tsetse @ 15:24

Qua, 05/09/07

Depois de avaliar várias relações que têm funcionado a longo prazo e de tomar umas notas, descobri a formula mágica para o entendimento:

Ela:
- Ar cuidado, sem ter que ser muito bonita (só o suficiente para ele se sentir orgulhoso, mas nada de ser muito vistosa para não arranjar problemas nem correr riscos desnecessários).
- Trabalhadora, sem trabalhar horas a mais (nada de muito absorvente para poder ter tempo para tratar da casa e do seu marido e, acima de tudo, sem o afrontar profissionalmente).
- Não é burra, mas também não é muito inteligente (ou, se é inteligente, não convém mostrar).
- Não contraria muito o seu parceiro (a verdade é que eles não sabem lidar com contrariedades).
- Gosta de sexo e pratica regularmente (mas nada de grandes ideias ou loucuras, para não ser mal interpretada) .

Ele:
- Trabalhador e com algum sucesso (para ela ter orgulho nele).
- Não interessa se é bonito ou feio, gordo ou magro (as mulheres não ligam muito a essas coisas, desde que não sejam repulsivos).
- Não interessa se é especialmente inteligente (não vão falar mesmo sobre as alterações climáticas ou do Darfur) .
- É paciente com crianças e com a sua mulher (assim não dá muitas chatices).
- Pode ser injusto, desde que o disfarce bem (low profile, nada de dar nas vistas, para não ser apanhado).
- Mostra-se interessado quando ela fala (mesmo que esteja a levar uma grande seca sobre a vida da colega Amélia lá do escritório) .
- Gosta de ter sexo com a sua mulher (principalmente ao fim-de-semana, quando estão mais descansados).

Nem parece complicado. Principalmente para alguém mediano.
O maior problema é quando se insiste sempre na mesma fórmula errada...

Tsetse



RUIM @ 15:32

Qua, 05/09/07

 

gajas...
ainda bem que existem.

Hailstorm @ 16:43

Qua, 05/09/07

 

...E aqui está um tema que dá pano para mangas...

Confesso que apesar de já tal dilema me ter assombrado o entendimento, e apesar de ter uma ideia algo formada, debrucei-me apenas num ponto especifico...A beleza.
Aplica-se a ambos os sexos e traduz-se da mesma forma independentemente de qual ele seja na dita relação duradora.
Aqui pelos meus lados diz-se que "uma mulher bonita é um convite a um par de cornos".(desculpa-me a expressão algo rude), o povo lá sabe,e como já anda nisto á muitas luas (o povo), não deve ser descurado tal aviso.
Ele/Ela devem ser bonitos/atraentes q.b. porque quando se é demasiado belo o sexo não vale um tusto (nada, zero), estão habituados a que tudo lhes caia no colo, e o egocentrismo são um dado adquirido. São secos de humor (estão habituados a deixarem-se entreter), e todos os motivos de conversa terão obrigatoriamente que passar pelo seu protagonismo.
Ora, penso que tudo o supracitado numa relação, terá uma indirecta proporção no tempo da mesma.
Lamento não ter mais o que adiantar porque a minha experiencia limita-me, mas que é um ponto valido..ah isso é!!!
Desculpa o tamanho da dissertação, mas como te disse é tema que dá muito que falar.
Espero que tinha sido de alguma utilidade para a menina e o seu tema, que ultimamente tem sido algo apimentados (leia-se polémicos q.b.).
E que venha o próximo ...



tsetse @ 16:51

Qua, 05/09/07

 

É sempre de utilidade saber a opinião dos nossos leitores, principalmente dos mais activos.

Achas que este post foi muito apimentado?


Hailstorm @ 17:02

Qua, 05/09/07

 

Com o passar dos comentários, e o teor dos mesmos, verás que eu tenho alguma razão...o tempo o dirá.
Tudo o que envolve relações entre homem e mulher, quer sejam sociais, laborais, sexuais ou mesmo politicas tem sempre o seu condimento...e convenhamos que ultimamente tem sido em cheio nos 50 pontos.




TNT @ 17:31

Qua, 05/09/07

 

Ou muito me engano, ou o hailstorm está a confundir-nos, não te parece, Tsetse?


tsetse @ 17:34

Qua, 05/09/07

 

Pois, TNT; os últimos posts foram escritos por ti...

Hailstorm, este blog tem mesmo mais do que uma autora. Não é tudo escrito por uma pessoa com múltiplas personalidades.


