tsetse @ 01:10

Ter, 23/10/07

Há comportamentos muito masculinos que ainda hoje se esperam do verdadeiro macho que é macho. Citando alguns:
- Dizer que toleram bem o picante, comendo malaguetas, piri-piri e gindungo a torto e a direito. Podem até ficar com ar de quem está na sauna, mas aguentam-se que é um mimo;
- Gostar de fazer grelhados. Deve trazer-lhes reminiscências da Idade do Fogo;
- Beber cerveja pela garrafa, quando estão com os amigos;
- Chamar a atenção para a sua barba rija, quando a têm. De preferência, com muito orgulho, como se ela fosse a prova do seu elevado grau de masculinidade;
- Dizer que não gostam de filmes franceses ou da língua francesa, por ser muito abichanada;
- Dizer asneiras quando estão a ver futebol e fingirem que são os maiores especialistas da área;
- Dizer que, se tiverem uma filha, vão comprar uma espingarda para afugentar os pretendentes e que só a vão deixar sair de casa depois dos 35 para ir ao cinema (e, de preferência, para ir à matinée);

Estes são uma espécie de "mínimo denominador comum", espectável para ser aceite entre os seus e raramente se encontra um exemplar que não cumpra orgulhosamente pelo menos metade destas premissas. Isto já para não falar daqueles mais radicais que cospem para o chão e andam de palito na boca...

A minha dúvida é: será que eles são assim por vontade própria ou sentem-se obrigados a ser assim? É que até já os estou a imaginar na sua adolescência a forçar uma malagueta garganta abaixo, com as lágrimas à mistura, só porque tem que ser assim...




AlfmaniaK @ 02:03

Ter, 23/10/07

 

Posso estar enganado, mas parece-me que a data do post (lá em cima) tem uma discrepância de 36 anos!...


tsetse @ 12:06

Ter, 23/10/07

 

Então Alfmaniak, vais me convencer que a maioria dos teus amigos não gostam de picante, fazer grelhados, beber cerveja pela garrafa, etc?



Todos os exemplos dados são reais e de pessoas com menos de 36 anos...


AlfmaniaK @ 14:12

Ter, 23/10/07

 

Posso estar enganado, mas parece-me que o teu comentário ao meu, tem uma discrepância de realidades!... e que tal rever esse círculo de amigos!?

Em jeito de quem nada tem para fazer, hoje comento: Sim tenho amigos que correspondem a alguns desses pontos, no entanto, nenhum os reconhece ou faz entender que assim é, porque é macho. Ou, por outras palavras, tenho amigos que não correspondem e nenhum desses itens e não são menos homens por isso, nem faz deles gays ou panascas.

Se eu quisesse fazer uma lista de características do macho que é macho, do séc XXI, tipo nos dias que correm, apostava mais em tipo de carro e cilindrada que desejam conduzir ou já conduzem, nº de pitas (idiotas) que papam por fim-de-semana, nº de trintonas que papam por ano, horas que "investe" em ginásios, e outras coisas tão de homem (diriam alguns), como de abichanado (diriam outros)...

No meio disto tudo pergunto-me como é que escapou a unha do mindinho, o ser sócio do S.L.B., e a capacidade inata de resolver pequenas questões com porrada a sério, tão típica do verdadeiro homem macho que reconheces... enfim, e não! Não haja paciência!
Para disparates não há paciência!...

Sinto-me:Cansado!

Anónimo @ 08:12

Seg, 29/10/07

 

Citando... "e raramente se encontra um exemplar que não cumpra orgulhosamente pelo menos metade destas premissas".

Parece-me que nesse caso, se é "raramente"... deveria ter perguntado ao Alfmaniak se ele não faz "pelo menos metade" desses comportamentos e não se os amigos dele o fazem ;)

E já agora, eu não faço/tenho um único comportamento desses. Já são dois casos raros...

Cumprimentos.

Fá @ 09:46

Ter, 23/10/07

 

Arrotar, enquanto "massajam" a proeminente barriga de cerveja.. iak ...nojo!!!


tsetse @ 12:07

Ter, 23/10/07

 

Eheh, muito mau... Mas isso já me parece coisa mais rara...

eusoutiagorolo @ 10:51

Ter, 23/10/07

 

A Vontade:

Na minha opiniao é uma in/formação incosciente que passa de pais para filhos. Agora, não é um exclusivo dos homens, as mulheres já sao educadas assim, basta olhar a ida delas para a tropa, "já lhes aborrecia as barbies" e "a aprendizagem das lides domesticas".

