TNT @ 21:57

Qua, 10/01/07

Na sequência dos últimos posts, manuais e sebentas, conselhos e dicas, senti-me um bocado na obrigação de contar alguma da minha experiência, não em termos de manuais e técnicas, pois não será tanto o meu métier (não sou nenhuma marta crawford), mas mais em termos de comportamentos pré e pós acto.

O sexo por si só, uma queca ocasional, um one night stand é uma coisa. Tem pouco pré e nenhum pós. É óbvio que há sempre aqueles amigos coloridos que nos levam às nuvens, que conhecem a misteriosa localização do ponto G (duh!?!) mas que não passam disso... Digamos que estes têm uns pré(zinhos) e uns pós(zinhos)!

O sexo a dois (ou a três: eu, tu e nós dois, como diz um amigo e leitor deste blog) é outra conversa. Inclui mimo, atenção, conversa, apoio.

Parece-me que por mais técnicas sexuais que se desenvolvam há sempre esta questão que se passa fora dos lençóis. E realmente, para as mulheres essa é mesmo muito importante, primordial até. É daí que extraímos a nossa vontade de nos entregarmos de corpo, alma e marotice a alguém. O pré leva ao pós.

Quando a pessoa X não nos dá este tipo de atenção, corre o risco da pessoa Y ou Z se chegar à frente e nos dar aquilo que queremos. Porque a nossa disponibilidade para o exterior - para os Ypsilons e Zês - vai crescendo à medida que decresce a dedicação do X. Sem pré não há pós! Passamos a ter uma placa “Available” na testa e um sorriso de boas-vindas nos lábios.

Welcome sir! Coffee, Tea or... me?

TNT




cigana @ 22:38

Qua, 10/01/07

 

Exactamente, era este artigo que eu pedia, tal e qual.
Profundo, ousado, pertinente e fantástico, como sempre. A última frase é de gritos!!!


TNT @ 23:59

Qua, 10/01/07

 

Obrigada Cigana!
Para quando um jantar de bloguistas femininas?
Temos de nos conhecer e trocar impressões e gargalhadas!


cigana @ 23:04

Qui, 11/01/07

 

Apoiado! No Porto (eu)? Em Lisboa ou algures em parte incerta (não consigo descobrir referências sobre o teu paradeiro)? Ou no meio do caminho?...


TNT @ 12:25

Sex, 12/01/07

 

Nós somos de Lisboa. Vou tentar falar com mais bloguistas para ver se conseguimos um local geograficamente democrático. Sei lá... nas Maldivas!?


cigana @ 23:26

Dom, 14/01/07

 

Um congresso de bloguistas nas Maldivas? Vinha mesmo a calhar um belo bronzeado...


TNT @ 00:06

Seg, 15/01/07

 

E acho que todas iriam concordar! Não sei é como serão os nativos... Mas sei que há muitos surfistas! Resmas! Paletes!

Analycia @ 23:12

Qua, 10/01/07

 

Como sempre, é um prazer ler o que escreves...


TNT @ 00:01

Qui, 11/01/07

 

Obrigada Analycia!
Para mim é um prazer escrever sobre estes assuntos que, feliz ou infelizmente, nos dizem tanto...

monge @ 23:17

Qua, 10/01/07

 

ora aí está um assunto em que fácilmente nos deixamos levar na cadência do deslumbre...

PONTO 1 - "só nos desiludimos depois, quando nos iludimos primeiro"

Quando iludidos pela paixão ou simplesmente pela atracção, adiamos, e quase sempre sem notar, o diálogo aberto e directo dos tais prés, para evitar mal entendidos que mais tarde nos arrastam para os pós e pás...
"pá casa da tua mãe"..."pó raio que tá parta"... "pó quinto dos infernos"...
(e há casos até em que ficamos indecisos se mandamos "pró" ou "para o"...)

Nesta relação a 3, há sempre que levar em conta que o "eu" e o "tu" já trazem um caminho percorrido. Cada um foi atraido pelo "eu" de cada qual e é importante saber que estamos ao lado de alguém que, além de querer juntar trapos e panelas connosco, é alguém que na sua individualidade também sabe de onde vem e para onde quer ir.
Com ou sem nós...

Por isto, é também importante saber continuar a desenvolver o meu "eu", como são o caso de antigas amizades e hábitos, muitas vezes confundidos com egoísmos ou individualismos inaceitáveis(??!?) por parte do "tu" (e no qual se jogam as maiores chantagens emocionais que fariam amador qualquer mafioso que se preze...)