Hailstorm @ 17:43

Qua, 05/09/07

 

Não creio que me confunda assim tão facilmente...

Alias, o post sobre a tecnologia e as mulheres é a prova disso mesmo, não te parece tsetse?

Tambem já sei que as meninas são mais complexas que um diabinho(a) e que um anjo, e como tal tive que recorrer a todo o meu arsenal para conseguir separar as aguas (fiz alguma pesquisa).
Alem disso TNT, tens que me dar uma abebiazinha...Faço parte das criaturas tolas.



TNT @ 17:54

Qua, 05/09/07

 

Sou obrigada a discordar contigo....
Na minha opinião, fazes parte das criaturas iluminadas... (e mais não digo!)

Hailstorm @ 17:57

Qua, 05/09/07

 

Vindo de ti, esse é um grande elogio para mim...

Beijo...(e mais não digo...)


Hailstorm @ 17:16

Sex, 07/09/07

 

...e assim chegamos aos 50 pontos.

Não me enganei por muito, pois não tsetse.
Não obstante, congratulo-te pela pertinência a pela precisão do post ...e, porque não regozijar-me um pouco pela minha perspicácia .
Tenho alguma facilidade em reconhecer potencial em quem o tem...é um tipo de sexto sentido Hailstorminesco.

Continua o (bom) trabalho.

Gonçalo Cruz @ 16:51

Qua, 05/09/07

 

Não que estivesse a colocar a minha virilidade em causa, mas fico contente por encontrar uma opinião que não concordo.

Se fosse assim lia-se um livro e ficava-se expert em relações (e eu já pus à prova balelas de livros e não resultou).

Cada pessoa é como é e tem de ser tratada de maneira diferente da outra, tratar uma namorada da mesma maneira que a anterior, para alem de ser de muito mau gosto não costuma resultar (a não ser que se seja alguém completamente obcecado que vai à procura de uma que seja psicologicamente igual à anterior, suponho que isso não aconteça só nas novelas).

Enfim estas coisas não foram feitas para serem fáceis. (E ainda bem!)


tsetse @ 16:55

Qua, 05/09/07

 

Eu não disse que funcionava sempre. Seria necessário que todos os intervenientes conseguissem cumprir todos os pressupostos. (Não basta um)

Gonçalo Cruz @ 17:05

Qua, 05/09/07

 

Sim eu entendi a ideia... mas mesmo assim não me parece que baste os dois cumprirem essa "fórmula" cada pessoa tem a sua personalidade.

Por exemplo, embora que a maioria das mulheres não liguem muito ao físico(?) há sempre aquelas fúteis que fazem dele o critério de escolha.

E isto é só um exemplo...


ladybug @ 18:53

Qua, 05/09/07

 

Hmm... E portanto, é científico que a formula dá resultado?...

Ora vejamos... Falhava logo no 1º ponto: a natureza beneficou-me com um par de maminhas que é impossível não ser vistosa... O 2º, é para esquecer. O meu melhor amigo é o computador. No 3º, até me podia passar fazer passar por burra. porque não? Até podia pintar o cabelito de louro. Certo. Passando ao 4º ponto: esta m*** de ter vontade própria é lixada. Não dá... O 5º ponto, parece-me aberto a discussão :).

Ok, então e a receita para nós, gajas, que não fomos programadas para satisfazer exclusivamente os homens e que até vivemos e trabalhamos num mundo de homens?!? :)

Beijoca,

Joana


tsetse @ 19:36

Qua, 05/09/07

 

Eheh, eu também falho em vários itens e tenho alguma dificuldade em passar a cumprir a fórmula à letra.

Se calhar é por isso que nunca tive uma relação realmente duradoura. Ou será porque andei a escolher mal?


deirdre @ 18:53

Qua, 05/09/07

 

Não sei se existe mesmo uma fórmula para que as relações sejam duradouras... eu acredito que para que isso aconteça tem que existir amor verdadeiro, e acho que o"amor verdadeiro" não é apenas aquele sentimento que não se consegue descrever. Amor verdadeiro, penso eu, exige um boa dose de paciência, dedicação, atenção e carinho redobrado.
Querem a minha opinião? Não?Mas eu vou dar! Acho que existem poucas relações duradouras porque é mais fácil desistir de lutar. Porque vivemos tempos de egoísmo, de pouca paciência e do " deixa andar"...


tsetse @ 19:39

Qua, 05/09/07

 

