tsetse @ 15:06

Qua, 26/09/07

Como já abrimos o cantinho do inimigo e este não tem trazido grandes revelações (já todos sabemos que uma mulher submissa dá jeito a alguns homens e que há muitos casmurros que não querem ter o trabalho de compreender as mulheres), vou dar uma ajudinha e falar num defeito que se encontra mais nas mulheres do que nos homens: as embirrações seguidas de vitimização.

Já conheci muitas mulheres (e alguns homens, principalmente os mais femininos) que, quando são contrariadas ou não são apoiadas, decidem embirrar com a outra pessoa e, a partir daí, começar a chamar a atenção de todos os erros e falhas da outra.

O problema está no facto de muitas vezes essa embirração tomar uma dimensão tal, que a acusadora perde a objectividade e passa a prejudicar-se mais a si do que ao objecto da sua birra.

Por exemplo, imaginem que vão a casa de uma amiga e ela vos diz:
"Olha a prenda que a palerma deu à minha filha? Um pijama! Se fosse para outra pessoa, dava um fatinho todo giro. Deve achar que para mim qualquer coisa serve." Na realidade, a nossa amiga embirrou com a tal palerma e quer uma oportunidade para dizer mal. Mas o resultado pode ser diferente do planeado. Eu, por exemplo, simpatizaria com a outra e acharia a minha amiga uma mal agradecida.

Outro exemplo: imaginem que vão a uma festa de anos e a aniversariante diz: "Já viste? O meu ex teve a lata de aceitar o meu convite. Ainda teve o descaramento de perguntar como eu estou, como se o que ele já fez não fosse o suficiente". Na realidade, a nossa amiga convidou o rapaz já com vontade de embirrar. Se ele não fosse, seria criticado na mesma. Resultado: alguns de nós ficarão a achar que a amiga é uma chata e uma mal educada, por dizer mal de alguém que teve a simpatia de ir à festa.

Histórias como estas, já vi muitas e raramente são favoráveis à interlocutora. Por isso, acalmem-se. Por não gostarem de uma pessoa, não têm que criticar tudo o que ela faz. E, de preferência, evitem a pessoa em questão.

Tsetse


M @ 16:21

Qua, 26/09/07

 

Este deve ser o post com menos interesse que já li por cá.. (e olhem que mesmo sendo homem, rio-me bastante com eles e muito mais com as diversas discussões que deles advém..)

Todos nos lidamos diariamente com birras e faltas de objectividades (tal como este post) nos diálogos que mantemos ao longo do dia. É algo natural no quotidiano da miudagem (mulheres e homens) ou daqueles que ficaram, de alguma maneira, retidos nessa mesma época a algum nível mental/social.
Ninguém quer saber, poucos são aqueles que opinam sobre o assunto e aqueles que por esses momentos passam (e que têm o mínimo de inteligência) ignoram, mudam de assunto ou simplesmente arranjam uma desculpa para se colarem a jarra de sangria no tal aniversario que descrevem (lol).

Por isso, vamos ser objectivos e esclarecer o verdadeiro motivo deste post: "Como já abrimos o cantinho do inimigo e este não tem trazido grandes revelações".

Será que não tem trazido grandes revelações, ou será que começam a ver que também existem homens com algum talento para a escrita jocosa ou mesmo satírica sobre a mulher? :)

Aparte disto, continuem com o vosso fantástico blog do qual sou um leitor dedicado. Melhor do que conhecer o "inimigo" é conhecer o que o "inimigo" sabe de nós!

Por isso, dêem lá uma oportunidade ao cantinho que ainda vos poderá surpreender!

