tsetse @ 00:30

Qua, 05/12/07

Dizia-me um amigo que havia uma rapariga a aborrecê-lo com várias declarações amorosas por sms e e-mail e que até já estava a perder o respeito por ela, que ela não devia ter amor próprio, etc. Ora como ele até lhe dava corda e chegou a ter um envolvimento com ela, eu comecei a ponderar porque é que aquelas declarações inofensivas o importunavam tanto. Até porque tenho várias amigas que recebem declarações muito mais bombásticas em situações semelhantes e raramente se queixam.

Antes de concluir precipitadamente que os homens não gostam de grandes atenções românticas, decidi fazer um inquérito sobre o assunto. Depois de colocar a questão a vários amigos, a conclusão foi: os homens gostam e até alinham neste tipo de provas de amor quando... (e este é o ponto mais importante da questão) ...quando estão muito interessados e encantados por elas. Não basta gostar da companhia, da atenção ou do aspecto dela. Têm que estar realmente e completamente interessados por elas. E, pelos vistos, isso muda tudo.

A minha questão passou a ser: então, porque é que estes homens continuam a sair com elas ou a manter a questão em aberto (vulgo, não chove nem molha), quando não estão assim tão interessados?

Pelo que tenho visto, há várias razões:
1. porque ela é muito bonita e eles valorizam muito esse facto;
2. porque não há mais ninguém naquele momento e sempre vão passando o tempo;
3. porque gostam do estilo de vida delas e lhes parece uma atitude acertada associarem-se ao mesmo;
4. porque estão mesmo a precisar de atenção;
5. porque ela até tem casa e dá jeito;
6. porque acham que não vão arranjar melhor;
7. ou tudo isto e mais alguma coisa.

Não vos parece um pouco egoísta? Para seu bel prazer, ter um envolvimento ou dar esperanças a quem não conseguem dar o seu melhor?

Tsetse


eusoutiagorolo @ 10:52

Qua, 05/12/07

 

Quando vejo pelo prisma do não chove nem molha...


Será que não podemos pura e simplesmente gostar da companhia, onde ambas as partes desfrutem do melhor quer na vertical quer na horizontal.
Será que é descabido que em vez de ser uma rapidinha de uma noite, ser de 30, 60, 90 noites.
Será que elas ou eles não se apercebem que não será mais de que um encanto momentaneo com prazo de expiração.
Será que se eu dissesse que já disse a uma ela que não nutria nenhum sentimento por ela tão friamente como o estou a dizer aqui, essa mesma disse que não fazia mal que o amor dela chegava para os dois.
Será que das vezes que estive com elas do meu local de trabalho, eu e elas não sabiamos que a coisa não tinha pernas para andar, simplesmente foram coisas do momento, uma unica vez, um unico motivo, um unico sentimento, fechado naquele momento.
Enfim:
Acredito que por mais fugaz que a coisa seja, vivo-a com toda a intensidade, por outro lado acredito tambem que esta maneira de estar, possa confundir algumas almas, que depois nos ponham em situaçoes de "nao chove nem molha".
Em jeito de brincadeira:
1- ele tem um carro onde a princesa pode sentar o seu real traseiro sem beliscar a sua imagem.
2- há mais de tres elas interessadas num ele.
3- anda com todas, mas a do momento é sempre a que se acha mais especial.
4- se ele tiver muito pilim, que se lixe o amor, o bom é ter vida de TIA.
etc.

htsousa @ 11:34

Qua, 05/12/07

 

Se por dar esperanças se entende enganar, não ser claro no que se sente, concordo que é egoísmo e falta de carácter!

Mas o texto que escreveste poderia ter sido aplicado às mulheres também. Fazem exactamente o mesmo, talvez com maior frequência!

Beijinhos.


tsetse @ 13:57

Qua, 05/12/07

 

A qual parte do texto te referes? Se for a de protelar a relação, concordo... Se for a parte de perder o respeito e paciência para as declarações amorosas, não concordo...


Inocêncio da Silva @ 12:53

Qua, 05/12/07

 

...e até parece que não existe a mesma versão em rosa???


tsetse @ 13:58

Qua, 05/12/07

 

A principal diferença está na forma como as pessoas reagem quando estão a protelar uma situação.

O que eu tenho reparado é que, no caso dos homens, a tolerância a comportamentos apaixonados muda radicalmente, conforme o seu estado de enamoramento...

Bu @ 14:06

Qua, 05/12/07

 

Assim se percebe porque nós mulheres somos mais emocionais e eles mais racionais...
Infelizmente, parece que é tudo uma questão de interesses.


evasao @ 14:56

Qua, 05/12/07

 

Todos e todas sem excepção em um ou outro momento, não reconhecem um "fora". Por muito frios, por muito quentes, por muito distantes, muito próximos, racionais ou emotivos que se façam/sejam, há sempre um momento, em que por cegueira de amor/encantamento, pura estupidez ou inexperiência, não nos apercebemos que a outra parte já não está nem aí - em alguns casos nunca esteve.

