o_inimigo @ 00:01

Sex, 26/10/07

Cuidado com elas

Penso que não será surpresa para ninguém quando digo que as mulheres não são muito de se fiar…
São predadoras na sua forma de actuar, e aliando uma frieza e calculismo desmedidos, tornam-se extremamente eficazes no campo de batalha, e implacáveis quando chega a altura de espezinhar o seu alvo predilecto: O ego masculino.
Desengane-se aquele, que pensa que pela pouca dimensão do desafio que por vezes lhes damos, elas se pouparão a esforços nos seus intentos.

Bom… talvez esteja a entrar em pleonasmos desnecessários, e como tal irei colocar o “porquê” deste meu ponto de vista sob a forma de uma conclusão que tirei há algum tempo atrás, quando me demorei um pouco mais por um dos meus sofás, a assistir a uma qualquer série televisiva que, a meu ver, tentava passar uma mensagem de alerta para um perigo que correm os marialvas lusitanos (e não só…), e que creio ter passado despercebida…

A cena que vos vou dar a conhecer, retrata uma das mais comuns fontes de discussão entre casais, e que apesar da banalidade da mesma, dá a conhecer a verdadeira forma das criaturas femininas quando encurraladas e sem argumentos...

…o casal discutia sobre quem deveria levar o lixo à rua naquela noite.

Imagine-se então o seguinte cenário:

A arena estava montada, e os dois adversários debatiam-se ferozmente convictos da sua razão.
Mas a vantagem recaía sobre o gladiador azul (chamemos-lhe assim…) devido às fortes estocadas que deferia sobre o gladiador rosa (e porque não…), plenos de razão e fortemente argumentados com factos indeléveis.
Ao seu invés, o gladiador rosa, e perante tal desvantagem técnica, apenas esgrimava tímidos ataques ao seu adversário, que eram facilmente contra-atacados pelo mesmo…
A vitória sorria ao gladiador azul, que sorria de volta para o seu adversário enquanto este pateticamente se tentava levantar do chão ensanguentado (…) quando de repente, vindo do nada e completamente fora de contexto, o gladiador rosa desembainha o seguinte argumento, que passo a citar:

-…e eu não tenho culpa que a tua mãe te mimasse demais em pequeno porque tinhas a pilinha pequena… – Fim de citação.

                    …ZÁÁÁSSS, a cabeça do gladiador azul rola pelo chão…

O público feminino rebenta em êxtase na bancada rosa, na bancada azul o estarrecimento e a indignação imperam nos semblantes masculinos enquanto se observa, com uma expressão de horror, o corpo decapitado do gladiador azul avançando penosamente em direcção ao Ecoponto mais próximo…Meu Deus, que bestialidade!!!
Tudo frio, tudo calculado, tudo implacavelmente executado, resumindo: Os fins justificam os meios.

Pois é meus amigos, nós homens temos cometido um grave erro…
Ingratamente, bons rapazes têm sido degolados, e acredito que muitas vidas continuarão a ser ceifadas por tal estratégia, a menos que, nos preparemos para o embate.
Nos inícios de relação, nós homens, temos o (inocente) hábito de dar a conhecer às tímidas donzelas, receios, anseios, episódios constrangedores e afins, que sacramente guardámos para nós até àquela data, com o intuito de lhes mostrar o quanto confiamos nelas, o quanto gostamos delas, o quanto são merecedoras do nosso coração ou simplesmente para as meter na mesma alcova que nós.

NUNCA COMETAM TAL ERRO…

Ao contrário da opinião generalizada entre as camadas masculinas, elas não guardam estes artefactos no melhor mostruário que os seus corações têm…
Na verdade, este tipo de objecto é trabalhado, moldado, afiado e guardado num armeiro que se encontra no mais recolhido, obscuro e tenebroso lugar das suas alminhas, para um dia nos ser esfregado na cara, e se possível com audiência para que o achincalhamento seja completo e total.

Portanto fica o conselho deste vosso camarada, caros irmãos:

A vossa vida só começou a ser escrita a partir do dia em que conheceram essa moça que vos acompanha neste momento, seja ela a 1ª, 2ª ou a 10ª da vossa lista…antes dela, são páginas e páginas em branco, sem absolutamente nada gravado, a não ser alguma informação que vos identifique, tipo aquela expressa no B.I….e nada mais, senão arriscam-se a que vos seja cortada a cabeça…ou algo pior.