A vontade de uma fémea:

- cortar na casaca a torto e a direito, principalmente das amigas

- ter comportamentos invejosos sobre o guarda fatos das amigas

- ter dinheiro para todas as semanas irem arranjar o cabelo

- quando uma amiga tem uma discussao com o companheiro, dizer sempre "ele tem outra"

- Nao cozinhar, comprar no takeaway mais proximo, ou entao se no trabalho tiverem cantina, aproveitarem para trazer 2 doses para a janta

- Fingirem que nao percebem de futebol, mas de manha no caminho casa/ trabalho ouvirem a RR com as ultimas de futebol

A minha duvida é: serao lobas vestidas de cordeiro.
Nestes ultimod 30 anos as mulheres tem nascido com mais hormonas do que estrogenio. Será que, mais uma geração e serão assexuadas?????????????????????????????

flor de lis @ 11:47

Ter, 23/10/07

 

Não gosto de etiquetas e generalizações... Conheço muito homem que não encaixa na descrição, graças a Deus...
Sou uma fêmea que não corta nas amigas, se o fizesse não seria sua amiga; não tenho inveja do guarda-fatos das minhas amigas... o que tenho no meu fica-me tão bem, apesar de ser modesto; Não arranjo o cabelo todas as semanas! Não tenho pachorra nem dinheiro; gosto de cozinhar, mas tb gosot de jantar fora... especialmente com boa companhia!
Ó Tiago com quem tens andado enrolado ?

eusoutiagorolo @ 14:24

Ter, 23/10/07

 

......gosto de uma mulher que saiba cozinhar......sou do norte......


alexandraspo @ 11:41

Qua, 24/10/07

 

Se calhar tens que te enrolar mais .....e deixar a cozinha para quem de facto percebe disso....


eusoutiagorolo @ 12:34

Qua, 24/10/07

 

Ola Alexandra:


Queria começar por dizer, que apesar de nos conhecer-mos, nunca pouparei a criticas aos teus comentarios.
Dito isto, sabes que sou uma lapa no que diz respeito a comer, e realmente não há nada como comer na casa dos outros, é pena que tu e o teu marido não me convidem mais vezes, eu até como pouquinho.
Enrolar, se calhar não é mentira nenhuma, precisava de me enrolar mais, mas o cardapio é tão fraquinho.....amiga da-me uma ajuda!!!!!
Se calhar não é boa ideia...hummmmm......será que sou muito selectivo......hummmm.......

eusoutiagorolo @ 14:38

Ter, 23/10/07

 

Enrolado.....

realmente as mulheres tem uma capacidade unica de saber enrolar os homens, o melhor é que voces nao se apercebem que o fazemos de forma consciente porque é uma maneira bem discreta de vos controlar e é tao bom ouvir no fim dizerem....afinal tinhas razão......e melhor ainda ouvi-las a utilizarem as nossas deixas.....é musica para os meus ouvidos......por falar em musica......nao sou boa companhia, mas gosto tb de jantar fora com ou sem companhia.....

eusoutiagorolo @ 15:03

Ter, 23/10/07

 

Flor de Lis........

Na Índia antiga, simbolizava a vida e a ressurreição....espero que não estejas a renascer das cinzas.......as três pétalas da flor de lis relembram-te tres coisas....amar, respeitar e admirar um homem......É uma planta bonita e muito sensível, que se reproduz por bolbos.....espero que não te reproduzas por bolbos.....Deve receber regas espaçadas, sem permitir que seu solo permaneça seco, porém as regas devem ser intensificadas quando houver flores, pois nessa fase ela necessita de uma quantidade maior de água.......é a descrição perfeita de como tratar uma mulher........Essas flores foram escolhidas porque eram anteriormente utilizadas nas cartas náuticas como indicação do norte na Rosa dos Ventos, ou seja, por representar o sentido de direção.......amiga (se é que te posso tratar assim)....nunca percas o norte.....ama os homens......( odeia-me para continuarmos a cortar na casaca).......another burn, shine....kiss


flor de lis @ 19:22

Ter, 23/10/07

 

Olá Rolo...

Não estou a renascer das cinzas! Estou na tal plenitude dos 40! I feel great... Tal como a minha flor, sei o Norte... Quanto aos homens... são um mal muito necessário..... Amar, respeitar e admirar, é muita coisa junta e só ao alcance dos eleitos e após submetidos a duras provas...


alexandraspo @ 11:37

Qua, 24/10/07

 

Assexuadas???