Será de egoísmo ou de iluminismo? Eu não tenho saudades nenhumas dos tempos em que as mulheres sofriam horrores para manter um casamento.


deirdre @ 09:34

Qui, 06/09/07

 

Sim, também não sou a favor do que se passava hà uns anos atrás, em que a mulher vivia em completa opressão e escondia mtas vezes o seu sofrimento em prol das aparências. Sou totalmente contra essa mentalidade. Aliás neste momento os meus pais estão em vias de separação e na minha opinião já deveria ter acontecido hà muito mais tempo!
Uma relação duradoura tem de se basear no dar e receber, na cedência em alguns aspectos( desde que não deixemos de ser nós próprios).
Em relação à fórmula, acredito que algumas relações sejam mantidas segundo aquelas regras...eu não consigo encontrar grandes coincidências com a minha relação, mas secalhar é porque ainda é curta ( 4 anos)! Antes que me esqueça, parabéns ao blog, continuem!

António Manuel Dias @ 19:59

Qua, 05/09/07

 

A nossa relação (http://maracuja.homeip.net/blog/comentarios?art=219) não é muito longa, mas também já não se pode considerar uma coisa passageira: conhecemo-nos há 17 anos, apaixonámo-nos há 11 e vivemos juntos há nove e meio. Há quase dois anos adoptámos uma menina. E continuamos juntos, apesar do stress que isso envolveu. Nunca tivemos uma discussão do tipo de atirarmos insultos um ao outro. Nunca tivemos um amuo do tipo de deixarmos de nos falar. Nunca pensámos em terminar esta ligação.

E no entanto... olhando para as listas deste artigo não nos revemos em muitos dos itens.


tsetse @ 21:28

Qua, 05/09/07

 

Então, por favor, deixe aqui a sua fórmula.

Mike @ 20:21

Qua, 05/09/07

 

TseTse ,
Concordo em absoluto com essa fórmula.
E agora faço como os outros: e mais não digo... :-))
Não digo, mas escrevo, que se eu venho aqui ler os textos absolutamente interessantes desta querida TseTse , é para escrever coisas, para comentar, para acrescentar algo ao post , para ter "voz" junto do mundo cor-de-rosa!
Então cá vai:
No ele,
eu sou trabalhador e tenho algum sucesso,
como não importa se sou bonito ou feio, avanço para o ponto seguinte,
Eu e as crianças temos uma relação assim do tipo amor-ódio : adoro-as nos primeiros 30 minutos, mas depois só à chapada! Eu e as mulheres, aí sim, tenho paciência, sou gajo para ir com uma mulher às compras e ajudar a escolher, e sugerir, e dar opinião, e sentar-me no chão à entrada dos provadores até ela ter experimentado a loja toda, e não é tanga (só não o faço na bershka , na zara na stradivarius ou lojas assim cheias de confusão que parecem a feira de Carcavelos ou de Custóias ), sou mesmo de fazer isto, só não me peçam para imaginar aquele vestido com aqueles sapatos prateados que ela tem lá em casa. Sou de constactar , executar ou indicar, agora de imaginar, guardo a imaginação para outras coisas! Digam lá que um tipo assim não é uma jóia ?
Não sou injusto, ás vezes sou é teimoso!
Sou bom ouvinte, pelo que este ponto é tolerável
Gosto de ter sexo, de preferência com a minha mulher! Mas (sim, há sempre um mas) se a relação for séria, daquelas mesmo sérias, SÓ GOSTO DE TER SEXO COM A MINHA MULHER. Já ter só olhos para ela, isso, é-me difícil , dado que eu sou um esteta! e por isso tenho necessidade de apreciar as obras de arte! mas fico-me por aí! e faço-o de forma clara, para que não possa ser acusado de trair em pensamento! isso nunca

E já agora, se souberem de uma mulher aqui do norte que tenha o requisito Ar cuidado - isso é importantíssimo para mim, bem como não ser gorda (até pode ter uns pneuzinhos ) - e o requisito Gosta de sexo e pratica regularmente e, acrescento, apenas com o seu companheiro!
Que não tenha mais nenhum dos requisitos apresentados, mas que tenha os que acrescento:
[Error: Irreparable invalid markup ('<br [...] <a>') in entry. Owner must fix manually. Raw contents below.]

