tsetse @ 12:23

Sab, 16/09/06

Uma questão várias vezes colocada (principalmente por pessoas que viveram no estrangeiro) é: como meter conversa com uma ou um desconhecido em Portugal. A verdade é que, por aqui, há a mania de só se falar com o amigo do amigo.

Com excepção dos amantes dos chats ou outros meios de engate virtuais, quase todos os outros portugueses sentem dificuldades em conhecer pessoas fora dos seus meios. A maioria das mulheres abordadas olham de forma quase ofendida para o atrevido que teve a lata de meter conversa. Por outro lado, a maioria dos homens abordados têm a tendência a desconsiderar as meninas que ousem tal peripécia. Com excepção, claro, para as meninas que estão muito acima das suas possibilidades (tipo uma modelo linda de morrer, com pernas de metro e meio).

Se isto se passa neste nosso jardim à beira-mar (tão bem) plantado, o mesmo não se passa na maioria dos outros países desenvolvidos. Experimentem um bar em Londres ou Nova Iorque e verão a diferença.

Por isso, meus concidadãos, aqui fica o meu repto: misturem-se! conversem com estranhos! não se sintam ofendidos por alguém vos achar suficientemente interessantes! Há algo melhor do que conhecer pessoas novas e realidades novas?

Tsetse

Tags: ,

gatafunha @ 15:37

Dom, 17/09/06

 

realmente.... basta vez os brasileiros que por aí andam...metem conversa com uma facilidade espantosa, o que nem sempre é agradável, mas acaba por ter graça para estudar essas diferenças culturais...


tsetse @ 15:39

Ter, 19/09/06

 

Gatafunha,
Se calhar não é agradável por ser feito de uma forma desinteressante, abusadora ou despropositada...
Ou não gostas mesmo de conhecer pessoas sem referências previas?

gatafunha @ 19:24

Ter, 19/09/06

 

tsetse;

claro que há casos e casos, mas até os mais desagradáveis acabam por dar episodios engraçados. gosto imenso de conhecer pessoas sem referências prévias, ate porque acho bem mais piada descobrir os outros por mim (e tirar as minhas conclusões) do que criar ideias pre-concebidas.


tsetse @ 10:54

Qua, 20/09/06

 

Eheh! Exactamente!

sooty @ 17:05

Sex, 04/11/11

 

eh ai gatafunha. o k vc ker, sei eu. brasucas n valem nada. mas voces portuguesas andam com o pito aos saltos com as musicas deles, o os seu corpos encardidos e esculturais( na terra deles o desporto favorito, para alem de ser roubar, matar e traficar, tambem é o de subir aos coqueiros, e dai os seus corpos esculturais). tal como os primatas faziam ;)

Erothiko @ 15:13

Ter, 19/09/06

 

Este assunto já me tinha passado pela cabeça várias vezes, pq n abordar as pessoas com mais frequência?
A verdade é q n me costuma apetecer abordar mtos homens, acho mais piada às mulheres... :P Mas logo aí eu me retraio a mim próprio: "pq é q só me apetece abordar mulheres? estarei já com segundas intenções?" e acabo por me ficar por aí.
Por outro lado, sei q deve ser mto maçador ter sempre uma data de "cromos" a quererem meter conversa e isso tb me leva a n querer incomodar.


tsetse @ 15:34

Ter, 19/09/06

 

Erothiko,
A ideia é mesmo não pensar na questão como um engate, mas como uma descoberta de pessoas e ideias diferentes.
Em relação ao ser maçador, isso depende do tipo de conversa e da oportunidade certa.

Erothiko @ 15:46

Ter, 19/09/06

 

Pois...
Mas eu tb sou um bocado tímido, por isso acabo por ficar naminha. :P


jonasnuts @ 00:15

Qui, 21/09/06

 

Tá tudo lixado.

Descobri este Blog.


tsetse @ 11:52

Qui, 21/09/06

 

Eheh!
E eu teria todo o gosto em ver aqui uns posts teus, com a tua visão...

gomesh @ 18:00

Qua, 27/09/06

 

e mesmo uma questao cultural... nao estou ha muito fora do pais e qd cheguei a inglaterra achei que este pais era um paraiso a nivel social uma vez que as pessoas sao mais abertas... talvez temos de tenatar aos poucos mudar essa situacao...

PM @ 02:12

Qui, 28/09/06

 

"
maioria das mulheres abordadas olham de forma quase ofendida para o atrevido que teve a lata de meter conversa
"

assino por baixo; às vezes basta olhar que se ofendem logo.