Não percebi,....ou será que as mulheres cada vez mais mostram a sua força e "gritam" não queremos só cozinhar, e ser verdadeiras fadas do lar, e ainda ter ao fim de um dia de trabalho a disposição de todos os dias "fazer coelhinhos"- poupem-me !!!

MGP @ 11:35

Ter, 23/10/07

 

Bem... à falta de melhor, lá temos que levar com estes posts de "encher chouriço".

A verdade é que nos dias que correm, poucos ou nenhum desses pontos ainda se encontram no "activo", ou pelo menos da maneira em que os pões. Ora vamos cá analisar:

"Dizer que toleram bem o picante, comendo malaguetas, piri-piri e gindungo a torto e a direito. Podem até ficar com ar de quem está na sauna, mas aguentam-se que é um mimo;"

Oh minhas "amigas", mas vocês ainda vivem na idade-média? Quem é que se vai por a comer malaguetas? só para provar que são homens? Só se for os otários com quem convivem... Só come coisas picantes quem tem prazer, mesmo que isso os faça ficar com ar "de quem está na sauna". E mais, as mulheres também se deliciam com um churrasco com molho picante. :D

"Gostar de fazer grelhados"

Qual é o problema em fazer grelhados? Nada melhor do que juntar bons amigos a volta de um grelhador, uns quantos enchidos e umas febras, umas bjecas e passar uma tarde de qualidade na conversa! Quem nunca o fez, não sabe o que é viver.. :P

"Beber cerveja pela garrafa"

Chama-se a isto, ser prático. É como mijar de pé, ninguém nos impede de sentar na retrete, mas se o nosso instrumento nos facilita a vida, porque não usa-lo de maneira adequada?

"Chamar a atenção para a sua barba rija, quando a têm."

Acho que estamos no nosso direito de chamar-mos atenção para algo em que sentimos orgulho. Se vocês o fazem com as vossas brutas mini-saias (e.g.), porque não nós com a barba?

"Dizer que não gostam de filmes franceses ou da língua francesa, por ser muito abichanada;"

Não arranjaste nada melhor? :S Filmes franceses são estúpidos. Ponto final. (Ah, sim.. tirando o Taxi, esse "rula") E a língua... bem, prefiro o inglês..

"Dizer asneiras quando estão a ver futebol e fingirem que são os maiores especialistas da área"

Chama-se a isso, treinador de bancada (ou será arbitro? bem, não sei..), é ser fã! Se dizes asneiras ou não, isso já vêm da educação da pessoa. Vocês mulheres, tem o desporto de maldizer as mulheres que vos passam a frente e não têm problema nenhum em usar um vocabulário mais.. negativo.. sempre que for necessário. É verdade, não tentem desmentir.. :)

"Dizer que, se tiverem uma filha, vão comprar uma espingarda para afugentar os pretendentes e que só a vão deixar sair de casa depois dos 35 para ir ao cinema"

Uma espingarda não digo, mas que vou lá ter um bastão par a lhes partir as pernas aos sacanas que tentarem roubar a minha princesinha, lá isso vou.. lolol

Bem, mais uma vez, isto foi um post de "encher chouriço", sem algo de útil e apenas "pequenesas", sem sentido, para tentar maldizer os homens, o que começa a ser habitual.

Mas fica o voto positivo, pela tentativa. :)

@ Fá: lol, está bem...


tsetse @ 11:58

Ter, 23/10/07

 

Bem, parece que este post de "encher chouriço" lhe deu muito que falar... Já agora, o que gostava de ver discutido num site cor-de-rozinha chamado "Interno Feminino" que já existe há mais de um ano e que todos as semanas tem posts novos? Política nacional? A situação no Darfur?


Precious @ 13:50

Ter, 23/10/07

 

Caro MGP,
Parece-me que os seus argumentos e acusações de "encher chouriços" provêem da sua experiência de blog de notícias inverosímeis onde se defende à partida com um sub-título sugestivo da sua capacidade empreendedora que passo a citar:

"...indefinidamente em construção, até que algo de mais interessante apareça."

MGP @ 16:10

Ter, 23/10/07

 

Caro Precious,
Parece-me é que a tua tentativa (sem fundamento) de defender as meninas saiu frustrada, chegando ao ponto de ter de decorrer a acusações difamatórias sobre meu blog, pondo em causa a sua veracidade e das noticias lá expostas, que em nada tem a ver com este assunto. (espero que as meninas não apaguem esta resposta, pois gostaria de ver este ponto defendido).

