TNT @ 00:01

Seg, 22/09/08

Um amigo confessou-me que a pior coisa que lhe tinha acontecido na vida era ter deixado de ser virgem... What?? Perante o meu espanto, rapidamente se justificou. A partir do momento em que teve sexo sem ser com a Tânia e a Vanessa - as suas queridas e leais mãozinhas -, passou a ter necessidades e desejos que até então desconhecia. E com estes desejos veio a pressão de se obrigar a ter alguém, de ter de engatar, de ter de se dedicar e o diabo a quatro... Embora nunca tivesse visto a coisa por esta perspectiva, não pude deixar de lhe dar razão.

Os homens são muito diferentes das mulheres em termos de desejo sexual.

Para nós, quanto mais tempo de abstinência passarmos, menos nos lembramos que a coisa existe. Aquilo custa um bocado nos primeiros dias, mas depois passa, tipo constipação. Uns cházinhos, umas leituras, mais dois dedos de conversa e assunto resolvido. É que nem nos lembramos! Pelo que sei, para os homens, a coisa passa-se de maneira quase oposta. O tempo passa e o desespero vai tomando conta do território. Nos primeiros dias nem se apercebem, mas à medida que o tempo vai decorrendo, a situação agrava-se, tipo mononucleose. Não há chá que remedeie, nem leitura que atenue! Bem sei que também há homens (poucos) que não ligam nada ao sexo e mulheres (poucas) que não se aguentam à bomboca... mas a verdade é que a generalidade é assim.

O cromossoma Y grita por contacto físico e a testosterona acumula-se até começar a sair por todos os poros. São dominados por algo que não podem controlar e até chego a sentir pena dos desgraçados que pouco ou nada podem fazer para aquilo passar.

Mas não desesperem, porque a Tânia e a Vanessa não vos deixam ficar mal... Mesmo no último momento, quando tudo parece perdido, lá entram elas em acção para a salvação do corpo e da alma.

 

TNT
 




anikin @ 01:38

Seg, 22/09/08

 

Tu até fizeste a ressalva de isto ser "no geral e tal"... mas pronto, eu confesso:

Quando andava em abstinência forçada ficava de tal forma com o cio que trepava pelas paredes, andava no tecto e uivava empoleirado em cima do canto do muro da varanda... e ás tantas já nem era só nas noites de Lua Cheia.

E como apenas utilizava a Vanessa, acabei por ter de ligar o pulso, pois está claro.

Por tanto, quando vires um rapazote de pulso ligado... não faças demasiadas perguntas. Deixa-o sofrer em privado.



TNT @ 14:26

Seg, 22/09/08

 


Muito bom! Vou ficar atenta!

Miguel @ 09:40

Seg, 22/09/08

 

Não há mulheres que "passam bem" sem sexo nem homens que "não aguentam" sem sexo. É daqueles mitos que se têm perpetuado apenas porque fica bem. Assim como fica bem terem atitudes que prolonguem o mito.
De facto, é das coisas mais retrógradas que se podem ouvir. É o mesmo que dizer, como há 100 ou há 150 anos, que "os homens, ao contrário das mulheres, sentem desejo (sexual)".


TNT @ 14:29

Seg, 22/09/08

 

Olha que isto foi quase uma sondagem oficial do INE... bem, nem por isso...
Foi junto de amigas e amigos e a conversa foi consensual. As mulheres que passam algum tempo sem prevaricar "esquecem-se" do assunto. Quando estão activas são mais... como direi... "exigentes" até que os homens.
Eu falei do desejo sexual na ausência da prática.

Miguel @ 17:02

Seg, 22/09/08

 

Nunca notaste que saem muito mais respostas azedas na fase morta das mulheres do que na fase activa? Podem até esquecer que o sexo existe, mas que ficam mais agrestes sem ele, ah isso ficam.
Já os homens que "não aguentam" viver sem ele, baahhh, cambada de falsos. Ninguém gosta da privação, mas fugimos é do excesso, não é da abstinência.
Mais, os homens masturbam-se, muito, mesmo quando estão no activo. Portanto, pode ficar muito bem dizer que não suportam mais um dia sem dar uma, mas é apenas para fazer figura, para ela não pensar que tá morto e esquecido.


antídoto @ 20:01

Seg, 22/09/08

 

Meu amigo, em tudo há excepções e das boas. E não estou a falar de mim.


