincham sexo às respectivas mulheres. Afinal, por muito calados que sejam quanto a manifestações de amor, a verdade é que casamos com a eleita do nosso coração, e é com ela que, em primeiro lugar, queremos fazer o que há de bom nesta vida.
Mas nem eles as castigam com a abstinência, seja por estarem quase sempre dispostos seja por recearem os enfeites, nem elas pedincham, porque se houver um marido que lhes negue sexo, leva, quase certo, com um volumoso par de cabides (é apenas mais um sinal dos tempos).

Kika @ 14:33

Seg, 13/10/08

 

Caro Miguel, parece m que não fui suficientemente clara. Qdo quis dizer q nunca percebi a prática da mulher castigar o homem c falta de sexo, não disse por isso q desconhecia, disse q nunca percebi, porque s isso assim acontece é porque a mulher até dispensa o sexo com o marido. Estou casada há 11 anos e isso nunca aconteceu lá em casa. Esclarecido..? Mas é claro, q cada ser humano é um mundo, e cada cabeça...


Puss @ 14:58

Qui, 02/10/08

 

.......pois......eu considero-me uma pessoa mto sexual. O desejo vira sexo, o amor vira sexo, o carinho vira sexo, o stress vira sexo.....eu ate preciso de sexo antes de me conseguir concentrar em qqer outro tipo de tarefa....e assino sob " qto mais sexo tiver mais quero ter". Mas, sou boa pessoa:).....sexo , so com um parceiro :)....Agora, o que me entristece seriamente e por exemplo:

- uma pessoa trabalha que nem um cao durante a semana, as vezes so tem 5 mn para o respectivo nos dias de semana, as vezes n ha tempo po motel, a casa n ta disponivel, ainda ha mta luz pa se fazer no carro etc........e pronto.....não ha possibilidade de consumar o facto....mas caramba.....mostrar desejo tb e importante. Entristece-me q a outra pessoa n mostre desejo, saudade, vontade de ter as maos sempre ocupadas cmg:p......ainda por cima no inicio da relaçao......Leva-me a pensar que, ou ele n me acha compativel com ele e perdeu interesse sexual em mim, ou entao que ha outra........e eu sou apenas a namoradamelhoramiga......


Puss @ 15:02

Qui, 02/10/08

 

Deixem acrescentar ao meu comentario anterior: como mulher super romantica q sou, teria algumas dificuldades em abandonar o meu parceiro so pq ele n tem as mesmas necessidades q eu......mas entendo perfeitamente os homens qdo procuram fora de casa aquilo que n tem dentro de casa.....pq a mim tb me passaria pela cabeça uma coisa dessas......

AnónimA @ 16:00

Qui, 02/10/08

 

Claro que após o casamento as coisas esfriam um bocadinho, mas deviam ficar mornas... e não frias. Os joguinhos, brincadeiras, os 'nãos' que significam 'sims' e todas essas coisas deveriam ter o seu lugar!

E não acredito, seriamente, que se existe/existiu amor, deixe de existir só porque agora já não se desejem tanto... Há sempre uma ou outra maneira de atiçar novamente o fogo... e isso diz respeito a nós mulheres que temos um maior dom de sedução. Sex shops ou o que quer que seja pode ajudar, desde que não se recorra ao sexo pago.. Queca, podem-lhe chamar, mas para mim é traição à mesma!

Se não se tem o que se quer em casa, conversa-se com o/a parceiro/a! Que se chegue à zanga se assim for necessário e, de preferência, que se façam as pazes :)


Puss @ 18:10

Qui, 02/10/08

 

...E depois entramos na rotina......e preciso discussoes para ter sexo...lol.........sim e obvio q as pessoas devem conversar e tentar resolver o problema com medicamentos se for o caso, ou cirurgias ou o q for......mas qdo o problema e so mesmo falta de malagueta.........a coisa fica preta:p

Miguel @ 17:41

Sex, 03/10/08

 

Cara AnónimA, sexo fora do casamento ou duma relação estável é, para mim, sempre uma traição, seja que nome for que lhe queiram dar.
Mas, pergunto eu, já alguma vez afastaste o teu homem quando ele queria dar uma?
Se sim, explicaste porquê?
Acredito que já tenhas recusado, mas não acredito que explicasses. Mesmo que ele perguntasse. De certeza que, se algo disseste para justificar, foi qualquer coisa que nada tinha a haver com a verdadeira razão.
Estarei enganado? Mesmo enganado, a sério?

Alentejano @ 16:20

Qui, 02/10/08

 

O Miguel e a Puss disseram tudo sobre este assunto.