TseTse , <BR>Concordo em absoluto com essa fórmula. <BR>E agora faço como os outros: e mais não digo... :-)) <BR>Não digo, mas escrevo, que se eu venho aqui ler os textos absolutamente interessantes desta querida TseTse , é para escrever coisas, para comentar, para acrescentar algo ao post , para ter "voz" junto do mundo cor-de-rosa! <BR>Então cá vai: <BR>No ele, <BR>eu sou trabalhador e tenho algum sucesso, <BR>como não importa se sou bonito ou feio, avanço para o ponto seguinte, <BR>Eu e as crianças temos uma relação assim do tipo amor-ódio : adoro-as nos primeiros 30 minutos, mas depois só à chapada! Eu e as mulheres, aí sim, tenho paciência, sou gajo para ir com uma mulher às compras e ajudar a escolher, e sugerir, e dar opinião, e sentar-me no chão à entrada dos provadores até ela ter experimentado a loja toda, e não é tanga (só não o faço na bershka , na zara na stradivarius ou lojas assim cheias de confusão que parecem a feira de Carcavelos ou de Custóias ), sou mesmo de fazer isto, só não me peçam para imaginar aquele vestido com aqueles sapatos prateados que ela tem lá em casa. Sou de constactar , executar ou indicar, agora de imaginar, guardo a imaginação para outras coisas! Digam lá que um tipo assim não é uma jóia ? <BR>Não sou injusto, ás vezes sou é teimoso! <BR>Sou bom ouvinte, pelo que este ponto é tolerável <BR>Gosto de ter sexo, de preferência com a minha mulher! Mas (sim, há sempre um mas) se a relação for séria, daquelas mesmo sérias, SÓ GOSTO DE TER SEXO COM A MINHA MULHER. Já ter só olhos para ela, isso, é-me difícil , dado que eu sou um esteta! e por isso tenho necessidade de apreciar as obras de arte! mas fico-me por aí! e faço-o de forma clara, para que não possa ser acusado de trair em pensamento! isso nunca <BR><BR>E já agora, se souberem de uma mulher aqui do norte que tenha o requisito Ar cuidado - isso é importantíssimo para mim, bem como não ser gorda (até pode ter uns pneuzinhos ) - e o requisito Gosta de sexo e pratica regularmente e, acrescento, apenas com o seu companheiro! <BR>Que não tenha mais nenhum dos requisitos apresentados, mas que tenha os que acrescento: <BR class=incorrect <a name="incorrect">Intelingente</A> </A>e interessada no conhecimento geral, na música, em cinema, em gourmet (que não é o mesmo que comer desalmadamente!) e em vinhos, que trabalhe e seja bem sucedida, e que tenha dinheiro à brava (este requisito é opcional, pois se for profissionalmente bem sucedida terá algum para se governar!) Ah! e que goste de algum espaço e tempo só para si! <BR>Como dizia, se conhecerem uma que seja assim, reforço, aqui do norte, não lhe querem dar o meu e-mail? vidaquaseperfeita@gmail.com ) <BR>Obrigado! <BR>P.S.: Só mais um requisito: que espumante ou champagne para ela não seja sinónimo de asti gancia !


tsetse @ 21:32

Qua, 05/09/07

 

Caro Mike, estou quase com pena de já não morar no Porto e de não ter planos para voltar. Se não, até fazia uma dieta...

De qualquer forma, tenho algumas amigas aí que correspondem aos seus requisitos. Tenho que lhes mandar o seu blog...


Mike @ 21:49

Qua, 05/09/07

 

Admirável TseTse,
Não creio que tivesse que fazer alguma dieta.
É uma pena que não esteja por perto, seria seguramente um seu assumido candidato. Proporcionar-lhe-ia uma vida quase perfeita, e, tornar-me-ia um ser abençoado por a ter para mim.
Mas dado que isso não acontece, vou guardar a poesia para as amigas a quem me recomendares!
Ficarei à espera, mas enquanto isso não acontece, vou ali tomar café e já volto!

Porthos @ 23:50

Qui, 06/09/07

 

Pois,

Parece que quem não aparece esquece, e eu já não estou a gostar nada disto.

Sr. Mike, só faltam mesmo uns violinos de fundo à escrita..

Vou ter que intervir brevemente!

TseTse não te esqueças de mim...oh não...


gomesh @ 09:35

Qui, 06/09/07

 

Se calhar é mesmo só a mim... mas... SOUNDS BORING...
Não sei se terei um opinião errada de ti mas não me parece que será também o tipo de relação que uma autora deste blog procurasse...



tsetse @ 12:01

Qui, 06/09/07

 

Eu disse que deve ser fácil para alguém mediano...