"há que falar" - PONTO FINAL

O equilíbrio destas 3 entidades está para o sucesso da relação, como as 4 patas estão para o banco ou a cadeira...



TNT @ 00:06

Qui, 11/01/07

 

Apresento-vos o senhor da teoria da relação a três: eu, tu e nós dois... Como estás, cariño?

monge @ 23:41

Qua, 10/01/07

 

...e a propósito...
"sabem qual é o animal que faz sexo com as patas,não é?" Ah poi'zé!... é o Pato...

Sejam patos, não se interessem e não se tornem interessantes e vão ver aquela matemática do "X", em que o "Y" fica sobre o "Z"...

PRÉ-"é melhor fazer logo contas,sem fazer de conta; do que depois ficar a fazer contas à vida"- PRÓ

(...e isso de ficar a fazer amor com as patas também não é nada interessante, acho eu...)


TNT @ 00:07

Qui, 11/01/07

 

Sim... Realmente o Donald não tem um ar muito feliz não...

monge @ 00:50

Qui, 11/01/07

 

bem...ele ainda é pior...
"Toma lá com os sobrinhos que a Margarida já volta"

(vá se lá saber: filhos de quem? - esse sim, o grande mistério que a Disney nunca revelou...)



likethis @ 10:12

Qui, 11/01/07

 

Bem...com todos estes conselhos, fico um pouco sem saber o que fazer...
Aceito dicas para saber o que fazer quando tenho tipos A, B , C, D e E...quando é possível estou com o A, nunca recorri aos restantes, mas como às vezes o Sr. A não pode estar,acabo por me sentir um pouco só, acham que deveria recorrer aos sobrantes que mostram tanta vontade de ser amigos coloridos de recurso?....Bem que as vezes era o que me apetecia fazer...


TNT @ 02:21

Seg, 15/01/07

 

Oh likethis!
Nem hesite! Faça!
Deixam-nos sozinhas, não nos ligam, não nos mimam? Estão mesmo a pedi-las!
Next!



likethis @ 11:38

Qua, 17/01/07

 

Amiga TNT nem foi tarde nem cedo, foi logo no fim de semana que passou, decidi seguir o seu conselho ehehe obrigada...


TNT @ 12:55

Qua, 17/01/07

 

Hihihihhi! Alma nova, portanto...

Rui N @ 14:38

Seg, 29/01/07

 

Queres sexo ou queres alguem q te ouça. É que os amigos coloridas fazem as duas coisas, uma depois de outra, mas com uma condição, sexo sempre, senão deixam de ser coloridos, e passam a ser homens a preto e branco, portanto reais. Se te sentes sozinha e queres sexo, liga ao A que ele vai a correr. Feministas q se fartam e queixinhas q ate metem dó, ja pensaste q se calhar o A, tb quer a tua atenção, quer receber de ti. Foda-se as mulheres... pq nasci com uma "tromba" Até estava a gostar de ler este blog, que tinha de ficar mal disposto com esta likethis. Isto é nome de quê????????????
Se o comentário n for aceite pela moderadora "Viva a Censura".


likethis @ 09:45

Ter, 30/01/07

 

Caro Rui N , não tenho que dar-te explicações sobre o nick que uso ou deixo de usar, não é da tua conta.
Respondendo ao restante comentário, tenho a informar-te que os Srs. com quem me relaciono, quer seja A, B , C, etc , têm a minha atenção, têm o meu apoio e a minha disponibilidade para os escutar sempre que precisam, funciono para eles como eles para mim, porto seguro quando estão mal, não entendo essa tua revolta contra mim ou o que escrevo, ou mesmo contra o nick que utilizo.
Não estou a fazer nada que não possa ser feito, se de facto aliado à amizade possa haver algo mais desde que não se prejudique ninguém , não os iludo com promessas e vice-versa, não os obrigo a nada que não queiram, bem pelo contrário...
Desculpa se feri a tua susceptibilidade de macho


oamante @ 11:45

Qui, 11/01/07

 

