tsetse @ 19:00

Dom, 29/04/07

O que nós queremos saber:

Quando estão na intimidade com uma mulher, valorizam mais algum sentido, para além da visão? Cheiro, tacto, por exemplo?

A resposta deles:

Perfumes, cremes, peles, o olhar-do-quanto-me-desejas recíproco, sensualidade do toque… Continuo, ou já perdemos essa imagem de que somos todos uns simplistas básicos?



cigana @ 23:42

Dom, 29/04/07

 

Nunca considerei nenhum homem de jeito como um simplista básico!

Miguel @ 15:25

Seg, 30/04/07

 

Um homem dedicado, quando está com uma mulher na intimidade, sente uma autêntica tempestade sensorial:
VÊ uma mulher que olha para ele com ternura, com paixão, com amor, com vontade de o ter...
sente (CHEIRA) toda a complexidade de aromas que uma mulher exala quando está afectivamente disposta (grande parte da excitação nasce do cheiro, não da visão)...
OUVE os seus sons de entrega e de exigência, os gemidos de quem está a receber, os outros gemidos de quem espera, as palavras doces, os tons provocatórios...
TACTEIA todo o seu corpo, sentindo as vibrações próprias de quem está a ter prazer, os nervos à flor da pela, os tendões ora tensos ora relaxados...
e SABOREIA os eflúvios libertados pelo corpo feminino, sejam as pérolas de suor adocicado, o amargo/doce do seu recanto mais íntimo, o paladar declicioso da sua boca, sempre fresca e inebriante, o suave sabor dos seios excitados...
E também usa o sexto sentido! Mas para esse ainda não há palavras suficientemente eficazes para o descrever.
Só assim um homem se sente realizado. Só assim uma mulher sente que o homem se esforçou. Só assim vale a pena fazer "coisas" a dois.
Digo eu, sobre mim.
Dos outros, que falem os outros.


TNT @ 17:40

Seg, 30/04/07

 

Beeeeeeem...
Ao ler esta descrição até fiquei com a pulsação acelerada...
Boa Miguel!

antídoto @ 19:14

Seg, 30/04/07

 

Rectificou no fim, ele e não o geral dos homens.
Só não concordo com aquela do "só assim uma mulher sente que o homem se esforçou", porque não é esforço, é... prazer.

Miguel @ 13:32

Qui, 03/05/07

 

TNT, obrigado pelo elogio.
Antídoto, "esforçou" deve ser lido num contexto generalizado. As mulheres queixam-se de que os homens não conseguem levá-las ao extase depois deles próprios o terem alcançado. Mas se um homem consegue levar "lá" uma mulher, pode-se dizer que se "esforçou". É daí que se tira o prazer. Tentámos dá-lo e conseguimos.

João @ 16:42

Seg, 27/10/08

 

Que ridículo isso. Até o mais insensível homem aproveita de todos os sentidos femininos. O toque, a carícia, a visão de desejo, o cheiro do perfume, cheiro da pele empregnada, paladar, a língua, santa língua, e na audição certamente seus gemidos.

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D