Eu teria muita dificuldade em cumprir várias das regras. Principalmente a de não contrariar o parceiro.
...E, bem-vindo, Gomesh, já estava cheia de saudades tuas!

gomesh @ 12:20

Qui, 06/09/07

 

Que alívio... e eu a pensar que uma das minhas paixões platónicas" afinal me tinha enganado

E bom estar de volta... principalmente depois de experimentar os maus serviços of her majesty's NHS "... mas isso são águas passadas... é bom ver que as férias não afectaram o espírito critico de ninguém para estes lados


TNT @ 12:32

Qui, 06/09/07

 

Boring é pouco! Uma seca de primeira!
Para mim, as coisas têm de andar sempre na red line, no limite, para eu gostar. Para mediania já me bastam outras coisitas na vida, que não posso evitar.
Mas para quem é paciente, especialmente estratega e acima de tudo, desprovido de grandes emoções (dadas ou recebidas), parece-me a fórmula perfeita!!

gomesh @ 12:45

Qui, 06/09/07

 

Pois... aqui está o fiery spirit " das autoras deste blog que me faz regressar a cada vez
E como é habitual faz sentido... pelo menos para mim...
Não temos de ser (demasiado) conflituosos... mas precisamos de qualquer coisa que nos faça andar...

A nossa "cara metade" quer vestir-se de forma bela e provocante, ainda bem... é nossa os outros que se roam de inveja!
Ela quer tomar a iniciativa na cama... ainda bem... nada como sentir tesão (perdoem-me por ser tão vulgar) pela pessoa com quem estamos (aliás... o dia em que não o sentimos... time to move on ...)...

Cláudia @ 10:06

Qui, 06/09/07

 

A fórmula mágica do bom entendimento?!
...eu sinceramente acho que não existe... é difícil chegar a um meio-termo de opiniões...
Sim, porque NÓS mulheres no nosso caso são sempre mal interpretadas...
Passo a citar:
Ar cuidado, sim tudo bem…mas se nos arranjamos demais é para chamar a atenção do gado masculino, se não nos arranjamos é porque somos desleixadas e temos a auto-estima em baixo…;
Trabalhadoras, é o que eles mais querem...alguém que lhes faça sentir como se estivessem a morar num Hotel SPA 5 estrelas...tudo pronto sem mexer uma palha… mas tb não podemos exagerar se não é pk somos as viciadas em detergentes e temos a mania das limpezas;
Inteligência...por norma os homens têm a ideia de que são sempre mais inteligentes que nós...e aos olhos estrábicos deles, não podemos ser (parecer) demasiado burras…não é algo bonito para se mostrar aos amigos…mas provando o contrário sentem-se inferiorizados….somos rotuladas como intelectuais;
Grau de contrariedade….os homens gostam de ter sempre razão independentemente do que fazem e do que dizem… de tomar decisões….se os contrariamos, somos uma chatas teimosas que temos sempre de levar a nossa avante…mas se nós não nos manifestámos é pk não temos sentido de opinião e não lhes damos valor…;
Sexo…. (esta é super fácil) …. Á vontade deles era todos os dias e cada vez que a oportunidade surgir-se…. (não importa quando…aonde….e com quem…) de experimentar coisa novas… (daquelas que lêem nas revistas machistas) porque para eles na variedade e quantidade é que está o ganho…mas se alinhámos na brincadeira, é porque somos demasiado fáceis…como têm medo de “não dar conta do recado”…chamam-nos taradas que não lhes damos descanso….se não demonstramos vontade…é porque somos umas desconsoladas que contribuímos para a rotina sexual!
Se tomamos iniciativa….somos taradas…não presta!
Se temos uma ideia mais picante e atrevida em mente….ui ui…cuidado “onde foste buscar isso???”…..mas temos sempre de saber respeitar se eventualmente o seu membro júnior não estiver nos melhores dias…
Arreehhhh….existe para os homens algum meio-termo de satisfação!?...dúvido!!!

Babe @ 11:56

Qui, 06/09/07

 

Pois... já vi N casais assim e depois toda a gente fica parva ao vê-la deixar o marido por um pedreiro todo apetitoso e ele a sair de casa para ir viver com uma gorda, sem atrativos...


tsetse @ 13:44

Qui, 06/09/07

 

Pois é, Babe. Nem todos querem ser medianos. E há também os outros, os que querem mas não conseguem...

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D