@ tsetse: um artigo de "encher chouriço" em nada tem a ver com o facto de receber muitas ou poucas respostas. Significa sim, que em comparação com a restante maioria dos artigos, está significativamente fraco e sem grande assunto (algo que não é normal). O tema do blog também não é mau (a cor talvez mas.. lol) mas a qualidade dos artigos, a que nos habituaram, é que começa a diminuir.

Não levem isto como um "picanso" mas sim como uma critica.

Precious @ 20:11

Ter, 23/10/07

 

Se são inverosímeis ou não... Talvez nem sejam! São meras notícias de formato Copy-Paste e que dão belos chouriços, e disso ninguém duvide que eu fui lá e vi!

Durma descansado MGP, as meninas não precisam que ninguém as defenda, só acho é que quando a crítica é inútil e pouco ou nada constructiva padece de alguém que o chame à razão em vez de gastar verborreia desnecessária...

Mas meu amigo, se acha que tem autenticidade para escrever ou críticar... Be my guest!

MGP @ 11:53

Qua, 24/10/07

 

Sabes que difamar o que os outros fazem, sem qualquer prova que o suporte ou sem sequer compreender o significado e a razão das coisas, apenas mostra o quanto frívola essa pessoa pode ser.

Tenho tanta autenticidade para escrever, como qualquer outra pessoa que o queira fazer.

Se a minha crítica é ou não inútil (visto alguns dos comentários aqui expostos, até não estava assim tão mauzinho..), dei a minha opinião. Para isso é que os comentários estão activos, para que os outros possam criticar ou debater o que é escrito. Ao contrário de outros, que vêm encobertos em artifícios vocabulários (dita linguagem cara) não trazendo algo de útil ao "debate" mas apenas com a intenção de ofender, e de certa maneira "picar", quem realmente se interessa minimamente pelo assunto (sim, por pior que achasse o artigo, interessou-me o suficiente para responder e dar a minha opinião).

Parece-me que quem precisa de alguém tolerante que chame à razão quando se põe com logorreia desnecessária, és tu! (viste? também sei usar palavras caras.. e nem tive que ir ao dicionário! :D)

@ flor do lis
"Só a perfeição pode exigir a perfeição... e tu pareces longe... Portanto tens tido mulheres ao teu nível.."
Isso quer dizer, que todos os "machos" que tanto criticas, foi o que conseguiste arranjar ao teu nível? Sim, porque para se criticar tem que se ter experimentado e só através da tentativa e experimentação é que se chega a perfeição. :)
Eu tenho a meu lado a melhor mulher do meu mundo: serei eu um homem perfeito? (Não me parece..)

@ tiagosilvarolo
Gostei da tua analise das subespécies mas falta-te aí pelo menos mais uma: as que têm a mania que são alguém superior aos outros e que têm que estar constantemente a criticar para trazerem alguma felicidade a sua vida patética através das falhas dos outros. (Se bem, que esta subespecie também existe no mundo masculino)
Esta subespécie juntamente com a nº 4, cria a vizinha maluca que todos no prédio odiamos! :P

Eu tenho uma :s .... e vocês?


TNT @ 12:53

Qua, 24/10/07

 

Bom... parece-me que vou ter mesmo de intervir!
Ontem passei o dia fora, não me aproximei de um computador e é isto que vejo hoje ao acordar... gente mal-disposta, mal-comida e amarga com a vida!
Caro MGP,
Talvez um autor que tem um blog há menos de um mês, não se aperceba da dedicação que significa ter um blog como o Interno Feminino há 18 meses consecutivos. E que tantas vidas toca, a começar obviamente pela das autoras. Os cuidados que temos com os conteúdos e com a forma, têm sido bastante apreciados e fazemos questão que a linguagem, embora acessível, seja correcta e livre de erros. Somos cuidadosas. Sabemos que temos um blog lido por milhares de pessoas.
Se nem sempre os conteúdos agradam, estamos completamente de acordo. Nem sempre estamos tão inspiradas, não somos escritoras de renome. Mas há sempre a hipótese de "mudar de canal". É a democratização dos meios!
De qualquer forma, gabo-lhe a sagacidade e esperteza, em entrar em confronto com o Interno Feminino, e com isso ganhar mais visitas no seu blog num dia, do que provavelmente teria num mês inteiro.
Eu, pelo menos, fui lá! E com certeza, que noutras circunstâncias, não iria. Afinal, não tem nada de novo. Nem conteúdos (já todos exaustivamente conhecidos) nem opinião.
Porque isto de se ter opinião, para além de ser um risco, não é para todos!
Espero que continue a visitar-nos e na próxima sexta-feira entra um post do inimigo, que será certamente, mais do seu agrado!
Cumps