Depois não se queixem…


P.S. Se alguém duvidar dos fundamentos da minha exposição, da veracidade dos factos aqui descritos, ou de onde fui eu desencantar tal cabala, peço que prestem atenção na ilustração que está no canto superior esquerdo da página deste blog (sim, aquela pequena t-shirt) …e cada um tire as suas conclusões.

(enviado por Hailstorm a.k.a Inocêncio da Silva)


ruben @ 09:51

Sex, 26/10/07

 

subscrevo... por experiencia vivida!


Inocêncio da Silva @ 13:01

Sex, 26/10/07

 

"Onde é que eu já vi isto?", ao que eu respondo: " Em quase todas as discussões!".
Ruben, o testemunho vivencial foi o que me inspirou e foi baseado em situações reais, como as tuas.

eusoutiagorolo @ 11:42

Sex, 26/10/07

 

A loucura de tentar perceber uma mulher:


É impossível que uma pessoa se desenvolva sem adquirir feridas a nível psíquico. Quantas vezes percebemos que repetimos comportamentos que nos fazem sofrer, como se fosse um circulo vicioso. Os complexos não são em si negativos, os seus efeitos, no entanto poderão ser. E as mulheres neste campo são uns autênticos prodígios.
Como dizias, elas têm no seu armeiro todo o tipo de armas, para todo o tipo de guerras. Senão vejamos, já repararam que quando á uma discussão seja qual for o motivo (nós homens temos propensão a fazer um relato das nossas vidas passadas até a do momento)
é-nos jugado à cara tudo o que a “outra” nos fazia e nós nada dizíamos. A nossa arma nesta situação será baixar as orelhas ou dizer que estamos num processo evolutivo e por isso a “outra” foi à vida???
É tipicamente feminino, as alterações de humor e falta de controlo emocional, pois as “opiniões espontâneas”, “premeditadas” exercem uma influencia dominante sobre a vida emocional de uma mulher. Senão vejamos, quando não nos apetece fazer amor com a nossa companheira, temos a frase do costume “já não te excito, ou, já não me amas”, e somos massacrados durante meia-hora, e muitas vezes lá acabamos por fazer a coisa, o pior é que se estamos mesmo cansados (e nós quando dizemos que estamos cansados ou não apetece é mesmo verdade) e a coisa não corre como ela quer ainda levamos com a boca “isso hoje estava mesmo molezinho”. Mas acho um piadão quando elas contam que utilizam a famosa enxaqueca ou má disposição momentânea (como mero capricho) e nós cordeirinhos fazemos uns cafones e dizemos que não tem mal e que as amamos muito….badamerda….exigir o que nos é de direito e mais nada….
A compustura ninguém a consegue manter mais do que o tempo necessário para imaginar qual a posição e a sensação mais apetecível. Depois vale tudo.
Enfim, concluo que, tal como a capacidade para ter orgasmos não é aprendida, não se tem orgasmos quando se quer, acontecem e não se pode controlar, o mesmo se passa com as mulheres a nível emocional (e no resto tb)…não aprendem, não querem e não se controlam…..

;P


Inocêncio da Silva @ 13:06

Sex, 26/10/07

 

Tiagosilvarolo;
Como não sou muito letrado dificilmente conseguiria igualar o teu comentário técnico, que agradeço desde já.
Mas apesar de sermos diferentes na forma de nos expressar, numa coisa estamos TODOS de acordo:
Não podemos viver com elas - com as suas "luas" - , mas não conseguimos viver sem elas.

flor de lis @ 13:14

Sex, 26/10/07

 

Olá Rolo...
Tentar compreender uma mulher é uma loucura! Mas vocês gostam de loucuras, vivem para as loucuras e quando não há loucuras dão em doidos...
Esta coisa da guerra sexista, cada qual luta com as armas que tem... Mai nada!
O que é certo é que dás uma volta tão grande para chegar à grande obsessão masculina... O orgasmo! Tens problemas em atingir? Essa coisa do acontecem não se sabe quando, como nem porquê parece-me um pouco tipo acertar nos números do Euromilhões!!!!!!!!!!!!!!
Eu sou boa aluna e aprendo muito bem... Se o professor for bom! Também me controlo, naquelas coisas que são expectáveis, e ás vezes não é fácil com gajos que percebem zero de mulheres e estão convencidissimos que são os maiores...
E finalmente! mas não menos importante sei muito bem o que não quero...


