tsetse @ 14:05

Ter, 19/06/07

Estava eu, ao almoço, a falar sobre a igualdade de deveres domésticos com alguns exemplares do sexo masculino e eis o que eu ouço:
"Esses homens não ajudam em casa pois sabem que têm alguém para fazer tudo", "se têm alguém que o faça, para quê complicar", "elas só ficam nessas relações porque querem" e "têm o que merecem, pois se não gostassem iam-se embora".

Pois é... Achavam que eles vos iam valorizar pelo vosso trabalho dobrado? Que vos iam achar umas super mulheres, salvadoras do sagrado matrimónio? Enganam-se. Acham-vos umas otárias.

Por isso, minhas amigas, acordem! Escolham a pessoa certa e eduquem-na desde o início. O coitadinho não sabe passar a ferro? Então que aprenda. Nada de dizer "deixa lá, eu faço". Isso implica fazer para sempre.

Se todas as mulheres forem coerentes, exigirem a partilha de tarefas e educarem os filhos a não compactuar com injustiças, não teremos que passar por isto.

Porque a verdade é:
A maior parte dos homens tem um comodismo superior à sua vontade de ser justo.

Tsetse


Bu @ 14:23

Ter, 19/06/07

 

Relativamente a este assunto posso comparar o meu "mais que tudo" ao meu Rottweiler...
Foi preciso repetir umas quantas vezes, mas ele chegou lá :)


tsetse @ 14:36

Ter, 19/06/07

 

E fizeste muito bem!

Se não percebem à primeira, temos que insistir Assim, não há confusões, nem desculpas para dizer: "Eu não preciso ajudar pois a minha mulher gosta de fazer as tarefas domésticas sozinha."

Fá @ 14:58

Ter, 19/06/07

 

Ainda há muitos exemplares, que acham o trabalho doméstico uma obrigação feminina. Lá está, é como dizes tem que ser uma educação desde o berço.


tsetse @ 15:07

Ter, 19/06/07

 

Eles sabem que, quando a mulher trabalha tanto como eles, não é uma obrigação... Mas, se elas fazem e não reclamam, eles pensam que é porque gostam ou que é melhor aproveitar.

Isso, quando pensam. A maior parte das vezes, preferem nem pensar no assunto. É mais fácil fingir que é normal e desfrutar da benesse...

Elora @ 15:55

Ter, 19/06/07

 

É tudo verdade e eu tenho a prova cá em casa. Ou fazemos os dois ou ninguém faz. E funciona.

Mike @ 16:28

Ter, 19/06/07

 

TseTse,
Estás preparada para assumir a responsabilidade de, caso este manifesto para a igualdade feminina na partilha das tarefas do lar seja aceite por muitas mulheres, seres acusada de destruidora de lares e responsável pelo aumento repentino dos divórcios em Portugal?
Eu acho isso tudo muito bem dito e escrito, mas já por causa disso estou sózinho e tenho uma mulher a dias para fazer tudo o que eu não gosto de fazer. Aliás, sou da opinião que devemos pagar para que alguém o faça por nós!
Quando não me apetece cozinhar vou ao restaurante, mas quando cozinho tenho a noite ganha pois a minha veia culinária, só superada pelos grandes chefs nacionais e internacionais, é apreciada pelas minhas convidadas e têm quase sempre direito a retribuição do carinho, criatividade e dedicação que coloco nos pratos que confecciono.
Assim sendo, cozinhar é para mim duplamente estimulante. Tarefa superada!
A loiça vai para a máquina de lavar, e a empregada trata do resto. Por isso pergunto, é assim tão difícil dividir tarefas? Pra mim não!


tsetse @ 16:52

Ter, 19/06/07

 

Mike, eu sou adepta das mesmas tácticas: viver sozinha, ter máquina de lavar a louça e pagar a alguém para fazer o resto.

Mas nem todos têm a mesma sorte...



P.S.: Os dotes culinários masculinos são muito apreciados pela maioria das mulheres. Vais pelo caminho certo!

Mike @ 20:47

Ter, 19/06/07

 

E tu TseTse, fazes parte dessa maioria que aprecia os dotes culinários (obviamente que aliados a todos os outros dotes)?


tsetse @ 00:29

Qua, 20/06/07

 

Sim. Mais um ponto para o Mike!