MGP @ 15:49

Qua, 24/10/07

 

Nunca critiquei o IF como blog, o modo como era escrito, as pessoas intervenientes ou mesmo a inspiração das mesmas. E, se realmente leste o que eu tenho escrito, nunca fiz qualquer referencia explicita ao meu blog, nem nunca entrei em confronto com o IF de modo a publicita-lo. Alias, a referencia ao mesmo foi trazida a público, dentro do IF, pelo Sr. Precious que tão vulgarmente o usou para me "atacar" directamente.

Novelas à parte, a única coisa que comentei foi o artigo em questão e critiquei apenas a qualidade do assunto do mesmo, que em comparação com o que tem vindo a ser apresentado, é mais fraco e é isto que tem que ficar esclarecido.
Se ter opinião própria, não é para todos então usar a democracia como resposta é, no mínimo, ridícula.

"Espero que continue a visitar-nos e na próxima sexta-feira entra um post do inimigo, que será certamente, mais do seu agrado!"

Continuarei sim, enquanto me for permitido, a visitar o IF..

Mas.. "no hard feelings". O que interessa no final de contas, é a boa gargalhada, nos arremessos de "petardos", nesta guerra interminável dos sexos!

Abraço.


TNT @ 18:08

Qua, 24/10/07

 

Creio não me ter feito entender...
Nem todos se arriscam a ter opiniões, convicções, originalidade e conteúdos próprios.
É arriscado, trabalhoso, exige determinação, dedicação e empenho... daí não ser para todos! Nada a ver com democracia, que essa, dizem ser para todos!

flor de lis @ 12:53

Qua, 24/10/07

 

Eu não critico tanto os machos, pelo contrário... Acho que o post que deu origem a tudo isto é exageradito... Há machos e machos, mulheres e mulheres.. Já conheci duns e doutros...
E da interacção resultam muito bons momentos...
Cum

LOCO @ 11:48

Ter, 23/10/07

 

Quando vejo um macho armado em MACHO, penso sempre o que interessante seria a opinião do Dr. Freud ! Pois deve haver falta de algo, terão que compensar a sua "falta" com demonstrações excessivas. Só falta vê-los a arrastar as suas companheiras pelos cabelos direitinhos para as suas cavernas! Não há pachorra!!

gomesh @ 13:32

Ter, 23/10/07

 


Tenho de admitir que concordo com o Alfa em que o Post parece um pouco antiquado... mas tenho de admitir o seguinte...
Gosto de comida picante... nada como um bom Vindaloo... mas não acho que me torne mais masculino...
Adoro grelhados... mas apenas porque o Verão aqui é tão curto e fazer um churrasco com uns amigos é uma forma excelente de se passar um fim de semana no jardim;
Não gosto de barba... aliás barbeio-me á noite e de manhã de forma que tenha sempre uma "pele de bébé"... e não vivo sem o meu creme hidratante para depois da barba... ...
Adoro o cinema Francês... e a lingua... alguém referiu o "Taxi"... é engraçado... mas parece-me muito como o cinema americano;
Asneiras como o Futebol... não tenho culpa se o glorioso anda tão em baixo... e que enerva, enerva...
Se tiver uma filha... deixai-a viver... afinal eu não apreciei quando o pai da Sandrine andou atrás de mim com a caçadeira dele... ainda bem que o meu pai decidiu guardar o RS2000 para os filhos... o Corsa do pai dela não me apanhou...
A mim parece-me que apesar de muito selectiva (que parece que és ) ainda passas por muitas zonas onde existem alguns epecimens raros que esperamos nós estejam em perigo de extinção...

Hailstorm @ 13:34

Ter, 23/10/07

 

Respondendo á tua questão: Ambas.
Na verdade todos os homens, a partir de certa altura, começam a negligenciar a sua forma física, postura, porte, atitude, até educação como forma de demonstrar que não têm nada a provar a quem quer que seja, porque a sua (triste) figura, é por si, prova da sua afirmação como macho.
Como também acaba por ser inevitável esse declínio, principalmente a nível físico, está montada a cabala que não só justifica a decadência, mas também a valoriza.


