tsetse @ 13:34

Dom, 24/12/06

Ao longo da vida, conhecemos muitas pessoas interessantes, que tinham tiradas com muito graça, que nos faziam sorrir com o comentário certo na altura certa, que nos faziam ter vontade de passar horas à conversa, etc. Hoje em dia, algumas delas não têm graça nenhuma.

Aqui vai a lista das possíveis causas de tal mudança:

1. Quando conhecemos melhor a pessoa e descobrimos defeitos imperdoáveis (como, por exemplo, oportunismo, falta de princípios, etc...) e só nos queremos é ver longe delas!

2. Quando a pessoa muda de comportamento, por ter arranjado um namorado ou emprego novo (e, de repente, começa a levar a vida muito a sério ou ganha um narizito empinado novo).

3. Quando a pessoa se deixa influenciar por outras, com gostos e hábitos menos apelativos (e começa a ficar chata ou irritante).

4. Quando o outro passa uma fase negativa e parece não querer sair dela (e se torna destrutivo ou simplesmente desinteressante).

Mas porque é que as pessoas não têm fibra suficiente para manter as coisas boas que há em si? Porque é que se deixam apagar ou azedar? Será que se acomodam à chatice e pensam que a vida é mesmo isso, envelhecer na mediocridade?
 
Seja qual for a resposta, tenho pena. De positivo, só posso dizer: a graça deles pode estar em parte incerta, mas as boas lembranças ficam. O que já não é mau.


Tsetse



pinkie133 @ 18:20

Seg, 25/12/06

 

Como dizem as "velhas", os tempos mudam e as pessoas também, na minha pequena vivência axo que tudo tem haver com o amadurecimento das pessoas e dos tempos, já me diverti muito com pessoas que fazem parte da minha vida e sempre farão, mas 5 anos depois elas continuam a ter o mesmo interior, mas mais reservado, mais calmo, continuo a rir-me com elas mas de outra maneira, a rotina da vida faz quebrar certos elos que estavamos habituados notamos a diferença das pessoas mas olhamos para elas como há 5 anos atrás.

não posso dizer o nome @ 00:46

Ter, 26/12/06

 

eu não posso fazer nada por eles (os chatos) só posso fazer por mim (continuar a ser chato). por eles, posso fazer o que estiver ao meu alcance se eles me pedirem ajuda, nada mais...eu não posso evitar o sofrimento. ele não está ao meu alcance. decidir se sofro ou não, está fora do meu dominio. assim só me resta aceitar sofrer quando alguém que amo escolhe o trilho errante, seja ele qual for. é de la palice, eu sei, mas é a vida como ela se mostra.
p.s: eu sei do que falo, infelizmente. envelhecer na mediocridade é a coisa mais sensata que se pode fazer, quando descobrimos que...afinal não somos especiais (ou deixamos de querer ser)


tsetse @ 02:34

Ter, 26/12/06

 

"Envelhecer na mediocridade é a coisa mais sensata que se pode fazer, quando descobrimos que...afinal não somos especiais (ou deixamos de querer ser)"
Muito bem visto! Deve ser mesmo isso que alguns deles pensam!

E que tal fazer algo para se tornar especial? Não seria mais interessante? Não daria mais brilho à vida?


TNT @ 02:03

Ter, 26/12/06

 

Ainda noutro dia fui a um jantar de Natal e lá estavam eles! Foi uma invasão! Incomodados com coisas que dantes nem davam por elas, encantados por parvoeiras com as quais dantes gozavam... Em suma, uns chatos!


likethis @ 11:58

Qua, 27/12/06

 

A vida é mesmo assim, feita de coisas boas e coisas más, de pessoas divertidas e menos divertidas...Há quem se resigne e há quem não o faça. Apesar de toda a gente ter os mais variados problemas, não deve fazer disso 1 cavalo de batalha, tem de aprender a viver com eles e ultrapassá-los, mas como costumo dizer: com estilo, isto é, não esquecendo que a existencia humana tem o seu lado positivo e só temos que saber reconhecê-lo e vivê-lo no momento certo. Digo isto, porque senti que deixei que a vida me passasse ao lado sem a viver verdadeiramente, sentia que não me era permitido vibrar com as coisas boas. Agora rebusco toda a minha irreverência e não perco pitada do que de bom a vida me pode oferecer.Equilibradamente estás claro...:)

gomesh @ 12:09

Sex, 29/12/06

 

Esqueceste um ponto na lista... aqueles que deixam de querer ver os amigos quando arranjam namorado(a) novo(a), e que voltam quando ha problemas no relacionamento ;-)

Feliz Ano Novo

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D