TNT @ 18:01

Dom, 07/05/06

Um dos problemas com que as mulheres se defrontam nas suas relações é a falta de qualidade de sexo que anda para aí... E é tão difícil explicar-lhes... é tão difícil fazer com que eles entendam... e é impossível fazer com que aceitem que se calhar gostamos de outras coisas.

Em todos os manuais femininos vêm aquelas teorias que se deve falar com o parceiro; tentar que ele perceba que afinal o que esteve ali a fazer durante intermináveis minutos não serve para nada, guiá-lo para locais mais prazenteiros, etc... Bullshit!

Isto só funciona numa queca ocasional!
Sim, porque experimentem dizer ao “parceiro” e ele vai amuar por estarmos a pôr em causa a sua virilidade e extraordinária performance, achar que somos umas malucas e trazer a lume uma série de questiúnculas que nada têm que ver com cama.

Primeiro que eles se moldem ao que nós gostamos, é um sarilho. E se por acaso queremos algo um pouco mais arrojado do ponto de vista daqueles cérebros, somos imediatamente penalizadas com olhares de censura e uma daquelas observações so fucking typical – “Ah e tal... nunca ninguém se queixou antes...”

E por causa das pategas que ele teve ao longo da vida nunca se terem queixado, temos que levar com isso para o resto da vida? E será possível que um homem não perceba quando uma mulher está a levar seca quando a apanha a olhar para o relógio e a justificar que tem o gelado ao lume? Façam-se à vida e deixem de pensar que são os maiores engatatões da vossa rua.

Por isso, e a bem da nação feminina, deve ter-se uma aventura de uma noite ou duas, de vez em quando. Sem os melindres, sem os amuos e sem os falsos pudores típicos do “parceiro”. Com orientação certa, supervisão e uns copos, o one night stand revitaliza corpo e mente como aquela bebida que dá asas... Oh, se dá! Upa, upa!

TNT



TNT @ 16:11

Seg, 08/05/06

 

As mulheres já não lhe dão pica? Pois... acontece! É o primeiro passo prá bichanice. E as revistas... têm homens oleados e musculados na capa ou é só no interior, pra não dar nas vistas?

sus @ 16:24

Seg, 08/05/06

 

Faço minhas palavras tuas:

"Para sermos infiéis, basta o palhaço do tipo que está connosco, falhar naquelas pequenas coisas que consideramos essenciais. Começamos logo a vê-lo doutra forma e aos outros também. E à medida que ele fica mais enjoativo, os outros vão ficando mais apetecíveis. Como a comida... “Ah, e tal... Comi tanto chocolate branco que enjoei. Agora estou mesmo numa de chocolate amargo, daquele para culinária. É mesmo o que me anda a apetecer...” "

Sim . nós tambem ficamos enjoados. E quando isso acontece vamos dando as nossas voltas por fora e ao mesmo tempo vamos "mantendo" a que estamos enjoados. Para essa pensamos nas gajas da revista.


TNT @ 16:36

Seg, 08/05/06

 

O que eu já vi, é que não perde pitada deste blog! (thx) Mas porque não tenta aprender qualquer coisinha em vez de contestar? Ainda somos pequeninos, ainda estamos na idade dos porquês? As suas namoradas ou wannabes não vão achar muita graça a esses enjoos... Para além que enjoar é prerrogativa de mulher!


Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D