TNT @ 00:01

Seg, 07/05/07

Em conversa com a minha esteticista, revela-me que o negócio esteve mal durante o Inverno mas que agora com os primeiros dias de sol que a coisa se vai equilibrar, porque vem aí a praia e que as mulheres voltam à depilação e tal... “Dizem-me elas, ah o meu marido não se importa, ele gosta de mim de qualquer maneira... Tá bem, tá. Depois admiram-se que as brasileiras e ucranianas lhes roubem os maridos... Se tiverem de escolher entre umas pernas depiladas e outras cheias de pêlos, quais acha que eles vão escolher??”

À noite num bar com amigos, comento esta conversa como possível tema para um post, quando uma amiga que trabalha num bairro social, me diz que lá é fácil diferenciar as mulheres solteiras das casadas. As solteiras andam todas produzidas (dentro do género) e as casadas andam todas de bata... Mesmo que tenham 18 aninhos.

Enquanto andam à caça, enfeitam-se de plumas para chamar a atenção dos possíveis parceiros. Assim que a coutada de caça já se encontra registada na conservatória como propriedade privada, vá de usar fato de treino, bata e nada de cuidados mais privados, digamos...

Aparentemente, tanto homens como mulheres, na sua grande generalidade, deixam-se andar após a conquista dos seus troféus.

Que os homens o façam, ainda admito. É esperável, dada a sensibilidade de rinocerontes em lojas de porcelanas... Agora as mulheres??
Nós que somos incomensuravelmente mais sensíveis, perspicazes, atentas e subtis, como podemos não perceber que a beleza e cuidados exteriores são fundamentais nas conquistas pessoais a todos os níveis? Por sermos melhores, temos de nos capacitar que temos também mais deveres e responsabilidades do que eles. Que temos de ser mais abrangentes, mais globais, fecharmos os círculos. Para nós próprias. Para quem importa. A embalagem tem de acompanhar o conteúdo, senão passamos a ser uma fraude. Não estou a dizer para andarmos todas feitas Barbies... mas há o mínimo!

Embonecarem-se para a praia para uma cambada de desconhecidos, enquanto andaram o resto do ano a fazerem figuras tristes para si próprias e para quem lhes é importante, não me parece muito inteligente...

Contrariem-me nesta linha de pensamento! Por favor, desta vez não quero ter razão... mesmo!

TNT


Sofia @ 00:06

Seg, 07/05/07

 

Parece mentira mas é mesmo assim, as mulheres cada vez têm menos cuidado consigo mesmas quando já tem um gajo ao lado. É ridículo que não percebam que nunca se devem dar por garantidas...Depois queixam-se!
Bom post :) beijinhos.


TNT @ 20:28

Seg, 07/05/07

 

Nada na vida é garantido!
Muito menos as criaturas masculinas...

AlfmaniaK @ 01:09

Seg, 07/05/07

 

Até à caçada enfeitam-se para os desconhecidos nas praias, nas discos, no trabalho.
Depois de caçadas enfeitam-se para as desconhecidas na praia, nas discos, no trabalho (se houver miúdas... a sério).
Portanto só quando estão em território propenso à feminilidade alheia é que se preocupam em exibições mais dignas de si. É infeliz, mas é assim.

Em todo o caso, vou imprimir e guardar para apresentar este teu texto a todas as possíveis mulheres que me registarem como propriedade! Obrigado.


TNT @ 20:29

Seg, 07/05/07

 

É o que eu digo... serviço público é o que este blog presta, serviço público!
E já agora, caro amigo, também temos cuidadinhos, ou vamos deixar crescer a barriga de cerveja?

AlfmaniaK @ 22:40

Seg, 07/05/07

 

Causa perdida... anseio pelo dia em que terei um corpo opulento (consideremos o adjectivo pelo lado bonito da figura), infelizmente, além de não apreciar cevada, só bebo martini. Tinto por favor.
Não consigo engordar, não consigo desfigurar-me... Paciência... isto justifica porque sou tão desleixado com a minha saúde/figura.

Shaken, not stirred... e sem lima!


tsetse @ 01:55

Seg, 07/05/07

 

O problema de muitas dessas mulheres é que, quando se casam, são obrigadas a trabalhar o dobro e a gastar metade. Só se arranjam quando acham que tem mesmo que ser: quando não há luz para apagar, nem bata para vestir.

Já agora, acho que os homens têm a mesma obrigação de se cuidar. Mas isso já é tema para outro post.



TNT @ 20:31

Seg, 07/05/07

 

Há produtos de depilação baratíssimos e rapidíssimos. É apenas uma questão de vontade...

sus @ 03:05

Seg, 07/05/07

 

Antes de mais tenho de dizer que mesmo doente este post me fez ficar bem disposto. Obrigada TNT

Bom na realidade claro que não incomoda um pelito ou outro, que não há necessidade de terem de ir com a mesma frequência fazer a depilação. Se lá, por exemplo, uma mulher que precise de ir de 15 em 15 dias e que não tenha por hábito usar saia, que vá só de mês a mês, ainda se dá um desconto.

Agora quando se começa a sentir a barba do outro lado, roçar-me numas pernas mais peludas que as minhas (aviso que sou mesmo peludo nas pernas), isso já faz impressão. E depois claro que nessas alturas se vai procurar aquelas pernas sedosas noutros sítios. Ou então o gajo é mesmo toto e sujeita-se a merdas dessas.

Tenho que dar o braço a torcer ao comentário da tsetse, nos caso de passar a gastar menos. Porra, mas se alguém gasta dinheiro em roupa só para agradar quando não pode, isso já é triste. Mas sim, há casos desses.