Quanto ao post em si, dúvido que se tenha informado do que quer que seja.......

Anónimo @ 17:25

Qui, 02/10/08

 

Não é por acaso que se fala da profissão mais velha do mundo...porque é sempre melhor fazermos primeiro do que "os outros o façam por nós primeiro" e aqui, sei que estamos de acordo.


brunomiguelqueiros @ 00:22

Sex, 03/10/08

 

Sem dúvida que o Miguel já disse quase tudo. Penso que na maioria, as mulheres "desligam-se" um bocado, e os homens, claro, cansam-se de pedinchar. Ainda há dias li um artigo em que dizia, que os homens precisam e procuram mais sexo do que as mulheres (na maioria!), e que as mulheres são capazes de passar mais tempo sem sexo do que um homem.

Agora, pelo que eu vejo aqui, mulheres a pedir sexo e os homens a negarem? Que raio de homens foram vocês escolher? Sexo é uma função fisiológica, necessária em quantidade e qualidade como o dormir, comer, etc.


Puss @ 16:19

Sex, 03/10/08

 

e eu pergunto, que raio de mulheres vao voces escolher??????????? Ha mtos casos assim, mesmo biologicos, e ate existe tratamento para isso, para homens e mulheres. Depois ha outros casos que não se resolvem com medicaçao mas sim com conversa ou entao com o fim da relaçao. Quando a paixao acaba, o sexo acaba. Alias antes de pensar em qqer problema biologico eu pergunto-me se o respectivo entrou na fase de eu ser mto amiga e pouco amante....porque eu mesma ja passei pela situaçao dede deixar de estar apaixonada, gostar imenso da pessoa mas ja nao conseguir ter esse genero de intimidades com ela. Muitas vezes simplesmente pq o sexo nao superava as minhas expectativas:p.....e assim amigos....da pos dois lados.....seria bom pensarem q se a vossa respectiva não quer cama, entao e pq ou ja não esta apaixonada, ou entao voces não sao assim tao bons ( sublinho q isto da para os dois lados )........Afinal, o sexo é o termometro da relaçao:)

Miguel @ 17:47

Sex, 03/10/08

 

As expectativas são tramadas, não são?
Aqui vai uma verdade absoluta, que não admite contradição: qualquer homem aumenta ou diminui exponencialmente a qualidade da perfomance sexual conforme a quantidade de vezes é mais alta ou mais baixa. Ou seja, o treino e a quantidade levam à qualidade. A abstinência faz com que, sempre que volta a acontecer, tudo acabe mais depressa do que seria desejável para ambas as partes. E nenhum homem gosta disso. Tal como vós.


brunomiguelqueiros @ 18:00

Sab, 04/10/08

 

Mas qual tratamento? É como tu dizes, se o homem ou a mulher não demonstram interesse, é porque algo desapareceu, em muitas das relações o desejo sexual desaparece e é substituído por um sentimento de comodismo e habituação. Mas uma coisa te digo a nível muito pessoal, com interesse ou não, nunca negaria fogo!


TNT @ 17:16

Sex, 03/10/08

 

Devo dizer que não aceitei um comentário do Luís Miguel Silva, pois compara as mulheres com vacas e neste blog, esse tipo de considerações não são publicadas.

Tété @ 10:39

Qua, 08/10/08

 

TNT
Fizeste mt bem em não publicar! esse senhor deve ser daqueles machistas frustrados que acha que uma mulher que pensa ter direito ao prazer do sexo, é uma vaca, que isso é coisa de homens e p....!
Além de que, quem não gosta de ler...pode passar à frente e ir andando.
Bjs

mariarabodesaia @ 17:50

Sex, 03/10/08

 

Concordo contigo!
Acho que a mulher carrega sempre a culpa, dela própria que é intrinseca e depois aquela que fazem com que ela a carregue.
Não ha dúvida que os homens são malabaristas em desculpas em descartarem-se das responsabilidades... e mesmo em casos de traição fazem muitas vezes com que as mulheres os desculpem... e porque conseguem tão bem? porque simplesmente colocam o seu ar mais desgraçado e infelizes da vida...e chapam a 7... "sim, trai-te porque não me das atenção! Porque nao fazemos amor "
e a mulher engole e carrega ainda mais culpa por isso.
Isto provavelmente sofrerá um volte-face... mas até lá....


http://mariarabodesaia.blogspot.com


Casper @ 20:59

Sex, 03/10/08

 

Bem, depois dos posts anteriores, pouco terei a acrescentar. Contudo, complemento esta discussão com alguns pontos de vista e aproveito para comentar algumas afirmações. Como já aqui foi dito, após o casamento, a chama da paixão diminui e é natural que o interesse se perca ligeiramente. E depois vêm os problemas relacionados com o trabalho, os filhos e a Euribor sempre a juntar-se à “festa”.

