TNT @ 00:48

Ter, 08/01/08

Não, não é sobre uma nova série americana passada num qualquer hospital dos States. Tem mesmo que ver com aquilo que as meninas fazem aos meninos, heterossexualmente falando.

O bico, bóbó, alfinete de peito ou etimologicamente, o belo do fellatio, tem aparentemente, muito que se lhe diga. Em conversas com amigos – homens por quem tenho apreço, cultos, educados e interessados - reparo que a coisa é encarada artisticamente, com laivos de quase divindade. Ora, consultando as wannabes, vejo que na maioria das vezes, a coisa é vista como frete. Em deusas do olimpo mais consagradas, a arte volta à conversa.

Constato então que o bico tem idade. Se para os homens, é sempre bom, para as mulheres, a coisa começa a ter interesse lá mais para os trinta – como de resto, quase tudo o que diz respeito a estes assuntos de cama.

E agora pergunto-me eu: como aprender a fazer a coisa convenientemente?

Poderia dizer-vos para verem uns filmaços daqueles cuja capa não tem imagens, com títulos sugestivos tipo “orgias orais” ou “arma frutífera” e outros que agora não me ocorrem... Mas não! Segundo os homens, esta não é a forma de levar a cabo a demanda de “bem oralizar em toda a sela”. Dizem que aquilo é tudo muito à pressa e que é para despachar e que é mais para se ver do que para se sentir, e outras considerações que tais. Então meus amigos, em que é que ficamos?

Na minha opinião, como tudo na vida, para sair bem feito tem de se gostar do que se faz. Como aprender a gostar? Como dizia esse monstro maior da literatura portuguesa sobre um refrigerante “primeiro estranha-se, depois entranha-se” ou ainda, continuando nestas coisas publicitárias das bebibas, “é como a tónica: aprende-se a gostar...”

Conselho para os meninos: tenham paciência com as mais novinhas, dêem-lhes uma ajudinha sem forçar situações, guiem-nas com palavras e não com a mão, e quando apanharem uma mais experiente, desfrutem. Ah, muito importante! Quando a tampa estiver mesmo prestes a saltar, não se esqueçam de avisar o que lá vem... deixem a decisão do grand finale para elas! Capisce?
Conselho para as meninas: tenham paciência que o vosso dia há-de chegar...

TNT



garimpadas @ 05:27

Ter, 08/01/08

 

Isto é mesmo erótico. Tenho sempre a dúvida: è escrito por uma mulher? Com esta leitura a tampa ficamesmo prestes a saltar.


TNT @ 17:15

Ter, 08/01/08

 

Se achas que um homem escreve assim, devias começar a duvidar da tua própria sexualidade!


garimpadas @ 03:11

Qua, 09/01/08

 

Gostava de te dar uma resposta tão criativa como a tua, mas fiquei a falar sozinho...
Fiquei abismado com o teu sábio conselho: "Guiem-nas com palavras e não com a mão".
Sempre tive uma dúvida: quem tem mais prazer: o Homem ou a mulher? Gostaria de saber o que elas sentem quando o pénis as penetra ou quando fazem sexo oral. Sempre tenho reparado que a mulher não agarra o homem com força mas de forma tangencial mais como para se certificar que está comi alguém Estarei errado?.
O sexo oral é do mais sublime que um homem pode ter na vida mas já não me me entusiasma muito o "minete". Prefiro chafurdar por ali sempre agarrando e abocanhando. Tanta conversa para nada. Ainda estou aturdido..


Miguel @ 09:25

Ter, 08/01/08

 

Na verdade, quando bem feito, o felatio é para o homem o que o cunilingus é para a mulher: UMA MARAVILHA.
Mas, estranhamente, como é dito no post, há mulheres que não gostam de o fazer. ponto final. Mas gostam que lhe façam.
Um conselho a todos(as): limpem sempre muito bem o pingo depois de fazer xixi. Tudo muito bem limpinho. Usem o papel higiénico. Só assim evitarão um desenlace estúpido para o que seria um belo momento inesperado. Desenlace esse que terminaria com a perspectiva de amanhã, talvez, quem sabe...