Homem Modelo @ 17:15

Ter, 19/06/07

 

Mas que mania que as mulheres têm de dizerem mal dos homens que não ajudam em casa.
De acharem que esses tipos são machistas.
É preciso ter muita lata.
Fazem as compras do mês à vontade, sem um homem a dar palpites;
Cozinham o que muito bem entendem, sem que o homem lhes dê opinião;
Sentam-se à mesma mesa que ele;
Comem ao mesmo tempo e do mesmo tacho que ele;
Ficam à vontade, sózinhas, na cozinha, a lavar e a arrumar a loiça;
Depois sentam-se ao seu lado, no sofá, a ver televisão;
Quando ele quer, levam uma queca;
Têm o o privilégio de terem sido escolhidas para lhes dar filhos e para cuidar deles;
Nunca um homem bota defeito na casa (se está ou não bem arrumada);
O homem confia na sua mulher, e só nela, para lhe tratar da roupa;
Quando o casal sai à rua, o homem deixa-a caminhar a seu lado, para que as amigas dela se roam de inveja;
E AINDA RECLAMAM?!
Querem mais o quê? Porrada? Desconfiança? Que ele arranje uma amante?
Se não querem o que têm, andor.
Se querem, xxxxxiiiiiiiuuuuuuu. Pouco barulho. Caluda.


tsetse @ 17:46

Ter, 19/06/07

 

Concordo com a parte final: se não estão felizes com o que têm, passem para outro.

Eu, se por engano, tivesse namorado com alguém como este nosso amigo "Homem Modelo", teria passado para outro, com certeza.


TNT @ 18:07

Ter, 19/06/07

 

Homens destes é que eu gosto!
Para poder papar os amigos todos dele...
E gozarmos com o tamanho da pila dele enquanto nos embrulhamos no seu sofá...
E depois quando vier do trabalhinho sabe quem é que está à sua espera para o satisfazer?
A Cátia e a Vanessa, mais conhecidas pela suas mãozinhas esquerda e direita...


Cláudia Oliveira @ 22:22

Ter, 19/06/07

 

Não esperava outra resposta... ÉS GRANDE!!!!!!!!!!!

Portus @ 23:07

Ter, 19/06/07

 

Assim é que eu gosto uma diz mata outra esfola!!! É o verdadeiro duo dinâmico!!

Muito bem!

Já agora dizem que fazer com a esquerda nos torna mais inteligentes :-)

não me peçam para dizer o nome @ 20:04

Ter, 19/06/07

 

não sei porquê mas não vontade nenhuma de rir.


tsetse @ 20:13

Ter, 19/06/07

 

Nem a mim, "Não me peçam"...


AlfmaniaK @ 21:18

Ter, 19/06/07

 

Então?!... Calma! Tenhamos calma!
Evidentemente que esse fulano abordou isto com um sentido de humor crítico, tipo caricatura... não me parece que alguém que defendesse este discurso viesse dar a sua opinião assim, aliás o anonimato justifica isso. Pessoalmente não partilho em parte alguma com o que ele escreveu, mas dá para rir! É uma questão de sentido de humor.

Vá lá. Não me atirem com pedras, que à pala deste post e outros já passei a ajudar mais em casa.


tsetse @ 00:31

Qua, 20/06/07

 

Graças ao nosso blog passaste a ajudar mais em casa?
Ah, estou tão orgulhosa!


não me peçam para dizer o nome @ 20:02

Ter, 19/06/07

 

brilhante, homem modelo és um verdadeiro cavalheiro e muito romântico . aposto que foi assim que conquistaste a tua mulher. realmente deve ser um privilegio caminhar ao teu lado. estou mesmo convicto de que não há mulher no mundo que não sonhasse comer ao mesmo tempo e do mesmo tacho que tu e que não se roa de inveja daquela que tem o privilegio de caminhar ao teu lado na rua e de dar uma queca contigo quando lhe apetecer. um homem como tu, que nunca bota defeito na casa, é muito difícil de encontrar nos dias de hoje. é preciso muita coragem para se atemorizar a companheira com ameaças verbais com o fim de impormos a nossa vontade. sim senhor, não tenho duvida que és um exemplo de chefe de família ... ah, já agora e só a titulo de curiosidade, sabias que a violência domestica é considerada crime de delito comum e dá cana que se farta (isto é, a tua mulher mesmo que queira retirar a queixa, não pode e um vizinho teu se quiser pode denunciar-te)? e mais, sabias que elas agora rebentam a cabeça deles à chumbada e, como dizem os camones , "walk away "?


cigana @ 22:56

Ter, 19/06/07

 

CALUDA A TODOS! OUÇAM-ME BEM!
Se alguma vez na vida eu sofrer de Alzheimer e passar pela sua toca, se me sentar à sua mesa para comer do seu tacho, matem-me por favor, não vá ser dia do privilégio supremo!


tsetse @ 00:33

Qua, 20/06/07

 

Matar, não... mas chamar-te à razão, com certeza!