Quanto à segunda parte do teu comentário tsetse, se as mulheres não devem mudar o estilo/maneira de ser depois de assinado o registo de propriedade, porquê que os homens o têm que fazer? Seja para melhor ou para pior. Quero dizer não me passo a vestir pior por ter alguém, assim como nenhuma me há-de fazer vestir uma camisa (ok, uma vez a cada 3 meses até visto uma, mas tu entendes-me).

Para concluir... tanto para homens como para mulheres, se na altura do engate nos agradou aquilo que vimos, a maneira de ser da outra pessoa, porque raio se vai mudar depois?
Claro que isto leva a:
Antes: - Ai, esse sinalzinho é tão querido...
Depois: - Dass... vira para lá essa verruga.


TNT @ 20:33

Seg, 07/05/07

 

Também estou doentinha hoje...
Oh sus! Se te pedisse com muito jeitinho não vestias uma camisa...?

sus @ 01:52

Qui, 10/05/07

 

Hummm... com algum jeito se calhar era capaz. Mas tinha de ser mesmo com muito mesmo

Babe, a Certificada @ 08:37

Seg, 07/05/07

 

Estou a ver que a conversa das estétecistas é a mesma. Durante o Inverno é um consolo marcar hora, é quase de um dia para o outro. Chega o tempo quente, esquece! É quase uma semana à espera! Quanto ao cuidado das "senhoras", é bem verdade, havendo excepções. A minha irmã fixe é gordinha (já vestiu um 34, mas um tratamento médico pô-la com um 38). Uma vez que já casou assim, seria de supor que deixaria de se importar. Não. Cada vez tem mais cuidado com ela própria. É ginásios, massagens, estetecista, manicures e pedicures... todo o ano. Sim, o meu cunhado gosta dela assim, mas tenho a certeza que não se importará que ela se cuide, não é? Ele próprio trata-se. E por isso têm cuidados em comum.


TNT @ 20:36

Seg, 07/05/07

 

Claro! Tem de ser...
Não nos podemos desleixar!
E de acordo com as várias bolsas há sempre hipótese de nos valorizarmos...

Bu @ 10:01

Seg, 07/05/07

 

Um conselho para todas essas mulheres...
Sejam um pouco mais egoístas, pensem mais em vós e no vosso bem estar e bvão ver que não é assim tão difícil tirar um tempinho para por um delineador, um rímel,...
Não é preciso parecerem umas árvores de natal :)
Se eels se queixarem que não fizeram isto ou aquilo... Mandem-nos trabalhar, pois eles sujam muito mais que nós (em geral) :) ***


TNT @ 20:36

Seg, 07/05/07

 

Mais nada!


jonasnuts @ 10:08

Seg, 07/05/07

 

TNT, amiga, calma, eu vou contrariar-te a linha de pensamento com o meu caso pessoal.

A minha atitude é sempre a mesma, quer tenha namorado quer não tenha. Não me desleixo por ter namorado. Mantenho exactamente os mesmos cuidados e procedimentos.

Sou sempre desleixadíssima :)

Mas sou coerente :)


TNT @ 20:39

Seg, 07/05/07

 

Coerência não é turn off nem downgrade.
É assim e é para quem quer!
Mudar para pior só porque se está atrelado é que me parece muito mal!

phia_t @ 10:14

Seg, 07/05/07

 

Homens desenganem-se! As mulheres não s arranjam p vos agradar, arranjam-se p agradar umas às outras ou, em última análise, p serem socialmente aceites n meio d qual fazem parte...
Quem é q nunca visitou uma mulher q, acabada d chegar d maternidade, deambula pela casa d pijama e roupão? Quase tão encantador como os típicos rolos!


TNT @ 20:41

Seg, 07/05/07

 

Eu acho que acima de tudo, as mulheres se devem arranjar para si próprias. Tem que ver com auto-estima...

Fá @ 10:20

Seg, 07/05/07

 

Sabes...agora fizeste-me lembrar uma mulherzinha da terra dos meus pais...
Quando lhe chamavam a atenção para a aparência (ou a falta dela) respondia: "e atão qu'importa , já agardei ..."
Eu vou cuidar muito bem de mim sempre, mesmo quando e se chegar "aquela" idade sábia.
O fim anunciado da minha última relação teve como principal motivo...eu cuidar tão bem de mim que (dizia o sapo) todos olhavam e ele se sentia constrangido , e que não queria andar com uma top model (exagero é claro)....
Enfim mandei-o dar uma curva bem grande.


TNT @ 20:42

Seg, 07/05/07

 

Fizeste tu muito bem! Saloio...

Kore @ 11:34

Seg, 07/05/07

 

TNT,

Não queres ter razão, mas tens ...

Mais depressa se embonecam para uma multidão de desconhecidos do que para agradar e deixar louco o seu mais que tudo.

Não se pode exigir inteligência de todos ... aqueles que a têm, sabem dar importância ao que devem - aqueles que não a têm, preocupam-se muito com o que os outros pensam ... geralmente, com o que «os que não interessam» pensam...

Nota pessoal: se estou comprometido com alguém, não sinto necessidade de apreciar brasileiras ou ucranianas - é o que um amigo meu inteligentemente apelida de «rebarba canalizada». A libido está concentrada onde o seu potencial melhor pode ser libertado - pelo menos em teoria ... e de preferência com a luz acesa

Saber o que se quer, é o primeiro passo para se obter.

Cheers,
Kore


TNT @ 20:50

Seg, 07/05/07

 

Eu já nem digo para agradar as caras-metade. Mas para as próprias pessoas. É que não podemos exigir que o outros nos tratem bem, se não nos tratarmos bem primeiro.
Senão, onde fica a coerência?

Kore @ 10:25

Ter, 08/05/07

 

TNT,

Aquele que é incapaz de gostar de si próprio, será sempre incapaz de amar o próximo.

So speaks the wise.

Cheers,
Kore

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D