Abraços,

M


TNT @ 21:59

Qua, 26/09/07

 

Caro M,
Caso não se tenha apercebido, a ideia do cantinho do inimigo foi nossa.
A selecção dos convidados foi nossa.
Os conteúdos são inteiramente da responsabilidade dos convidados.
Óbvio que existem homens com talento para a escrita jocosa e satírica sobre a mulher... daí terem sido convidados!
Fartas de chatos estamos nós, olha que coisa!!
Agora que os conteúdos não constituem propriamente uma grande surpresa, isso também é certo! Embora os textos estejam muito bem escritos e divertidos - reitero que por isto foram escolhidos - a mensagem já nós (mulheres) conhecemos.
Quase desde que nascemos...

M @ 01:06

Qui, 27/09/07

 

"Embora os textos estejam muito bem escritos e divertidos - reitero que por isto foram escolhidos - a mensagem já nós (mulheres) conhecemos."

Infelizmente, na sociedade actual, não são apenas as mulheres que já nascem sob uma ideia formada. Os homens tambem, e este blog apenas o confirma! Por isso deixem-se de "embirrações seguidas de vitimização."

Divirtam-se mas é, que a "guerra dos sexos" é de quem não tem mais nada que fazer..


TNT @ 02:03

Qui, 27/09/07

 

Creio não ter embirrado, apenas expliquei. Aparentemente mal, uma vez que não me percebeu. Vitimização não tenho jeito, lamento. E embora tenha mais que fazer, parece-me que tenho capacidade para fazer várias coisas. Umas agradam mais, outras menos. Porém, com gestão de tempo e boa vontade, vou conseguindo ainda responder a alguns comentários e tendo algumas opiniões e convicções.


me @ 16:38

Qua, 26/09/07

 

Bolas! Este texto podia ter sido escrito por um homem!

É verdade o que escreveste, mas há pessoas que temos obrigatoriamente que convidar para as festas de família... assim de repente estou a lembrar-me da sogra!... e mais pessoas não me consigo lembrar agora!

Mas olha que eu sigo o teu conselho e sempre que posso evito encontrá-la!!!

gomesh @ 09:45

Qui, 27/09/07

 

Mas as sogras são uma espécie rara... é melhor fazer como eu... tenho apenas dois "sogros"... os pais da cara metade são homosexuais...


me @ 14:59

Qui, 27/09/07

 

Ena pá!

Isso ainda é uma espécie mais rara que a minha respectiva!

gomesh @ 16:02

Qui, 27/09/07

 

Pelo menos não dão dores de cabeça... e apreciam umas boas noitadas!

Delphine @ 22:49

Qua, 26/09/07

 

A verdade é que criticar alguém pura e simplesmente porque essa pessoa não nos agrada não leva a lado nenhum e transmite uma péssima imagem da nossa pessoa. E aqui o nossa é geral, sim porque a classe masculina quando quer criticar consegue ser tanto ou mais viperina que muitas mulheres: é um facto.

Eu constato muitas vezes que a reacção das pessoas que ouvem este tipo de comentários é do estilo "olha está com dor de cotovelo" ou "está picado"; mais, esta reacção vem sempre acompanhada de uma simpatia indelével pela "vitima" criticada pelas costas (também conhecida por "coitadinha.....").

E também verifico que (surpresa das surpresas...) a pessoa que foi criticada descobre o sucedido e passa a embirrar ainda mais com quem a criticou.

E nestes casos quem fica sempre mal é quem manda a "boquinha airosa po ar". Quando a melhor solução é mesmo o desprezo! Temos tão pouco tempo livre para nós que não vale a pena gastá-lo com quem não merece! :)

Mike @ 00:50

Qui, 27/09/07

 