Nada como Rita Lee para nos definir o amor e o sexo. Naverdade, o sexo vale por si só, mas fica engrandecido se o emparelharmos com o amor.
Hoje em dia falamos tanto em teorias sexuais tântricas, sem saber o que isso significa. O Trantrismo ou Tantra significa um caminho de evolução no sentido de se alcançar a perfeição e o sexo é uma das facetas importantes do ser humano. (só o Cristianismo negou a parte sexual do Home e veja-se no que isso deu!).
Ora, o Tantra pressupõe uma coisa que as pessoas raramente compreendem: o sexo serve para levar à união do casal, até se atingir um ser cósmico, representando a união perfeita entre os dois.
Para o Tantrismo, portanto, não interessa o sexo casual, mas sim aquele praticada todos os dias com a mesma pessoa, de maneira a ambos se conhecerem e poderem, assim, melhorar ainda mais a relação.
O fim último do Tantra é a união espiritual. Ficam aqui deitadas por terra as vantagens do tantrismo. Contudo, aprender as suas técnicas, algumas, ajudam e muito a sermos melhores na cama.
Se o casal quiser, o Tantra será a união espiritual.
Agora para nós, é claro que as obrigações do quotidiano vão erodindo o casamento, causando rotinas demais vícios.
Todavia, há cuidados que podemos tomar para abrandar a erosão, de modo a que possamos viver lado a lado, sem ver no outro um adversário, mas sim um parceiro na nossa caminhada por este mundo.
Para o homem, haverá que se escolher, ao casar, quem queremos: se uma doméstica ou uma parceira.
Se quisermos a doméstica, é só chegar a casa, pôr os pés debaixo da mesa e comer. Procurar uma amante será uma sequência lógica, ou o divórcio, nos dias de hoje em que a mulher evolui e bem.
Se quisermos escolher uma parceira, aí temos um casamento com uma amante maravilhosa, mas temos de partilhar o trabalho doméstico.
Não quero aqui dizer que temos de fazer tudo a dois, não. Mas nós homens podemos ajudar a fazer a refeição, dar comer ao bebé, verificar se ele fez os deveres, "endireitar a casa", enfim ajudar a mulher no trabalho de casa, para que não seja só ela a ter de trabalhar no seu ofício e em casa. Eu, por exemplo, não sei engomar, nem gosto, nem ela me deixa aproximar mais do ferro depois da primeira tentativa. Agora, de tudo eu faço em casa, porque acho que é meu dever partilhar as alegrias e os deveres da vida a dois.
Quanto às mulheres, cabe o papel de não colocarem vícios tipo: mandá-lo ver tv, enquanto ela faz o comer, pois nem que seja ajudar a descascar já é bom.
Também não podemos deixar que as mulheres se deêm àquele vício maldito que é pôr a casa a luzir todos os santos dias. Ela deve também deixar que o marido traga gente a casa, afinal aquilo é um lar, não um castelo!
E a mulher pode ajudar, e muito, o marido se em vez de lhe gritar por ajuda, lha pedir gentilmente: «Olha, fazes o jantar, enquanto dou banho aos pequenos?».
Se um casamento fracassa, a culpa não pode ser de um apenas, pois ambos deram o sim ao padre, ao pastor, ou a vós próprios.
Tem de haver cedências de ambos os lados, adaptações. Não me venham é agora com separações dos antigos amigos/as, quer do marido, quer da mulher.
É aí que a erosão trabalha melhor.
Bora lá malta, toca a viver o casamento... pois todos os estudos dizem os casados fazem sexo mais vezes, ao contrário dos anúncios. E o sexo se for unicamente casual, cria um certo vazio.
Casem, amiguem-se, mas vivam plenamente a vida a dois.

não posso dizer o nome @ 23:47

Qui, 11/01/07

 

não consegui entender nada do que está escrito no post , nem do que foi dito nos comentários. assim só queria deixar o registo de que o meu personagem predilecto da disney é o peninha. pura e simplesmente delicioso, só superado pelo sobrinho, o biquinho.


TNT @ 12:32

Sex, 12/01/07

 

Muito bom! O Biquinho é genial...

gomesh @ 16:04

Sex, 12/01/07

 

Genial? Depende de quem o faz :-)

Cumprimentos de um dos vossos leitores masculinos mais assíduo ;-)


TNT @ 02:16

Seg, 15/01/07

 

Gomesh!
Long time no see! (ou read, neste caso)

não posso dizer o nome @ 23:27

Sex, 12/01/07

 

gomesh, o biquinho de que se está a falar é este:

http://www.gpdesenhos.com.br/paginas/disney/biquinho.htm

... não é por mal, é só para que não restem duvidas ou mal entendidos. ai este português mal tratado!!!!

gomesh @ 12:58

Seg, 15/01/07

 

Ah... esse... pois... claro... mas, afinal de que biquinho pensavam que estava falar???

não posso dizer o nome @ 16:38

Seg, 15/01/07

 

não faço a minima ideia

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D