TNT @ 00:52

Qua, 20/06/07

 

Internar, pronto...
Uma camisinha de forças e não se fala mais nisso!

Filomena @ 18:09

Ter, 19/06/07

 

Quem "ajuda" nas tarefas domésticas são as empregadas a quem se agradece para além de se lhes pagar.
Quem vive, come,dorme, utiliza o wc, desarruma e suja uma casa tem a OBRIGAÇÃO de cuidar dela. Ter nascido com vagina ou pénis não interfere em nada com as mãozinhas, por isso, cheguem-se todos à frente. Quem não souber aprende. Quem não quer fazer, paga a quem faça.
Isto é que é justo, o resto são conversas e só cai nelas quem quer.
Se nem uma "lobotomia" muda os "modelos" que para aí andam, então o melhor é mesmo um parzinho de patins e "Ala que se faz tarde".


tsetse @ 00:34

Qua, 20/06/07

 

Tens toda a razão! Os homens não devem ajudar, mas partilhar as tarefas!

Bu @ 10:16

Qua, 20/06/07

 

Não podia estar mais de acordo...

AnaV @ 19:28

Ter, 19/06/07

 

Mas minhas senhoras.... não comecem logo com aquele feitio que nos é tão caracteristico quando as coisas nao ficam logo bem feitas... comentaros do genero "Nem uma loiça sabes lavar, valha me deus" são dispensaveis, porque alem da discussão certa, fica aquele ambiente cada vez que se aproxima a fascina... e eles pensam...ora ora levo na cabeça se faço e quando não faço... conseguem perceber qual sera a escolha...


Nota: Valha nos a empregada....


tsetse @ 19:33

Ter, 19/06/07

 

Exacto! Há que incentivar! No máximo, damos umas dicas simpáticas, para eles melhorarem.

Até porque há aqueles que fazem mal de propósito, para que a mulher desista.


Bu @ 10:20

Qua, 20/06/07

 

E quantas vezes o meu "mais que tudo" já fez de propósito, mesmo detestando as coisas mal feitas!
Mas desde o inicio era: ou fazemos os dois, ou ninguém faz... Fique bem ou mal feito, ele é "obrigado" a fazer.
Não sou só eu que sujo a casa! Por isso enquanto não pudermos pagar a uma empregada doméstica, se os dois trabalhamos, os dois limpamos e arrumamos.
"E mai nada!!"


tsetse @ 13:37

Qua, 20/06/07

 

Exacto.

O problema é que muitas mulheres não percebem que estão a ser manipuladas.

Outras, esperam tão pouco da sua cara metade, que basta ele levantar a mesa, para elas ficarem todas agradecidas. Se elas soubessem o que eles dizem nas suas costas...


Portus @ 22:59

Ter, 19/06/07

 

Calma! Calma!

Daqui a pouco começam a queimar os soutiens!!

Curiosamente outro dia estava a almoçar com cinco mulheres (sim sou um sortudo) e o tema da conversa foi mesmo o que faziam, ou não, os repectivos maridos/companheiros/amigos coloridos. Liguei o modo antena parabólica, fechei a boquinha, inclinei-me para trás, observei e aprendi. (falarei sobre isso no meu blog em breve)

Como é obvio, há de tudo! Desde os verdadeiros sostras (a tsetse sabe o que isto quer dizer), passando pelos machões, os "pau mandado", os "já vou" e os verdadeiros Tony Danza.

Tudo isto para dizer o seguinte às minhas amigas - os homens vão, até onde os deixarem ir!!

......e não, não são todos iguais!!!


www.oclubedosmosqueteiros.blogspot.com


tsetse @ 00:38

Qua, 20/06/07

 

Exacto, "os homens vão até onde os deixarem ir" e é por estas e por outras que escrevo este tipo de posts. Mais: o Estado devia subsidiar as autoras deste blog pelo serviço público que prestam!



TNT @ 00:54

Qua, 20/06/07

 

Essa é que é essa!
Apoiado!