...isto no mundo dos homens, porque no mundo das mulheres a coisa são outros quinhentos paus.

prf32 @ 14:37

Ter, 23/10/07

 

Quanto ao picante, é como tudo por vezes é bom por vezes não é nada bom!
Grelhador e cervejas pela garrafa, é código!
Qualquer homem sabe que quando chega a algum lado e há um grelhador e esta tudo a beber cerveja pala garrafa, que vai ser um momento descontraido e que se vai falar de varios temas sem ser obrigatoriamente "politicamente correcto".
Isso da barba é treta! Se alguém fala na sua barba rija no meio de homens é só para passar o resto da tarde a levar bocas!
Os filmes franceses bem é certo que aquela gente anda sempre a fazer boquinhas uns para os outros, é assim para se falar bem aquele idioma tem que se trabalhar muito os lábios. Ora isto dá uma imagem muito abichanada aos intervenientes nos filmes! Mas já agora perguntem ao grupo se sabem quem é Isabelle Adjani ou Sophie Marceau e vão ver que são do conhecimento geral do grupo! Été meurtrier é o máximo!
Julgo mesmo que se forem mulheres e da próxima vez que virem um grelhador e cervejas sem copos e alguns homens por ali em amena cavaqueira, entrem no jogo de mente aberta e sem criticas e vão ver que é outra coisa completamente diferente do que parece visto de fora!
Quanto a isso da filha os que falam assim são sempre os primeiros a irem com o "futuro genro" a bola! E é tentar mostrar a própria filha que o que tem acontecido até aqui não vai ser sempre assim! Mas a filha sabe que é treta e que ele vai ser sempre aquele coração mole para com ela e vai deixar a rapariga fazer tudo e mais alguma coisa!


Miguel @ 16:30

Ter, 23/10/07

 

É espantosamente redutora a visão que estas meninas, ou pelo menos a Tsétsé, parecem tem dos homens nascidos nas décadas de 60 e 70 (já casados e/ou pais de filhas). Não estava à espera de encontrar um “post” tão anti-homem neste blog. Sendo feito por duas mulheres, claro que o ponto de vista feminino é, e deve ser, preponderante, mas daí a colocar os homens numa bitola que já não se usava na geração de 50, parece-me muito exagerado (pelo menos onde eu vivo e no meio das pessoas com quem convivo). E para mais com alguns comportamentos erradamente atribuídos.
Se não vejamos:
- Homem que é homem não come malaguetas nem admite gostar de comida muito picante. Porquê? Porque só usa piri-piri e pimenta quem alegadamente tem falta de “força na verga”;
- Fazer grelhados exige uma atenção quase permanente. E só um homem consegue tal dedicação. Calma. è que a mulher está sempre a fazer 3, 4, 5 ou 6 coisas ao mesmo tempo e quando se lembram do grelhado já é tarde;
- A barba rija é, cada vez mais, uma coisa rara nos homens novos. Já não é motivo de inveja para os outros. Aliás, eu, com barba muito rala, só invejo os que a não têm de todo;
- Gosto de filmes franceses. Em regra têm bons argumentos, gajas boas e sexo sem pornografia. Já os italianos, além da língua apaneleirada, nada têm que me cative;
- Dizer asneiras durante o futebol é um escape. Evita que se as digam ao patrão, aos colegas, à mulher e aos filhos quando estão a ser chatos. E fingir que sabemos muito do assunto é apenas uma desculpa para gritarmos. Evita que… etc. e tal, como atrás foi dito;
- E hoje não impedimos que as filhas tenham vida própria nem compramos caçadeiras. Pelo contrário. Vamos com elas a todo o lado para lhes mostrarmos as coisas feias da vida. E quando, finalmente, após muita aprendizagem, a menina começa a namorar, apenas avisamos o dito cujo: ou portas-te bem ou ficas sem “qualquer coisa”. Nada de radicalismos. Apenas calma e “savoir-faire”.
Como vêm, estão a léguas de conhecer o verdadeiro macho moderno. Pelo menos como os conheço aqui, onde vivo.


TNT @ 23:15

Qua, 24/10/07

 

É por essas e por outras que eu arranjei um da década de 80!

gomesh @ 13:07

Qui, 25/10/07

 

Hey! Nada contra o pessoal da década de 70... afinal há machos e machos...

Miguel @ 16:32

Ter, 23/10/07

 

Ah. E beber cerveja pela garrafa é como fazer sexo sem preservativo. Sabe muito melhor. É arriscado, sim senhoras, mas o prazer é muito maior.

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D