Inocêncio da Silva @ 13:29

Sex, 26/10/07

 

E eu que me mordo por uma boa confusão, uma boa loucura...
É o permanente desassossego.

eusoutiagorolo @ 13:56

Sex, 26/10/07

 

Flor de Lis:

A volta que dei nao foi para chegar ao orgasmo, mas sim ao lado emocional da mulher....por mais erros que cometam....nao aprendem, nao querem e não se controlam.....a mulher vive atraves de sentimentos....o homem vive os impulsos amorosos por apetite.....

bjo :)

eusoutiagorolo @ 14:01

Sex, 26/10/07

 

Flor de lis:

Concordo contigo, é erronea a ideia de que se conhece uma mulher conhece-se todas.....são como as impressoes digitais....não há uma igual.....

;P

eusoutiagorolo @ 14:05

Sex, 26/10/07

 

Flor de Lis:

Gosto de aventuras saudaveis.....e voltando ao orgasmo....ele não se aprende.....sente-se.....e o que é sentido é muito dificel de controlar.......senão voltamos ao principio......encontro de uma noite......adrenalina disfarçada de orgasmo....

flor de lis @ 16:21

Sex, 26/10/07

 

Não sou fã dos encontros duma noite... Aliás nunca me aconteceu nenhum...

Mas a aventura e a loucura, controlada, são o que dão gosto à vida...
"Sem a loucura ,q que é o homem, mais que a besta sadia, cadáver adiado que procria?" F.Pessoa

Ela @ 16:24

Sex, 26/10/07

 

Bem verdade... qdo têm a mania que são os maiores (lá da rua deles em pequeninos, concerteza , lol )... Pois eu já tive o prazerzinho de dizer na cara de um desses pseudo-machos latinos, que não, não tinha sido nada de jeito e que podia melhorar o desempenho numa próxima (claro que já não comigo, lol )... Aprumem-se meus queridos, nós gostamos do pacote completo mas de um belo pacote nada de cabaz de Natal do bazar chinês.

Fá @ 12:01

Sex, 26/10/07

 

Tadinhos ..que sofredores...umas vitimas inocentes... As mulheres lutam com as armas que têm e servem-se delas com a mestria que a ocasião exige. Por acaso não se passará o mesmo da parte dos homens???


Inocêncio da Silva @ 13:10

Sex, 26/10/07

 

Obviamente minha cara Fá, mas a grande diferença entre homens e mulheres reside nos alvos que escolhemos para atacar.
Só são de lamentar as ocasiões em que somos atingidos por golpes abaixo da cintura, sem que o fim seja minimamente digno.


RAQUEL @ 12:13

Sex, 26/10/07

 

Sou mulher e como mulher sei que muitas vezes recorremos a coisas do passado para nos defendermos de "ataques" durante as discussões.Mas também sei, por experiência própria, que os homens também os fazem, se não recordando situações que já vivemos, pondo abaixo o nosso amor próprio, que sabem que é tão importante para nós....tive um namorado que há minima discussao dizia que eu era uma merda e que nunca ninguém ia olhar para mim devido ao estado do meu corpo (isto porque tenho cicatrizes de queimaduras porque me tentaram matar queimada há 3 anos).....mas ele estava comigo e quando o resolvi deixar depois de ouvir isto pela 3ª vez, disse que me amava e que queria ficar ao meu lado para sempre....
sempre fui sincera com quem esta ao meu lado e ele sabe de tudo o que me aconteceu durante a minha vida e eu sei sobre a dele e nunca iremos usar o que mais nos fez sofrer para nos magoar-mos,quando isso acontecer é porque o respeito acabou, e se acabou o respeito acabou a relação...por isso não acho que se deva esconder o passado para não se ser magoado mas sim falar abertamente e se a pessoa com quem estamos algum dia usar o que lhe contámos só para ferir, então sabemos que nada mais vale a pena......

LOCO @ 12:32

Sex, 26/10/07

 

Querida, tu és unica, pelo teu interior, quem não "vê" isso não merece sequer que percas tempo com ele/ela.


RAQUEL @ 12:54

Sex, 26/10/07

 

agradeço o que disse....mas acho que todos somos unicos pelo nosso interior...apenas usei a minha situação como exemplo que não são só as mulheres que "jogam baixo" durante uma discussão, como o senhor que colocou o post parece querer fazer crer....