Talvez seja responsabilidade daquele que lá não está, demonstrá-lo de uma forma mais viva - mas no fundo bastas vezes isso alimenta-lhe o ego. E nisto parece-me que quer homens quer mulheres somos iguais - precisamos que nos alimentem o ego.

Parece-me então que o mal (se assim se pode chamar) não radica na condição masculina, mas sim na condição humana - na imperfeita condição humana.

Confesso que já eu cometi o pecado de deixar durar mais tempo do que o necessário algumas relações, por variadas razões, não é por isso no entanto que me sinto uma mulher pior que as outras - nem melhor. Sou apenas eu, com os meus defeitos e virtudes, com as minhas insuficiências e atractivos. Já fui vítima, já fui 'vitimizadora'. E parece-me que assim é com todas e todos.


cigana @ 18:50

Qua, 05/12/07

 

E para lá de todas as razões egoístas, eles empenham-se em dar o seu melhor durante quanto tempo?...


tsetse @ 18:57

Qua, 05/12/07

 

Enquanto o encanto dura...

Já dizia a mãe de uma amiga minha: "Nunca te cases. Troca de namorado de 5 em 5 anos, que depois disso eles não nos ligam nenhuma".

Só acho que ela exagerou no tempo...


ruben @ 11:15

Qui, 06/12/07

 

bolas que esse conselho é mesmo bom, por acaso gostava de conhecer a senhora em questão para ela me dar uns conselhos preciosos desses

ruben @ 19:34

Qua, 05/12/07

 

8. porque ela é casada!!!!

Bruno, The Master @ 22:54

Qua, 05/12/07

 

Mas... estas a querer insisnuar que isso apenas acontece do lado do homem?
é que conheço N mulheres que tambem nem atam, nem desatam...

Contudo, acho que em ambos os casos é algo para "esfregar" o ego...


tsetse @ 01:11

Qui, 06/12/07

 

Eu não disse que não havia mulheres que não atam nem desatam... Até porque não é essa a minha opinião.

O que eu disse que acontece mais frequentemente com homens é queixarem-se de manifestações de enamoramento, quando estão a dar trela a uma pessoa de quem não gostam assim tanto.

E, se não gostam assim tanto dela e não valorizam a sua paixão, ficando até desiludidos e irritados com a situação, parece-me estranho que continuem...

Bruno, The Master @ 23:12

Qui, 06/12/07

 

once again...
os homens até poderão fazer mais alarido, mas as mulheres conseguem manter este "relacionamento" muito mais tempo que nós...


anikin @ 23:37

Qua, 05/12/07

 

Querida TseTse,

Se trocares o "ele" por "ela" e o "ela" por "ele", já vi esse filme uma carrada de vezes com requintes de malvadez...

...inclusive o de ela o trocar porque apareceu outro com um carro melhor e casa em Cascais. Topas?



ruben @ 01:12

Qui, 06/12/07

 

filme mais visto de sempre, mas também só fica agarrado/a quem quer!!!! por vezes a separação é dificil e prolongada mas com determinação tudo é possivel.


tsetse @ 01:19

Qui, 06/12/07

 

Sim, também há muitas mulheres interesseiras... E delas, quero distância...

Mas não é só disso que fala o texto e tenho tentado explicar melhor a ideia nas respostas aos outros comentários.

Já nem sei que mais hei de dizer...


ruben @ 11:11

Qui, 06/12/07

 

nada melhor do que a internet para manter as distancias...

next @ 11:58

Qui, 06/12/07

 

Não saber ou não conseguir se fazer entender é normal quando o texto original aborda duas questões (sob meu ponto de vista claro).

Primeiro a essência do texto é sobre o drama de receber mensagem carinhosas quando o que existe é uma relação temporária.

Mas depois ao tentar perceber o porque disso, o texto passa a abordar o porque dos homens manterem estas relações temporárias eternizadas e aí tanto é igual para os homens como para as mulheres, como alguém muito bem aqui disse, é condição humana.

gomesh @ 13:18

Qui, 06/12/07

 

A tua descirção faz de facto sentido se pensarmos no homem "tradicional" - on de a mulher é vista ou como troféu ou como doméstica - por aquilo que leio e entendo de ti acredito que seja dificil de entender... porque nem eu concordo com essa maneira de viver De facto podemos encontrar também mulheres interesseiras, mas é uma caracteristica um pouco mais masculina. Mas... ao mesmo tempo... parece-me que te rodeias de homens que não têm muito a ver contigo...muito antiquados mesmo se ainda pensam dessa forma...

Allie @ 14:36

Qui, 06/12/07

 

Tsetse

A minha experiência diz-me que eles deixam andar por todos esses motivos, um de cada vez ou todos juntos, tanto faz. A minha opinião, claro, é que se ele dissesse de forma franca e honesta que não está interessado nela, ela deixava de lhe ligar. Simples. Básico. E um sonho que salvo raras excepções nunca se tornará verdade.

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D