convidado @ 00:08

Qui, 18/05/06

A masculinização do cérebro dá-se ainda durante o desenvolvimento embrionário. Naturalmente, todos sabemos que o que define o sexo é a presença do cromossoma Y, no entanto isso, às vezes, parece não ser suficiente. Na realidade os indivíduos do sexo masculino possuem circuitos nervosos típicos do seu género (wathever that means). A formação destes circuitos tipicamente masculinos ocorre por acção de hormonas (mais precisamente, o estradiol, uma hormona feminina. Roam-se... hihi hi). Pode-se dizer, então, que na nossa formação de base somos todos fémeas, e só mais tarde se dá a masculinização (o mesmo acontece com os órgãos sexuais, que se formam a partir da mesma estrutura).

Dada a explicação neurobiológica necessária, vamos ao que interessa. Isto parece não ser suficiente para fazer um macho!

Pois é, meus caros, não basta tê-los, há que os ter no sítio; não basta usá-los, há que usá-los com gosto e sabedoria. A saber, o macho que não chora com o amigo, que não lava a loiça e não passa a ferro, que não vai ao supermercado ou à loja de conveniência comprar tampões à namorada, que não muda a fralda e não se levanta durante a noite para dar biberon, que não usa preservativo porque é coisa de maricas e nunca recebeu “queixas”, já era!! Actualizem-se, façam um “upgrade”... é que as mulheres já o fizeram e não gostam de trogloditas de uso doméstico, que não servem para nada.

As mulheres aprenderam a mudar o óleo do carro, conduzem a máquina lá de casa (e não precisam de provar nada a ninguém na ponte Vasco da Gama, ao sábado à noite), gostam de futebol (não pelas mesmas razões, é claro!), bebem cerveja (não me consigo lembrar de mais coisas tipicamente masculinas...), conquistaram a independência, são seguras, inteligentes, lutadoras e querem Homens, não machos!

Queremos um homem... (ok, ok, algumas querem vários) que caminhe ao nosso lado, que não tenha medo de chorar e de mostrar o que sente, que não meça o seu desempenho em quantidade, que seja suficientemente seguro  para não ferir o seu orgulho masculino por colaborar nas tarefas domésticas, e que entendam, de uma vez por todas que NÃO GOSTAMOS DE MACHÕES!

E não é um pedido, entenda-se... 

Betty Boob


Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D