Mike @ 01:38

Qua, 20/06/07

 

Portus, naquele nosso "duelo", sinto que te feri de morte!
TseTse,
A questão que levantas com este post, entre nós nunca se levantaria. Eu tudo faria para que não te cansasses, porque às Deusas, as tarefas que se exigem estão muitos níveis acima da tarefa doméstica. Cozinhar é-me um prazer e ambos temos máquina de lavar loiça. E tudo o resto seria feito pela mulher-a-dias. Por isso, todo o tempo que nos sobraria, poderia ser usado na doce tarefa de alimentar o amor... e os blogs!!!!!! (ao que parece, não obrigatoriamente por esta ordem!)
Acabei de "fazer" duas máquinas de roupa e a todos os homens modernos que aqui já comentaram ou comentarão, pergunto: "fazer" máquinas de roupa é uma merda não é? Ah! Não sabem?! Então que tarefas partilhamos em casa? Ah! Está mesmo dividido! Vocês sujam e elas limpam? Vocês desarrumam e elas arrumam? Modernaços, sim senhor! Ainda está para nascer o homem que faz tarefas domésticas por prazer e não porque elas obrigam! É que nem é porque é mais justo! É só porque elas obrigam, confessem! Confessem!


tsetse @ 13:15

Qua, 20/06/07

 

Eheh! Sim, senhora, fizeste-me rir (mais um vez).


Kore @ 23:53

Ter, 19/06/07

 

Humm... só para aliviar o clima... há aqui uma obsessão com tachos ou é impressão minha?

Ninguém aqui aspira? vocês devem viver enterrados em codões de pó ihihi

Cheers,
Kore


tsetse @ 00:44

Qua, 20/06/07

 

Normalmente, a actividade que suscita mais fitas não mete tachos nem pó: é passar a ferro.

Um dia ouvi um rapaz a contar a seguinte história: estando farto de ter que passar a ferro, começou a passar mal (e de propósito) a roupa da mulher. Ela, sensibilizada por ele tentar, mas aborrecida por ter toda a sua roupa mal passada, decidiu começar ela a tratar do assunto. Conclusão: ele conseguiu o que queria e ainda ficou bem visto.


Kore @ 09:21

Qua, 20/06/07

 

O meu passar a ferro é, confesso, uma desgraça ... tendencialmente recorro ao outsourcing - a bela da lavandaria

Cheers,
Kore


tsetse @ 13:16

Qua, 20/06/07

 

Para quem pode, é uma óptima ideia!

Kore @ 14:15

Qua, 20/06/07

 

Ou se pode, ou se faz por isso...
Para coitadinho é que não sirvo

Cheers,
Kore

Miguel @ 13:13

Qui, 21/06/07

 

Eu passo a ferro melhor do que a minha mulher.
Mas demoro mais tempo, tipo, o que ela leva uma hora a passar, eu levo hora e meia (quase).
Resultado, ela não quer que eu passe.
Seu pego numa camisa e no ferro, vem logo ele e zás, dá cá q'eu passo.


tsetse @ 13:24

Qui, 21/06/07

 

Pode haver muitas razões para ela o fazer, como, por exemplo:
- ela querer ajudar
- ela não ter paciência
- ela subestimá-lo

monge @ 00:41

Qua, 20/06/07

 

De todos os comentários até aqui publicados só discordo, naturalmente, daquele grunho(que em sentido figurado significa "aquele que faz soltar voz semelhante ao grunhido do porco", just for the record) que se apelida de Homem Modelo (talvez, e só, por trabalhar como caixa em algum supermercado porque não encontrei outro significado para a palavra "modelo") ...E estou a ser simpático para com o porco, que não tem culpa nenhuma da existência desta criatura!... Bom, chega de lhe dar o protagonismo que não merece, peço desculpa, mas não me contive...

...do post
Há já muitos anos e desde bem novo, por situações familiares, que me habituei a ter de arrumar e limpar aquilo que desarrumava e sujava. E até hoje,se quero viver numa casa limpa e organizada, seja quando vivo sozinho ou nalguma das tentativas em que fiz de partilhar o mesmo tecto, isso faz parte da minha rotina. Sempre fez. É como lavar os dentes: faço porque é higiénico e saudável, e não espero que ninguém mos venha lavar!

Penso que a expressão "divisão de tarefas" soa um pouco a contracto onde há uma atribuição de deveres para poder usufruir dos direitos, e parece subentender uma dificuldade de harmonia na casa e das pessoas que lá vivem. O "eu só faço se o outro/a fizer" soa a conversa de funcionário público...que também julgo contra-producente. Lembra-me o impasse productivo numa empresa em que o patrão paga o indespensável para que o empregado não vá embora e o empregado faz o mínimo possível pra não ser despedido...

Acho uma pena ainda vivermos as relações desta forma, em que esse tema tenha que ser posto em cima da mesa pra ser discutido, por falta de cada um resolver o problema por antecipação.
Mas acredito, infelizmente, que na maior parte casos só mesmo assim... e, e...


tsetse @ 00:59

Qua, 20/06/07

 

Caro Monge, o ideal seria todos os homens pensarem assim com naturalidade e não ser necessário escrever posts como este.

Que bom que é saber que há homens assim...


Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D