Inocêncio da Silva @ 13:17

Sex, 26/10/07

 

Subscrevo na integra o que dizes, e lamento que existam relações que se arrastam por tempos e tempos baseadas no medo.
Tenho uma máxima para as minhas relações:
Sempre que lutamos para manter algo, é porque esse algo não nos pertence.
Penso que me fiz entender.

LOCO @ 12:18

Sex, 26/10/07

 

Pois o post é todo vosso! Tão repetido e tão recalcado, que nem "tesão" intelectual dá, tirando todo o prazer de comentar as vossas palavras. [>;P]

Fiquei de mandar um beijinho a alguém?



Inocêncio da Silva @ 13:23

Sex, 26/10/07

 

"Repetido","Recalcado"...
E eu a pensar que estava a dar a conhecer um ponto de vista diferente sobre algo amplamente conhecido...
LOCO, na verdade eu sei que este item é um dos mais disputados na guerra dos sexos, mas o que eu queria deixar passar era uma forma de o ver mais "light", com menos calorias, por causa do físico, etc...

...e já agora, este beijo é para ti

LOCO @ 15:19

Sex, 26/10/07

 

Confesso que não tenho pachorra para homens que passam a vida a queixar-se. Também sei que algumas mulheres são insuportáveis . Mas como tudo na vida só comemos o que gostamos. Por mais perspectivas ou pontos de vista diferentes que aqui estão narrados, NUNCA deverão COMETER o ERRO de SUBESTIMAR O VALOR DAS MULHERES. Porque aí sim, serão degolados em qualquer arena.




Inocêncio da Silva @ 16:05

Sex, 26/10/07

 

Nem mais...
Vejo que percebes aquilo de que fala o texto, e que apenas reflecte o seu titulo: Cuidado com elas.

darta @ 12:30

Sex, 26/10/07

 

hj pela primeira vez venho comentar um post de uma pessoa q tenho muito em conta, ele sabe quem sou, apesar de já ler estes posts das nossas "inimigas"...O nosso ego é dos pontos mais fracos q temos mas a nossa vida faz com q saibamos combater e alterar de maneira a ficarmos mais fortes nesse campo de batalha diário...isso devia de ser algo inato mas infelizmente ñ o é!!!Eu próprio já passei por tal experiência...custou passar tal fase...mas aprendemos com os erros ou ñ fossemos animais racionais!Elas por sua vez tb ñ gostam de ver o seu ego magoado e chego a uma conclusão de q lhes custa mais a elas superar tal coisa do q a nós, penso eu...estarei errado???As "meninas" podem responder melhor do q eu...
Aquele abraço Hailstorm, tu sabes o q eu penso, somos grandes, somos fortes


Inocêncio da Silva @ 13:27

Sex, 26/10/07

 

Caro Darta;
Sabes perfeitamente que sou apologista da ideia que o ego masculino é, simultaneamente, a nossa maior força e a nossa maior fraqueza. E como uma corrente é tão forte quanto o seu elo mais fraco, o conselho que deixo é: Protejam-no.
Aquele abraço.

Rita @ 14:31

Sex, 26/10/07

 

Isso é muito fácil de explicar...Amor com amor se paga... e acho que tanto homens como mulheres como indecisos vão sacar confidências do passado quando lhes dá jeito para justificar terem razão. Até entre amigos ou pais e filhos isso acontece.
Além disso, cuidado com os conselhos, se me aparecesse um namorado com um passado branquinho neoblanc eu ficava mais desconfiada do que ele estaria a esconder do que se ele tivesse uns podres para contar. E olha que os "podres" têm a sua vantagem. Podemos-lhes passar a mão pelo pêlo, dar-lhes todo o espaço para serem vítimas, sim aquela ex- foi uma grande vaca e isso não se faz, a mãezinha não tinha nada que o obrigar a tirar o piercing, etc e tal, claro que podes ir jogar futebol até ás 11 da noite, e somos instantaneamente promovidas à gaja mais compreensiva, liberal, carinhosa, etc que já conheceram. Bom, depois essa posição só se mantém com coerência e quando ele nos vier dizer k vai fazer uma tatuagem mega-foleira, em vez de fazermos uma cena, irmos, NO MÍNIMO, fazer outra por solidariedade. Quem gosta, tem que comprar o pacote todo. Você gajos nem são muito difíceis de dar a volta, principalmente se vierem com traumas antigos :P


Inocêncio da Silva @ 15:09

Sex, 26/10/07

 

Ora aqui está um ponto de vista feminino, com uma abordagem diferente sobre o mote lançado.
O Interno Feminino ao serviço do publico em geral.