JOY @ 16:51

Dom, 29/10/06

 

Ouvi dizer que os portugueses nesta questão de abordar uma desconhecida são tímidos " ou só depois de uns copos é que vão lá... porque será?
Em matéria de abordar uma mulher, os homens tem sempre a mesma canção, já sabemos de cor o que eles vão dizer...
E pq qd os portugueses percebem que uma mulher não é portuguesa e fala português perguntem logo se é brasileira?

Rita @ 12:38

Qua, 31/01/07

 

Parece que Portugal já está a evoluir e os preconceitos paracem estar a desaparcer... Já existe por terras lusas o Speed Dating, mt famoso em londres !! www.speedparty.net

eCkz @ 02:24

Dom, 22/07/07

 

Quando há uns anos pude ir de férias para o meu país (Cabo Verde) é que notei bastante a diferença no trato de lá para cá. Dantes pensava que fosse da minha inexperiência ou falta de know-how na arte de abordar o desconhecido, ou, quiçá, devido à minha timidez, mas não. O problema estava nas pessoas.

Acho que em Portugal há muito de mind your own business. Vivemos anos e anos neste país e em grande parte nem se quer conhecemos o vizinho do lado. E ai de nós, comuns mortais, que ousemos proferir um ingénuo "olá", arriscando-nos a levar com um sinistro olhar ou desprezo.

Por parte das mulheres de certa forma compreendo. Aposto que deve estar fartas do célebre "posso te conhecer?" ou de pensamentos indiscretos quando abordadas por grande parte do público masculino. Mas... tenham dó. Nem todos somos assim, lol.

Estudo diariamente as pessoas que me aparecem à frente, já abordei muita gente na rua mas, juro, nestes 19 anos de vida, nunca soube como abordar uma mulher (portuguesa) na rua para a conhecer. Portugal é estranho.

Ice @ 01:40

Qua, 05/09/07

 

"Por isso, meus concidadãos, aqui fica o meu repto: misturem-se! conversem com estranhos! não se sintam ofendidos por alguém vos achar suficientemente interessantes! Há algo melhor do que conhecer pessoas novas e realidades novas?"
Se fosse assim tão fácil.... Muitas vezes tenho vontade de conhecer alguém que me agrade mas torna-se um pouco complicado quando as pessoas não facilitam. Por vezes até recebo uns olhares da outra pessoa mas depois o que digo?! E logo a seguir vem o arrependimento por não ter avançado!!!


tsetse @ 11:10

Qua, 05/09/07

 

Sim, em Portugal as pessoas não facilitam, o que acaba por gerar uma bola de neve: uns não falam, porque temem a reacção; outras não respondem porque não é habitual falar.

Como ideias de coisas simples que pode perguntar: se é da terra onde estão; se ainda estuda; etc... Depois é uma questão de ir adaptando a conversa.

Sonia @ 14:09

Qua, 11/02/09

 

+Realmente eu própria me tenho debatido com este handicap social!

Trabalho num pólo empresarial onde estao sediadas algumas empresas do mesmo grupo. Este pólo tem um bar onde vou tomar o pequeno almoço todos os dias. Desde há 2 meses para cá reparei que um rapaz (de 1 das outras empresas) passa o tempo todo a olhar para mim mas sempre sem dizer nada. Um dia decidi tomar iniciativa e disse-lhe bom dia. Ele foi educado e respondeu e desde então que nos cumprimentamos qd nos cruzamos. O problema é que a conversa não passa disto! Ele continua a olhar, ja percebeu que eu também olho, mas não avança....

As vezes penso que devia eu tomar a iniciativa....Mas não estaria a passar por oferecida? O pior é que se calhar estamos a desperdiçar a oportunidade de pelo menos nos ficarmos a conhecer melhor.....

Homens deste blog....pergunto-vos....O que irá na cabeça deste homem?

Que conselho me dão?


tsetse @ 14:18

Qua, 11/02/09

 

Tudo depende da forma como o abordares e da frase escolhida. Se for de forma informal e com uma frase sobre, por exemplo, o bar que frequentam, não me parece que passes por oferecida. Claro que, se fores a correr atrás dele e o convidares para tomar um café em tua casa, a coisa muda de figura...

Pesquisar
 
comentários recentes
meu caso é meio parecido,mas so houve beijo,mas ai...
Quando as variáveis filhos e questões financeiras ...
Boa Tarde,Depois de muito pesquisar na net sobre a...
Viva, gostei do tema e tem razão, as Portuguesas s...
Sim, eu sei. Mas o que dói nao é tanto o que se pa...
Ele não contou porque achou que, se a Anónima não ...
Posts mais comentados
Arquivos
2012:

 J F M A M J J A S O N D


2011:

 J F M A M J J A S O N D


2010:

 J F M A M J J A S O N D


2009:

 J F M A M J J A S O N D


2008:

 J F M A M J J A S O N D


2007:

 J F M A M J J A S O N D


2006:

 J F M A M J J A S O N D