TNT @ 17:33

Ter, 08/01/08

 

Deixa-me que te diga que as coisas não são assim tão lineares...
Acho que há mais consenso entre as preferências dos homens, do que nas das mulheres.

Miguel @ 10:22

Qua, 09/01/08

 

Não serão tão lineares, mas eu apenas estava a generalizar.
No entanto, segundo sei, algumas mulheres, repito, algumas, dizem que não gostam do cunilingus porque durante o mesmo estão a sentir a obrigação de retribuir com um felatio. Obrigação. Xiça punico.
E outras há que não gostam apenas porque não. Elas saberão porquê. Eu, pessoalmente, em relação a estas prefiro ficar na ignorância. Receio que tenha a haver com o asseio. Ou com a falta dele.

eusoutiagorolo @ 10:48

Ter, 08/01/08

 

Je suis contre lo fellatio et à faveur de lo cunnilingus.


Et en parlant de ma personne, j'adore une bonne cunnilingus, y a chose que me donne plaisir est celui-là. J'adore mettre la bouche dans la boîte de pandora, goût de devoir eux tordre, gémir, à deavoir plaisir, j'adore sentir le liquide de venus à mouiller mes labios.
Ne ce pas facile pour beaucoup de femmes pour saisir le dit et de sucer sans cela sentir
quelcan plaisir.

Por isso façam cunnilingus ate vos doer os queixos, assim todo prazer será em triplicado quando tratamos bem uma mulher.



TNT @ 17:18

Ter, 08/01/08

 

Será...?

Maaf @ 10:50

Ter, 08/01/08

 

A ultima descrição que ouvi de um homem foi mais ou menos isto: "É a melhor coisa do mundo... é quente e humido, e perigoso (por causa dos dentes, acho).... é demasiado bom... se tu soubesses como é bom..."


TNT @ 17:21

Ter, 08/01/08

 

Parece-me ser uma boa descrição, pelo que me é dado a saber!


Inocêncio da Silva @ 11:20

Ter, 08/01/08

 

Este conceito não encontrei em nenhum livro de Anatomia, mas tá bem!!!

Como disseste um dia há por aí malta muito mal comida...ou a comer muito mal.
Tudo que possa adiantar algo a tão distinta pratica è de louvar e subscrever, mas deixa que eu deixe mais um ponto em ter em consideração pela navegação cor-de-rosa:
Quando a experiência è limitada e se tenta agradar inovando, convêm ter algum bom senso tendo em consideração a anatomia do órgão propriamente dito.
- Soprar no órgão como se o mesmo fosse um instrumento de sopro não è agradável , pois o ar não tem por onde sair nem tampouco irá aumentar o seu tamanho.
- Morder o desgraçado também não è aconselhável , mesmo que seja essa a vontade. È uma área do nosso corpo muito sensível e intimamente ligada aos nossos maiores anseios mas também aos nossos maiores receios.

E pronto, por aqui me fico...
Resta-me apenas agradecer a quem è de direito por mais uma excelente iniciativa deste este espaço, que além de nos alegrar os dias tem também uma vertente didáctica muito saudável e importante.


TNT @ 17:23

Ter, 08/01/08

 

Mais umas dicas para as meninas mais desatentas....

O_Alminhas @ 16:04

Ter, 08/01/08

 

O Garimpadas tem razão: há um jeito de "Fanny Hill" neste blogue... Hmmmm (desconfiado)...


TNT @ 17:14

Ter, 08/01/08

 

Tou feita com estes gajos!
Querem lá ver agora?!
Mas querem mesmo que eu seja um gajo barbudo com um blog cor-de-rosa? Isso não será um fetiche um bocado à frente?

Miguel @ 10:24

Qua, 09/01/08

 

... ou atrás, depende do que eles gostam, não?!

O_Alminhas @ 13:41

Qua, 09/01/08

 

Já leste o "Fanny Hill"? Se não, começas por perder a mais importante obra erótica em prosa de sempre; em segundo lugar, e apesar de a protagonista ser mulher, e de a autora ser igualmente mulher, o nome desta é um pseudónimo, porque quem o escreveu foi um homem!