M,
Os textos publicados até ao momento no cantinho do inimigo têm sido demasiado básicos, obvios e, na minha opinião, o primeiro foi até insultuosos à inteligência masculina - só um gajo inseguro de si quer uma mulher submissa.
Mas básico e óbvio não quer dizer mau, não. Somos, acho, regra geral, básicos e óbvios! O que até simplificaria as coisas, caso as mulheres entendessem que o "kiss - keep it simple and stupid (ou keep it simple, stupid!) resulta melhor e traz consigo coisas positivas.
Isto não faz de mim nem um douto conhecedor nem um tipo capaz de escrever melhor do que quem aqui escreveu até agora. Nem tenho essa pretenção!
Também acho que o cantinho do inimigo deve continuar, assim as nossas queridas meninas o queiram, mas é responsabilidade de quem escreve ser capaz de ir mais além. E se pelo que percebi, elas fizeram vários convites a várias pessoas que consideraram capazes de fazer bons textos, quem os aceitou, tem que saber estar à altura do desafio. E não basta contribuir e retribuir, apenas para participar. Porque já sabemos que elas esperam sempre mais dos homens, o que, afinal, até é bom!
Para mim este texto da embirração gratuita está, mais uma vez (como é habitual nos textos da TseTse), bem construido e qualquer um de nós se pode identificar com ele, quer como ser embirrante que já tenhamos sido e quer como amigo de alguém que o é ou foi nalguma situação. E, a não ser que tu, M, tenhas o estigma da embirração, vais perceber que não vale a pena embirrarres (ahahah) com este texto.
TseTse, ainda que não precises que te defendam, eu estou sempre aqui para ti! E se um dia tiveres que lutar contra um dragão ou uma bruxa, um leão ou uma serpente, poderás contar comigo. Chama por mim que eu irei, de espada embainhada, a lutar contra tudo e contra todos, por ti!


tsetse @ 11:03

Qui, 27/09/07

 

Tão querido, Mike!

Prepara aí a espada, que nunca se sabe quando vai ser precisa.

M @ 16:26

Qui, 27/09/07

 

Acusam-me de falta de compreensão e até mesmo de fazer "birra" mas aqui quem não compreendeu (aparte do gomesh que percebeu a crítica e retorquiu dentro do assunto) são vocês.

Nunca critiquei o "cantinho do inimigo", o blog ou as meninas em si. Critiquei sim o post, ao qual continuo afirmar: é básico, é desinteressante (em comparação com o que nos tem sido apresentado) e apenas serviu de desculpa, a meu entender, para criticar "o cantinho do inimigo". (claro, conciso e tão bem escrito como o suposto post, não?)

Estou no meu direito de criticar, desde que o faça com respeito e nexo, assim como está no direito das meninas modera-lo e simplesmente apagar se assim acharem necessário. Agora, poupem-me os comentários bajuladores de tentativas frustradas e as escritas à "cavaleiro andante".

Estas meninas não precisam de homens para as defender. Pior que uma espada, têm elas a língua (ou deverei dizer, dedos?)! E da maneira como falam, também já a escola sabem toda.

Apenas respondi porque não gosto de ser mal entendido. Mais uma vez, continuem com o vosso fantástico blog.

Abraços,
M

Mike @ 02:27

Sab, 29/09/07

 

M,
Eu a ti poupo-te claramente os comentários bajuladores, podes estar descansado!
E quando a vida te correr melhor vais conseguir perceber o espirito da coisa!
Always look at the bright side of life!

gomesh @ 09:40

Qui, 27/09/07

 

Excelente! tenho de discordar da opinião do M... este texto é claro, conciso e acima de tudo verídico ... Creio que todos nós já teremos passado por situações semelhantes, uma vez que esta a vitimização é de facto uma característica muito feminina (que me perdoem as excepções )! Senão vejamos quantas mulheres fazem a vida negra aos ex-maridos depois de um divorcio


tsetse @ 11:04

Qui, 27/09/07

 

Olá Gomesh! Que bom que alguém percebeu o texto...


phia_t @ 11:35

Qui, 27/09/07

 

Também já testemunhei muitas vezes o oposto: a pessoa é completamente estúpida, convencida, má colega... etc, etc, etc... mas, por qualquer razão (normalmente "obscura") caiu nas boas graças de alguém que está sempre a tecer-lhe rasgados elogios sobre qualidades inexistentes

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D