TNT @ 12:33

Ter, 23/09/08

 

Seja muito bem-vindo! Há quanto tempo!
Eu salvaguardei as excepções mas, como sempre, falo da maioria e não das excepções.

Miguel @ 13:24

Ter, 23/09/08

 

Claro que há excepções. É esse o problema das generalizações.

MartiSSima @ 13:42

Qua, 24/09/08

 

Na minha opinião o ser humano (e não as mulheres ou os homens) tem vontades próprias que mudam ao longo da sua vida, vontades essas que passam também pelo desejo sexual, o qual é, há seculos, reprimido socialmente. A grande culpada desta censura passa, na minha opinião, pela igreja católica, base da nossa sociedade, onde tudo o que dá prazer é considerado pecado, e onde o sexo serve apenas e só para procriar, nem pensar ter qualquer tipo de prazer... ai MEU DEUS que é pecado... Ok eu sei que a maior parte das pessoas da minha geração já não pensam desta forma, mas a mudança deu-se há relativamente pouco tempo, hoje não conheço ninguem da minha geração que pratique sexo apenas com o intuito de procriar, todavia a maior parte das minhas amigas casadas, fizeram-no, incoerentemente, através da igreja católica. Na base da igreja católica está o conceito de casamento, de fidelidade e sobretudo de monogamia que encontramos na nossa sociedade.... talvez esteja a fugir ao tema, mas o que eu queria passar com este 'comentário' é que ainda temos (nós mulheres) uma cassete que nos impingiram gravada no nosso subconsciente que acha que as mulheres passam bem sem sexo e os homens não....


Tiago Barros Rolo @ 09:55

Seg, 22/09/08

 

Deixem-se de tretas, basta olhar para este inquérito a nível internacional:

- Mais consensual é a importância de fazer barulho na cama: o silêncio pode arruinar um encontro sexual para 83 por cento das mulheres e para 79 por cento dos homens.

- As mulheres portugueses querem mais relações sexuais e mais longas que os homens,

- A estimulação de outras zonas do corpo durante o acto sexual é fundamental para 40 % das mulheres atingirem o orgasmo, muito mais que o tamanho (0,88 %) ou a largura do pénis (1,3 %).

Abstinência, qual!!!!!! Só se for mental!!!!!! A Tania e a Vanessa são os vossos maiores recalcamentos!!!! Um Viva a estas!!!!! Pois se não as tivéssemos, seríamos uns paus mandados nas vossas mãos.


TNT @ 14:30

Seg, 22/09/08

 

E assim... não são?


Puss @ 15:54

Seg, 22/09/08

 

Situaçao: uma mulher q e tao ninfo tao ninfo tao ninfo, que mostrando-se sempre tao disponivel para satisfazer o respectivo, ele acaba por perder o impulso sexual de a procurar ....pau mandado???????


TNT @ 15:58

Seg, 22/09/08

 

Ahahahahah!
E não é que eu conheci um caso assim?
Eles nem conseguiam jantar fora porque ela não se aguentava "sossogatita" mais de 30 minutos!
Claro que ele, depois de perder alguns quilos e muita paciência, a mandou às urtigas!
Pensei que esta história era caso único! Afinal...


Puss @ 12:13

Ter, 23/09/08

 

Pois........e não sendo ela ninfo, será possivel um homem ter menos apetite sexual que uma mulher? Estou a falar de casos normais e não daqueles em que ha um defice de uma hormona qualquer para estimular não sei o quê. Haverá homens que simplesmente não dão assim tanta importancia ao sexo? Que preferem o romance e companheirismo, será possivel?