MGP @ 15:38

Sex, 26/10/07

 

Já é mais do que sabido que as mulheres são excelentes predadoras, com um nível "estupidamente" maior do que o nosso na arte da camuflagem e na manipulação, bla bla bla. Neste campo, somos e seremos eternos fantoches nas suas delicadas, sensíveis e excitantes mãos.

Tal como aqui já foi dito, o ego masculino é a nossa maior fraqueza. Façam-nos o que quiserem, que nós vamos acabar por sair sempre por cima, por mais que tentem contradizer. Somos uma "espécie" desembaraçada por natureza. Para nós sempre há uma solução (ou ilusão, se nunca a conseguir-mos atingir), mas ataquem-nos o ego e é o nosso fim. Dead. Caput. É o nosso "calcanhar de Aquiles", o nosso "cabelo de Sansão".

O que ainda poucos se aperceberam, é que esse... ego, a nossa masculinidade... é também o ÚNICO ponto do ataque que estas senhoras têm. E ao contrário de nós, elas têm imensos.
Solidão, insegurança, sentir-se indesejada ou descartável, com baixo amor-próprio ou ignorada, orgulho, .

Resumindo, as mulheres magoam bastante e com ataques cirúrgicos capaz de derrubar as forças militares da ONU em três tempos e bem mais eficazes que a recente bomba gay (inventada por um camone com tempo livre a mais), mas nós, caros camaradas, embora não sejamos bons na arte (a nível psicológico), temos bem mais escolhas.

Por isso, não fiquem intimidados pelas investidas ou ameaças femininas que possam apanhar, abram o vosso coração, sem vergonha ou pudor, ao vosso amor e sigam em frente. Uma relação é feita com a base na confiança e sem isso nunca teremos nada.

Quando as coisas derem para o torto, ou como se costuma dizer: "when the shit hits the fan", já sabem por onde pegar..


Inocêncio da Silva @ 16:14

Sex, 26/10/07

 

MPG,
Apesar de elas terem vários alvos por onde podemos lhes infringir dor, eles são pequenos e por vezes algo difíceis de atingir.
Por outro lado, o nosso único alvo é enorme, visível e a única dificuldade que eu vejo é a de NÃO lhe atingir.
Qualquer pedrada no mesmo, é suficiente para levar a um retiro em celibato um qualquer rapaz que se encontre desprevenido.
Mas não deixo de concordar contigo em certos pontos, principalmente no da confiança.

LOCO @ 16:34

Sex, 26/10/07

 

Caro Inocêncio , neste pequeno texto tenho que admitir e concordar consigo. O difícil é não acertar!!!!

flor de lis @ 16:32

Sex, 26/10/07

 

Os nossos pontos de aataque são imensos? Só de uma minoria e são adquiridos... Agora o vosso é ianto, inalterável... Dificuldade em irrigar duas cabeças! A partir daí.... Fazemos o que queremos de vocês!

MGP @ 16:57

Sex, 26/10/07

 

@ flor do lis:
3 dentes de alho por dia e o problema de fluxo de sangue é resolvido.
Só os parvos é que se sentem afectados por esse tipo de clichés, e só a típica mulher, que foi "lixada" por "muitos", é que o usa.
Quando não existe mais nada a dizer e a mentalidade básica vêm ao de cima, apenas mostras o quanto frágil és.
"Fazemos o que queremos de vocês!" - claro, continua a pensar assim.. Ou vais dar com putos toda a vida, ou vais ficar para tia... Seja qual for o caminho, é deprimente.

@ Inocêncio da Silva:
Concordo. São pequenos e difíceis de atingir mas nunca impossíveis. Nós, Humanos, somos capaz de tudo (independentemente do tempo que for preciso) para 2 coisas: amar e magoar.

flor de lis @ 18:21

Sex, 26/10/07

 

Eu sou mesmo uma tia! E gosto imeeeeeeeeeeenso... Tá a ver?
Também sou frágil... Ui... imeeeeeeeeeeenso! Mas vocês são uns queridos e paparicam-se imenso!
E não tenho sido lixada... Que eu sou tia mas não tenho madeixa loira... Tenho sido muito bem tratada!
Mais vale asno que me carregue...