Júlio @ 16:21

Ter, 08/01/08

 

Uma amiga minha costuma dizer: "Eu até gosto de fazer a coisa. O problema é o agradecimento dele, que não tem graça nenhuma. E, lá está, é difícil repreender um acto tão nobre como um agradecimento. Por isso, reduzo o mal pela raiz...".

E isso é que nós não queremos!



TNT @ 17:13

Ter, 08/01/08

 

Por isso eu refiro que é melhor avisar que estão prestes a "agradecer"... Assim a menina pode decidir se quer acolher ou declinar subtilmente o "agradecimento"...


cigana @ 23:16

Ter, 08/01/08

 

Pronto, já que estamos numa de "hardcore" e para tirar todas as dúvidas suscitadas, vou fazer a proposta mais arrojada de todas: que tal uma aulinha para o sexo oposto, sobre o que os meninos podem fazer com jeito às meninas?

gomesh @ 14:40

Qua, 09/01/08

 

Uma sugestão muito boa.. eu cá espero para ver se o que penso é correcto....

Flor de Lis @ 20:57

Qua, 09/01/08

 

Tiago... Pourquoi écris-tu en français si tu ne sais pas le faire correctement? Je te conseillle d'écrire en portugais et même là... Tu n'es pas terrible! Salut! Mais, toute façon j'ajoute que j'aime ce que tu aimes!

Cara T.N.T., sobre o assunto em epígrafe deixo um magistral texto de Júlio Machado Vaz...
Intermezzo.
Maria,

Parece que os prosadores lusos se queixam de dificuldades no que à escrita do sexo diz respeito. Problema deles, querida, não sou escritor. E por isso me atrevo a falar deste desejo que só foi obsceno enquanto secreto; e foi-o tempo de mais… O teu ventre. Ao qual não farei a injustiça de chamar liso, seria torná-lo um entre muitos. Recordo a sua doce ondulação, atravessada pela proa matreira e preguiçosa da minha língua, abandonado que foi o porto inundado da tua. Sentir esses olhos cravados no meu navegar entre bosque e montes, os dedos acariciando-me o cabelo em falso abandono, prontos a evitar que vagabundeie por países menos acesos. Descer. Exigir-te a prisão das coxas, antes de fazer desabrochar as margens desse rio, cujo caudal depende tanto do desmaio das tuas barragens como da vigília marota da minha boca. Ficar atento, sem me distanciar milímetro ou fantasia: os rins desprezando o solo, o gemido risonho, o grito abafado. Parar. O teu protesto, que esconde aprovação gulosa. De novo à estrada e aos degraus, até ao espasmo que me deixa maravilhado por te sentir longe, longe e mais perto do que nunca.
Maria, tenho a certeza que o prazer das mulheres é o quebra-cabeças favorito de Deus.
Boa noite.
Júlio Machado Vaz

eusoutiagorolo @ 14:03

Qui, 10/01/08

 

Carissima amiga Flor de Lis:

ola amiga...¡ todo modo añado que me gusta lo que te gusta! Si, pues que yo le gusto hacerlo y tu de tenelo.

Bisu, mon mec

Bruno, The Master @ 23:20

Qua, 09/01/08

 

Ahhhh
Se eu nao menos tivesse lido este post antes... tinha tido mais paciência... mas pronto, fica para a próxima!!!



TNT @ 17:18

Qui, 10/01/08

 

WHAT???

Bruno, The Master @ 17:43

Dom, 13/01/08

 

What, what ??

"Conselho para os meninos: tenham paciência com as mais novinhas, dêem-lhes uma ajudinha sem forçar situações, guiem-nas com palavras e não com a mão, (...)"

era isto que me estava a referir no meu comentário... ora liga la ambos os pontos...


TNT @ 21:04

Dom, 13/01/08

 

Ok, entendido... Agora percebi!
Mas como o teu comentário era "Se eu nao menos tivesse lido este post antes..." não estava completamente perceptível...
Foi apenas uma questão ortográfica... enganadora. A língua portuguesa é muito traiçoeira!

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D