TNT @ 12:23

Ter, 23/09/08

 

Bem sei que são excepções como referi no post. Mas existem! Tenho um amigo que é assim! Eu escangalhava-me a rir com as descrições dele quando falava do assunto. Que lhe dava seca, que era uma trabalheira (ele é muito preguiçoso, mas mesmo muito).
Preferia ir jantar fora, cinema, copos do que estar no bem-bom!
Mas garanto-te que foi o único que me confessou tal coisa. Tal como a história da rapariga que não se aguentava meia-hora, também só tinha conhecimento de um caso. Foi namorada de um amigo e não a conheci com muita pena minha!

Miguel @ 13:33

Ter, 23/09/08

 

Não é "... não dão assim tanta importância ao sexo". O sexo é sempre importante.
Mas sim, há homens que dão mais importância a outros factores, como os que referes, romance e companheirismo, e que deixam que o sexo apenas aconteça quando calhar, de forma natural, já como componente da cumplicidade e não como um objectivo em si.
Há homens tão ou mais românticos do que as mulheres. Sabes distingui-los? São uns a quem vocês também chamam de chatos.

AM @ 10:23

Seg, 22/09/08

 

Lá está... felizmente somos todos muito diferentes uns dos outros.


TNT @ 14:30

Seg, 22/09/08

 

Ainda bem!

possoservossoamigo? @ 10:31

Seg, 22/09/08

 

A humanidade é uma escolha, ou somos donos das nossas tentações/emoções ou elas são donas de nós, excepto quando a situação - leia-se a companheira - exige de nós comportamento animal primário e selvagem! É assim tipo... pescadinha de rabo na boca.


TNT @ 14:31

Seg, 22/09/08

 

No fundo, estamos todos lixados...


Puss @ 12:30

Seg, 22/09/08

 

E dizer que, nos dias q correm, sendo a loucura do dia a dia aquilo q se ve e n sobrando mto tempo para engantes diarios, as pessoas sentem alguma necessidade em entrar numa relaçao ou mesmo prolongar uma que ja ta mais q acabada so para n ficarem sem o docinho. Pq diga-se de passagem, engatar e mto bonito e saudavel, mas eu n tenho vida para andar constantemente nesses passatempos......ahhhhhhhh, como e agradavel ter uma relação estavel:P.......sexo estavel.......e de preferencia estar apaixonado pela outra pessoa :)


TNT @ 14:31

Seg, 22/09/08

 

O ideal...
Mas nem toda a gente o tem...


Puss @ 12:43

Seg, 22/09/08

 

deixem-me acrescentar isto: ate hoje ainda n entendi como e q dizem q ha mulheres que aguentam esse tempo todo sem sexo..........sera que n gostam de tratar do corpo delas? quero com isto dizer que o sexo devia ser visto como o santo graal eheheh. Antidepressivos? cosmetica? ginasio?...............


TNT @ 14:32

Seg, 22/09/08

 

Pintura, macramé, olaria... muito por onde extravasar...

O_Alminhas @ 13:07

Seg, 22/09/08

 

"Masturbar-me é fazer amor com uma pessoa que eu adoro!"
- Woody Allen, "O Herói do ano 2000".


TNT @ 14:32

Seg, 22/09/08

 

Haja uma!


Inocêncio da Silva @ 13:47

Seg, 22/09/08

 

Lá diz o ditado :"Quem não tem maquina, lava a roupa à mão!"


TNT @ 14:33

Seg, 22/09/08

 


E mais nada!

AnónimA @ 17:01

Seg, 22/09/08

 

Tânia e Vanessa VS "enquanto houver mão e dedo..." :D

O_Alminhas @ 19:03

Seg, 22/09/08

 

Eu conhecia era aquele dichote "Enquanto houver língua e dedo, não há mulher que me meta medo"...


TNT @ 19:35

Seg, 22/09/08

 

Então meninos...
Acalmem-se, que eu sou uma senhora de quase 40 ANOS!!!
Faltam só uns diazitos.

mimi @ 12:10

Ter, 23/09/08

 

Se for dia 27 temos que fazer festa...conjunta!:)


TNT @ 12:23

Ter, 23/09/08

 

Dia 25...

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D