Inocêncio da Silva @ 17:35

Sex, 26/10/07

 

Minha querida flor de lis;
Se não reconheces em ti estes pontos é porque não te conheces o suficiente. Só o facto de admitires que as vossas fraquezas são adquiridas, a meu ver, é já por si uma fraqueza.
Há excepções é certo.
No nosso caso concordo que existe alguma dificuldade em "irrigar duas cabeças" como bem disseste, mas no momento que tomamos consciência dessa debilidade, ela deixa de o ser, certo?
...e lamento dizer-te que nem todos somos assim tão fáceis de persuadir.

eusoutiagorolo @ 16:51

Sex, 26/10/07

 

Querida Anonima:

"A liberdade é a possibilidade do isolamento. Se te é impossível viver só, nasceste escravo. (F.Pessoa)"
Não sou fã dos encontros duma noite... Aliás nunca me aconteceu nenhum... apimenta a aventura......e entrega-te a um......se nunca te aconteceu, não podes dizer que não és fã......porque não é só uma ida ao val dos lençois......pode ficar só por uma boa conversa, uma nova amizade.....é tão mais facil falar sem complexos com um ilustre desconhecido......
"O verdadeiro cadáver não é o corpo (...), mas aquilo que deixou de viver(F.Pessoa)"


Anónimo @ 18:24

Sex, 26/10/07

 

Rolo!
Touché...
Eu falo sem complexos com qualquer pessoa... Não digo desta água não beberei... Mas ainda não conheci homem nenhum que mne convencesse apenas numa noite!
Estou à espera!
Cump

eusoutiagorolo @ 11:58

Sab, 27/10/07

 

Querido anonimo:

Sinto-me nascido a cada momento / Para a eterna novidade do Mundo.......Touché...Todo o prazer é um vício, porque buscar o prazer é o que todos fazem na vida, e o único vício negro é fazer o que toda a gente faz. (F.Pessoa)




FLOR DE LIS @ 12:54

Sab, 27/10/07

 

Rolo!
Tu enrolas-me com tanta literatura! Ora toma lá..
"O amor é que é essencial
O sexo é só um acidente
pode ser igual ou diferente
O homem não é um animal
É uma carne inteligente
Embora às vezes doente."
Fernando Pessoa
(O meu último comentário foi anónimo por lapso.)
Cumprimentos

eusoutiagorolo @ 13:15

Sab, 27/10/07

 


Flor de Lis:

Tu enrolas-me com tanta literatura! hummmmmm

Bjo

eusoutiagorolo @ 14:42

Sab, 27/10/07

 

É só amor:


Bora ver o Enrique Iglesias...amanha


Cump Rolo

eusoutiagorolo @ 12:34

Seg, 29/10/07

 

À distancia de um clic…….


A liberdade da fala contrasta com a liberdade da escrita, tal como uma janela aberta em dias de Inverno que teima sempre em fechar-se.
Dizem que procuramos projectar na nossa companheira a mão que nos criou, mas nunca teremos alguém que nos ame tanto e que nos perdoe tanto, sem pedir nada em troca.
Vejamos alguns exemplos:

- O cheiro tem a capacidade de fazer a mulher sentir arrepios, o perfume trás lembranças das emoções mais marcantes. Mas ele pode também, ser o responsável pela repulsa sexual……mãe que saudades tenho de ti quando me lavavas os pezinhos….quando eu teimava andar três dias com as mesmas sapatilhas…..

- As mulheres são susceptíveis à audição. Elas precisam de ouvir que são admiradas e que são desejadas como amantes…..mãe digo-te uma vez por ano que te adoro, e tu dizes-me todos os dias que sou o melhor do mundo…..

- É sabido que a visão é um sentido poderoso na atracção sexual. Não é a toa que as mulheres se preocupam com a estética para chamar a atenção do seu parceiro…..mãe, quando tens farinha na cara e avental posto, nunca deixas de estar linda…..e quando eu em puto amarrava as tampas e as panelas as pernas…..hoje confesso que devia ser um chato de primeira….mas sempre sorris-te…..


Citação que alguém um dia escreveu:

"Mulheres e os homens são como maçãs em árvores. As melhores estão no topo. por norma nunca tentamos alcançar as boas as melhores, porque temos medo de cair e magoar. Preferimos alcançar as maçãs podres que ficam no chão, que não são boas como as do topo, mas são fáceis de se conseguir. Assim as maçãs no topo pensam que algo está errado com elas, quando na verdade, nao estão erradas... Elas têm é que esperar um pouco mais para o homem ou mulher certos chegarem, aqueles que são suficientemente valentes para escalar até o topo da árvore."

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D