Alem disso, tanto os homens como as mulheres têm a tendência para desleixar-se depois do casamento, descurando a sua aparência física e consequentemente, reforçam a perda de interesse.
É lógico que uma pessoa perde o interesse quando sente que a outra parte deixou de cuidar da sua própria imagem. Falando no caso dos homens, como somos seres muito visuais, ficamos com menos vontade quando sentimos que houve uma transformação física desfavorável na aparência física da mulher.

“Justificar a busca de prostitutas com a ausência de interesse por parte da mulher”
Sentimentos à parte, o homem tem que descarregar. Isso pode ser feito em modo automático ou em modo manual. Se a mulher não o ajuda nessa missão, ele tem que recorrer à mão… ou em alternativa às prostitutas
Não querendo justificar ou apoiar o recurso a prostitutas, os homens que recorrem a prostitutas vão apenas em busca de sexo. Apenas isso. E sinceramente, não acredito que elas finjam que gostam, mesmo sendo pagas. Já no caso das mulheres, duvido que haja muitas mulheres capazes de ir para a cama com um homem sem o conhecer primeiro. Isto vem reforçar a ideia de que o homem trai por sexo; a mulher por amor. Mas isto dava uma longa conversa.

“São as mulheres que se lembram de ir para o motel x, são elas que compram a lingerie sexy”
Pois o motel é engraçado na primeira vez, á segunda já não tem piada. Quanto à lingerie, as mulheres estão normalmente mais interessadas na marca da lingerie do que propriamente na lingerie em si. E além disso, compram sempre o mesmo – cuecas e soutiens. Esqueçam as marcas, as cuecas e os soutiens. Entrem nas lojas dos chineses e comprem vestidos, tops, mini-saias… de preferência, o mais justo possível ao corpo. Comprem uma t-shirt branca da pior qualidade, vistam-na e espalhem água por cima.
E depois gostava de ver se os vossos maridos não teriam vontade de vos…

Por último, também concordo com o BrunoMiguelQueirós – mulheres a pedir sexo e os homens a negarem? Em que planeta? Cara amigas, lamento informá-las mas os vossos companheiros são extra-terrestres.

P.S.- Aquela da “sarapitola com as revistas e filmes” está demais :-)

Este blog é o máximo

Miguel @ 13:49

Seg, 06/10/08

 

Caro Casper, lamento contradizer-te, e talvez assustar-te, mas tenho observado que cada vez mais são as mulheres a trair apenas pela cambalhota em si, pelo sexo puro e duro, em que até fazem com quase estranhos o que aos seus companheiros sempre negaram.
Mais: nesta altura, em pleno século XXI, há mais homens do que mulheres a terem uma relação extraconjugal essencialmente à procura de carinho e ternura (claro que com algum sexo à mistura).
Sinais dos tempos. Tanto mais que se está a assistir a um aumento incrível de bi-sexuais, com predominância de mulheres mas também já com muitos gajos, uns e outros, ao que parece, desencantados com a dita "normalidade".


Puss @ 17:15

Seg, 06/10/08

 

Fez-se luz........lol

Casper @ 00:18

Ter, 07/10/08

 

Sim, poderei estar errado quando afirmei que os homens traem por sexo e as mulheres fazem-no por amor. Só acho que, em comparação com os homens, ainda não há muitas mulheres que recorram aos serviços de prostitutos. De qualquer forma e reforçando a minha ideia, ainda acredito que há poucas mulheres que sejam capazes de ir para a cama com um homem sem primeiro saber o nome dele.

Mas não concordo que haja mais homens do que mulheres a terem uma relação extraconjugal essencialmente à procura de carinho e ternura. Há naturalmente homens que procuram carinho e ternura. Agora, não creio que haja mais homens do que mulheres orientados para essa busca.

Quanto às novas tendências sexuais, na minha opinião, sempre houve bissexuais e não é por estarmos no séc XXI que passou a haver mais. Acho que não podemos falar de um aumento incrível. O que há sim é mais divulgação e mais tolerância e como tal, as pessoas sentem-se mais à vontade para assumir as suas preferências sexuais e realizarem novas experiências. Mas é claro que, cabe a cada um estabelecer os seus próprios limites.

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D